Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Profissões

8 tendências para profissões da área da saúde

por Patrícia Carvalho em 23/10/20

Manter-se constantemente atualizado pode ser um diferencial em diversas carreiras, porém, em algumas, trata-se de uma necessidade. 

Esse é o caso dos profissionais da saúde, que devem, mesmo depois de formados, manter-se atentos às atualizações da ciência, de novas ferramentas, procedimentos ou até mesmo formas de atender, com o objetivo de oferecer o melhor atendimento possível aos pacientes. 

E quando falamos de atualização ou inovação, um outro elemento a ser levado em consideração e trazido para a discussão é a tecnologia. Com a pandemia, a relação entre saúde e tecnologia ficou ainda mais evidente, assim como as transformações ocasionadas pelo seu uso.

Leia mais: Profissões do futuro: quais serão os empregos em alta na área da saúde

A seguir, foram listadas as principais tendências do futuro para a área da saúde que mencionam algumas dessas transformações, elencadas pelos médicos e coordenadores pedagógicos da medtech Sanar, uma plataforma on-line de educação médica.

Veja a seguir 8 tendências para profissões da área da saúde:

médica usando tablet

1- Atendimento digitalizado


A pandemia fez com que o atendimento on-line passasse a ser a alternativa mais viável com a recomendação do distanciamento social, e isso deve continuar.

De acordo com os porta-vozes da medtech, os retornos às consultas médicas, por exemplo, podem ser feitos on-line. Também há uma discussão acerca da adoção de aplicativos como portas de entrada digitais para o sistema de saúde.

Leia mais: Entenda melhor o que é a Telemedicina

2- Uso de Inteligência Artificial


A utilização da machine-learning, uma vertente da inteligência artificial que oferece a possibilidade de identificar padrões em dados e automatizar a construção de modelos analíticos, será cada vez mais comum na área da saúde, segundo a equipe de médicos da Sanar.

Com a Covid-19, novos formatos de triagem de pacientes baseado em dados se tornaram cada vez mais comuns, o que ajuda a otimizar os recursos.

3- Utilização do pensamento ágil para criar soluções na área de saúde 


O pensamento ágil aplicado ao lean software na indústria têm sido adotado para testar soluções novas na saúde. Testar rápido, aprender, adaptar com mínimo de custos, evitando-se o desperdício, são pilares que estão sendo incorporados na saúde. Pesquisadores estão se unindo para criar coisas incríveis como ventiladores mecânicos que custam dez vezes menos. 

“Existia uma convicção de que tudo relacionado a saúde deveria ser extremamente complexo e caro, mas com a pandemia profissionais da saúde perceberam que existem outros caminhos”, conta Ricardo Zantieff, cirurgião geral, professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e coordenador pedagógico da Sanar.

Leia mais: Tecnologia na Medicina: o que muda no ensino e na prática

4- Empoderamento do paciente

De acordo com os porta-vozes, cada vez mais as pessoas buscam ativamente informações qualificadas sobre doenças, tratamentos, alternativas e possibilidades, há um desejo latente em compartilhar decisões com o profissional da saúde.

Existe uma onda de autocuidado acontecendo e, por isso, soluções nesse caminho ganham espaço. O profissional deve sempre orientar e explicar os cuidados que o paciente precisará ter ao tomar qualquer decisão com base no que vê na internet. Isso é especialmente importante em um período com alta disseminação de conteúdos falsos.

5- Conexão emocional

O setor da saúde está entendendo de uma forma mais estruturada que entregar um bom serviço está cada vez mais distante de somente fazer o diagnóstico e dar uma consulta, uma vez que tecnologias como a inteligência artificial, por exemplo, podem vir a fazer cada vez mais no futuro. 

Grande parte do valor para o paciente está na capacidade do médico(a) de se conectar com a sua realidade social, manejar suas expectativa, emoções e dar uma excelente experiência de cuidado para o indivíduo. “Entregar a parte técnica com qualidade é apenas um pré-requisito para um bom atendimento, mas não é mais uma garantia de sucesso ou adesão terapêutica”, explica Tamiris Machado, médica e coordenadora pedagógica da medtech.

6- Uso de dados

A tendência é de que cada vez mais a área da saúde leve em conta a análise de dados no tratamento de pacientes e estudo de doenças, segundo porta-vozes da Sanar. A experiência com Covid-19 mostra a importância, por exemplo, de usar dados globais para rastrear os sintomas da doença e as diferenças que apresentadas em cada país. 

7- Profissionais influenciadores 

Você provavelmente já deve ter encontrado um perfil de um profissional da área da saúde nas redes sociais. 

Antes, o eixo da autoridade técnica estava, em grande parte, em instituições como hospitais e faculdades, explicam os porta-vozes.

Porém, hoje um profissional pode lotar seu consultório por ser uma autoridade digital e mostrar que tem expertise e conteúdo necessário. Essa autoridade compartilhada permite que os profissionais ganhem protagonismo pessoal e se tornem menos dependentes das estruturas estabelecidas. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


8- Conhecimento colaborativo

Profissionais de saúde e pessoas, de um modo geral, vão sair da pandemia com uma perspectiva mais colaborativa no que tange ao compartilhamento de conhecimento, de acordo médicos da Sanar.

Isso também acelera plataformas comunitárias de trocas de informação e casos clínicos. Além da colaboração técnica, que tende a ser mais acentuada, como no comportamento intensificado por pesquisadores pelo mundo para encontrar a cura da COVID-19. 

Leia mais: 7 profissionais com os maiores salários nas áreas da saúde

Gostou do conteúdo? Deixe sua opinião nos comentários abaixo!

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Para se dedicar integralmente aos estudos é sempre bom economizar.Money c94fde8014ac9b0d5ad05d244e1821fb246018cdc3570b09f72c25fde99f7b1a

Gostaria de ser avisado sempre que uma vaga estiver disponível aqui no site Quero Bolsa?

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54