Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Universidades

Bate-papo entre um estudante de Direito da Universo e um advogado

por Anderson da Hora em 20/02/19 420 visualizações

Com objetivo de levantar questionamentos e respostas sobre o Direito, o mercado de trabalho e os desafios para os futuros advogados e para os estudantes da Universo, a Revista Quero bateu um papo com o advogado René Viana, especialista em Direito Médico pela Universidade Católica do Salvador, pós-graduado em Direito do Estado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Diretor da Caixa de Assistência dos Advogados da Bahia (Caab). Advogado há 8 anos, René também é professor e palestrante. Abaixo, as perguntas e respostas.

René Viana, advogado há oito anos, conta sobre os caminhos da profissão (Foto: Divulgação)

Revista Quero: Quais são os desafios encontrados pelo jovem advogado para ingressar no mercado de trabalho?
René Viana: Como em qualquer profissão, os primeiros passos na advocacia são desafiadores e requerem estudo, planejamento e, principalmente, dedicação. A construção de uma carreira leva tempo, sobretudo na advocacia, cujo alicerce se encontra na credibilidade conquistada dia após dia.

Podem ser citados como desafios a identificação da vocação, a inserção no mercado, a competitividade, a captação de clientela, a estruturação de um escritório e a construção de uma imagem profissional, dentre inúmeros outros.

No entanto, o maior dos desafios reside na preservação da retidão profissional num país cuja cultura é a exaltação do “jeitinho brasileiro”. O advogado jamais deve se distanciar da ética, indispensável ao exercício da advocacia, assim como da dignidade, do decoro, da honestidade e da boa-fé, requisitos essenciais para administração da justiça.

RQB: Como o estudante ou o jovem advogado pode se preparar para o futuro profissional?
René: O mercado da Advocacia está cada vez mais profissionalizado e não comporta aventuras. Quem pretende iniciar uma carreira precisa estudar o mercado de forma minuciosa, observar quais são os novos nichos que se apresentam e estar preparado para atuar neles.

Quanto mais cedo for iniciado o planejamento, maior a probabilidade de sucesso do projeto profissional. Preferencialmente, esse planejamento deve iniciar na faculdade, ainda durante a graduação. Normalmente começa com a identificação das disciplinas com as quais há maior identificação. O segundo passo é ser um constante observador social, para identificar as possibilidades que se apresentam como negócio. O terceiro passo deve ser realizado em conjunto com os passos anteriores, é iniciar um processo de aprimoramento constante, o que só é possível através de estudos incessantes.

É preciso também acompanhar as modernizações da profissão. A advocacia tem se tornado, cada vez mais, tecnológica. A tecnologia têm proporcionado bons frutos à advocacia, sobretudo com relação à superação de atividades burocráticas, e permitido que os advogados dediquem mais tempo ao relacionamento com cliente e desenvolvimento de teses jurídicas. É preciso conhecer esses avanços para saber como aproveitá-los. O não acompanhamento das inovações tecnológicas poderá provocar perda de espaço e de mercado.

RQB: Qual é a melhor forma de buscar a profissionalização?
René: Diversas são as carreiras que podem ser seguidas a partir de um bacharelado em Direito e todas elas exigem dedicação e qualificação. Para além disso, para o exercício da advocacia, a aptidão é fundamental. A advocacia é uma profissão que requer intensa dedicação e, normalmente, não apresenta grandes resultados quando escolhida como plano “B” para uma carreira.

A profissionalização vem com a agregação de conhecimentos e as melhores fontes são os ambientes que proporcionam desafio intelectual. Instituições de ensino de credibilidade são excelentes para o aprimoramento profissional e proporcionam aprendizado, amadurecimento intelectual e contato outros profissionais, abrindo portas para novas relações de negócio.

Promover a interdisciplinaridade na composição do acervo de conhecimento é imprescindível. O advogado precisa ser um leitor voraz, pois a necessidade de estudar é cotidiana e as interpretações dos textos legais acompanham a dinâmica das relações sociais e negociais, sem falar na subjetividade própria da singularidade humana.

Mostrando cursos em Veja mais vagas

  • Mensalidades a partir de

    R$ 270,00
    Ver Bolsas

  • {course} {university}

    Mensalidades a partir de R$ 2400/mês

Veja mais cursos

RQB: Como superar a dificuldade de conseguir clientes?
René: Captar clientela é uma tarefa muito difícil, tanto para o jovem advogado quanto para o advogado experiente. Não há segredo, nem fórmula mágica. Uma boa forma de começar é definindo qual modelo de advocacia será desenvolvido. Os mais comuns são a advocacia de massa, a de correspondência, a simples e a artesanal.

Definido o modelo, é preciso mapear potenciais clientes e se fazer conhecer por eles. O conhecimento pela qualificação profissional é um importante passo, mas não é suficiente. O velho modelo de advocacia não tem mais espaço. Cliente não contrata um profissional somente porque ele é advogado. O cliente busca um profissional com quem possa contar, e para isso é preciso saber quais são as necessidades do cliente. Estudar qual é a área de atuação dele, saber quais são as dificuldades comumente enfrentadas e apresentar soluções. O advogado precisa ser um parceiro para o crescimento do cliente, ele não pode ser somente um custo.

RQB: Quais são as áreas do Direito que serão promissoras?
René: O Direito foi criado para regular os conflitos da vida em comunidade. Enquanto houver vida em comunidade haverá conflitos, pois é da natureza do ser humano. Os novos nichos surgem a partir desses conflitos. É preciso observá-los profundamente para identificá-los.

A identificação de novos nichos requer, sobretudo, uma análise de inserção geográfica como forma de redução de custos e aproveitamento de networking existente. O advogado deve analisar o potencial econômico da sua região e utilizá-lo como elemento para definição de planejamento e estratégias. A análise desse ponto permite a ponderação antecipada de projeção e retorno profissional, assim como ajustes de planejamento que porventura se façam necessário.

A Bahia, por exemplo, recentemente foi reconhecida como um importante centro com grande potencial para produção de energia eólica, o que se mostra como mais um nicho que se abre para advocacia na Bahia. Consequência desse novo empreendimento, além do suporte jurídico que essa nova atividade demandará, possivelmente grandes disputas ocorrerão acerca das terras com maior potencial de produção, requerendo atuação de profissionais qualificados para a preservação de direitos.

Outro nicho em evidência, esse sem limites territoriais, decorre das tecnologias voltadas para rede mundial de computadores. As relações desenvolvidas por meio da internet apresentam diversas possibilidades de atuação para a advocacia, sobretudo porque as normas jurídicas voltadas para essa área ainda são escassas. O Direito Digital, como tem sido chamado, comporta imersões nos mais diversos ramos tradicionais do Direito. Ele pode requisitar regulação de ilícitos civis e penais praticados por meio eletrônicos, ou até mesmo tributários, visto que o e-comcerce têm se apresentado como um importante mecanismo para superação da concorrência para empresas varejistas.

Dentre essas novas oportunidades, não pode ficar de fora o compliance, que consiste numa assessoria preventiva com o intuito de adequar o exercício da atividade empresarial às normas que o regulamentam, evitando que recursos volumosos sejam gastos com demandas que chegam aos tribunais.

RQB: Muitos advogados e professores falam que o mercado de trabalho está saturado com tantos advogados, inclusive, comentam que a profissão está desvalorizada. O que dizer sobre isso para os jovens que sonham com essa profissão e que estão se formando agora?
René: Esse questionamento toca num ponto crucial para qualquer profissão, a qualificação profissional. Atualmente existem milhares de cursos de bacharelado em Direito no Brasil, o que tem gerado preocupação para a OAB e afetado o mercado. Acredito que a preocupação não deveria estar no grande número de profissionais que ingressam no mercado anualmente, mas sim na qualidade técnica de boa parte desses. Profissionais qualificados projetam o mercado para cima.

É importante ter uma boa base, que só é conquistada com uma formação de qualidade. A qualidade de um profissional normalmente está refletida no seu currículo, que começa a ser construído na graduação. Por outro lado, muitos profissionais que ingressam no mercado de trabalho não estudaram sua atual necessidade. Foi-se o tempo em que especialidades tradicionais eram suficientes para conseguir uma colocação no mercado ou iniciar a formação de uma carteira de clientes. Hoje em dia o mercado exige estudo e planejamento.

RQB: O que se avalia ao contratar um estagiário?
René: Ao ser avaliado, um estagiário deve mostrar sede de saber e disposição para aprender. Ele precisa conhecer o escritório no qual busca uma vaga, quais suas áreas de atuação, para que o estágio efetivamente lhe proporcione aprendizado. E, claro, demonstrar que tem conduzido seus estudos com seriedade, o que demonstra seu grau de comprometimento e dá traços do seu potencial profissional.

RQB: Para permanecer, o estagiário tem que passar logo no Exame de Ordem? E quanto ao horário de trabalho, qual a carga horária?
René: O Exame de Ordem é indispensável para quem quer exercer a advocacia, mas ele não pode se transformar em uma obsessão. Com estudo e dedicação, a aprovação no Exame é uma consequência. Comumente, os estágios podem ser de 4h a 6h diárias e, em alguns casos, de 8h.

RQB: Em que momento o estagiário se encontra e sabe que será advogado?
René: Para uns essa identificação pode ocorrer de forma precoce, para outros de forma tardia, mas todas elas passam pela vivência da advocacia, o que torna o estágio fundamental para que o estudante descubra sua aptidão.

RQB: Qual a sua mensagem para os futuros advogados que estão se formando agora na Universidade?
René: Dedique-se. O estudante de hoje refletirá muito a imagem do profissional de amanhã. Esteja sempre disposto a aprender. Extraia o máximo do seu curso. Qualifique-se. Faça planos para sua carreira profissional. Estabeleça metas e objetivos. Persiga-os. Faça ajustes. Persista. Acredite no seu potencial. Jamais se distancie da ética e da retidão profissional. A construção de uma carreira leva tempo e credibilidade se conquista aos poucos. Trate seus clientes como com respeito e atenção, pois eles serão seus maiores captadores de novos clientes.

Tags relacionadas:

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Sabia que dependendo do seu período é melhor começar de novo?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

Caso você ainda esteja no primeiro ou segundo período da faculdade, você pode economizar começando o curso novamente com bolsa de estudo.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54