Ajuda
Envie mensagem ou ligue

0800 123 2222

Seg - Sex: 8h-23h
Sábado: 10h-14h

Aceitamos ligação de celular.

Home57C77C78-8763-4FB7-A3CC-F103BFBA018E Lista de Cursos

Engenharia Sanitária

Resumo do curso

*A classificação foi feita com base na Árvore do Conhecimento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Sobre o curso de Engenharia Sanitária

O curso de Engenharia Sanitária, também chamado de Engenharia Ambiental e Sanitária, forma profissionais capazes de avaliar a dimensão das alterações ambientais causadas pelas atividades do homem, considerando sua magnitude, duração, reversibilidade e natureza.

Ao final do curso, o aluno se qualifica para avaliar, prevenir e controlar a poluição e degradação do solo, ar e água. Para isso, o curso tem ampla formação nas áreas de Meio Ambiente, Hidráulica, Hidrologia e de recursos hídricos.

A organização, a iniciativa e o interesse por questões sociais, ambientais e ecológicas são fundamentais para o estudante de Engenharia Sanitária.

No mercado de trabalho, o engenheiro sanitarista atua em órgãos ambientais governamentais, empresas ligadas ao saneamento, consultorias, setores de meio ambiente de indústrias, ONGs e laboratórios de pesquisa.

O profissional de Engenharia Sanitária pode trabalhar em projetos de obras sanitárias (água, esgoto e resíduos sólidos) e em sistemas de irrigação, drenagem, saneamento e bombeamento, além de desenvolver estudos de impactos ambientais.

Estudante de Engenharia Sanitária sentado na mesa

Quer saber tudo sobre Engenharia Sanitária? Aqui no Quero Bolsa, você encontra todas as informações que precisa para escolher o curso que mais gosta. E ainda pode garantir uma bolsa de estudo de até 50% de desconto.

Mensalidades a partir de R$ 756,00 entre as 1.144 instituições parceiras do Quero Bolsa.

Garanta sua bolsa de estudo.

Veja como é simples:

1

Encontre sua bolsa de estudo abaixo

2

Faça sua pré-matrícula online

3

Economize até o fim do curso

Qual a sua localização?
Qual curso você está buscando?

Até quanto pode pagar?

Prefere alguma faculdade?

O que faz o Profissional de Engenharia Sanitária?

O engenheiro sanitarista elabora projetos de engenharia civil na área de obras sanitárias, além de gerenciar obras, controlar a qualidade e coordenar a operação e manutenção do empreendimento.

O profissional também pode prestar consultoria, assistência, assessoria e elaborar pesquisas tecnológicas.

Nota de corte para Engenharia Sanitária

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidadesfederais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte. O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em umdos programas educacionais do governo.

No último ano, as notas de corte registradas para o curso de Engenharia Sanitária foram:

Menor nota de corte

610

Udesc

Maior nota de corte

618

Ufam

Concorrência no curso de Engenharia Sanitária

Segundo as estatísticas do Ministério da Educação, em 2016, 950 estudantes disputaram as 150 vagas de Engenharia Sanitária disponíveis no país. Isto significa uma relação candidato vaga de 6,32.

6,32candidatos por vaga

Como é o curso de Engenharia Sanitária?

Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais definidas pelo Ministério da Educação (MEC), o curso de Engenharia Sanitária segue as normas gerais do curso de Engenharia.

Todo o curso de Engenharia, independente de sua modalidade, deve possuir em sua grade curricular um núcleo de conteúdos básicos, um núcleo de conteúdos profissionalizantes e um núcleo de conteúdos específicos que caracterizem a modalidade.

O núcleo de conteúdos básicos, que corresponde a cerca de 30% da carga horária mínima do curso, contém as seguintes disciplinas:

  • Metodologia Científica e Tecnológica;

  • Comunicação e Expressão;

  • Informática;

  • Expressão Gráfica;

  • Matemática;

  • Física;

  • Fenômenos de Transporte;

  • Mecânica dos Sólidos;

  • Eletricidade Aplicada;

  • Química;

  • Ciência e Tecnologia dos Materiais;

  • Administração;

  • Economia;

  • Ciências do Ambiente;

  • Humanidades, Ciências Sociais e Cidadania.

Para as disciplinas de Física, Química e Informática são obrigatórias as atividades de laboratório.

O núcleo de conteúdos profissionalizantes corresponde a cerca de 15% da carga horária mínima do curso e deve ser definido pela instituição de ensino, de acordo com as indicações das diretrizes do MEC.

Já o núcleo de conteúdos específicos é formado por extensões e aprofundamentos dos conteúdos do núcleo anterior, bem como de outros conteúdos destinados a caracterizar a modalidade específica. Estes conteúdos devem ser propostos exclusivamente pela instituição de ensino.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) avalia o curso de Engenharia Sanitária considerando, além das disciplinas do núcleo de conteúdos básicos, as seguintes disciplinas profissionalizantes e específicas:

  • Mecânica Aplicada;

  • Geociências e Recursos Naturais;

  • Geoprocessamento;

  • Geologia;

  • Hidrologia Aplicada;

  • Topografia e Geodésia;

  • Gestão Ambiental;

  • Gestão Econômica;

  • Gestão de Tecnologia;

  • Legislação Profissional;

  • Segurança do Trabalho;

  • Hidráulica;

  • Biologia e Microbiologia Sanitária;

  • Bioquímica;

  • Química Orgânica;

  • Saneamento Básico e Ambiental;

  • Mecânica dos Solos;

  • Sistemas Estruturais;

  • Climatologia;

  • Direito e Legislação Ambiental;

  • Controle da Poluição Ambiental

Quantos profissionais de Engenharia Sanitária se formam por ano no Brasil?

Segundo dados do Ministério da Educação (MEC), todos os anos 6 profissionais se formam em faculdades de todo o país.

6profissionais se formam por ano no Brasil

Faça carreira em Engenharia Sanitária

Onde o profissional pode trabalhar?

O profissional de Engenharia Sanitária atua na maioria das atividades econômicas com concentração na construção civil. Trabalha na área de planejamento e gerenciamento de projetos construtivos para as mais diversas finalidades.

Costuma trabalhar em equipe multidisciplinar, em laboratórios e escritórios e também a céu aberto. Os vínculos de trabalho mais comum são com carteira assinada ou como autônomo, na condição de prestador de serviços.

Em certas atividades, o engenheiro sanitarista pode trabalhar em condições especiais, como em ambientes subterrâneos ou confinados, expostos à poeira, mau cheiro, ruído intenso e materiais tóxicos.


Quais são as exigências do mercado de trabalho?

Para o exercício das atividades desse profissional, é necessário diploma em curso superior reconhecido pelo MEC nas áreas de Engenharia Civil, Engenharia Ambiental, Engenharia Sanitária ou relacionada.

No mercado, são frequentes os profissionais portadores de títulos de especialização e pós-graduação lato sensu.

Além do diploma, é obrigatório o registro profissional no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea).

O exercício pleno da atividade ocorre, em média, após cinco anos de experiência.


Quais são as principais competências pessoais do Profissional de Engenharia Sanitária?

As principais características do profissional deEngenharia Sanitária, listadas pelo Ministério do Trabalho, são:

  • Trabalhar em equipe;

  • Capacidade de negociação;

  • Raciocínio lógico;

  • Visão sistêmica;

  • Raciocínio matemático;

  • Criatividade;

  • Dinamismo;

  • Capacidade de liderança;

  • Capacidade de decisão;

  • Visão espacial;

  • Usar equipamentos de proteção individual (EPI);

  • Controlar situações adversas.

Deixe suas dúvidas ou comentários sobre o curso de Engenharia Sanitária