Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Ce6907ff4444502d429178e7e11b14697c4ff433 Aac0a18d48352ac319fcba9178e2d5336ac34d08
Profissões

Como encontrei inspiração para cursar Pedagogia na Unopar?

por Anathely Ribeiro em 31/01/19 390 visualizações

Venho de uma família de professores. De pessoas que acreditam na educação e que não têm só um discurso teórico. São seres humanos que partem para a prática, inclusive com ações filantrópicas, a fim de dar suporte, apoio e encorajamento às pessoas que precisarem. Foi daí que comecei a traçar meu caminho na Pedagogia, fazendo o curso na Unopar.


Meu avô materno

Meu avô, Santo Antônio Ribeiro, foi um homem destemido, ousado e pioneiro para a sua época. Em meados da década de 1960, aqui no interior da Bahia, ele contratou um professor para que ministrasse aulas para seus filhos e filhas na propriedade rural onde eles viviam e trabalhavam.

Ao estender o convite aos fazendeiros vizinhos, para que permitissem que outras crianças e jovens tomassem instrução, foi surpreendido com uma negativa: as meninas não poderiam estudar! Segundo eles, não era necessário "menina mulher" saber ler e escrever, pois assim, dentre outras coisas, aprenderiam a escrever cartas para os namorados. Já os meninos, poderiam.

Apesar de não o ter conhecido, acho muito nobre a atitude do meu avô. Contrariando os padrões da época, ele fez questão que seus filhos e quem mais quisesse tomassem instrução para poderem ampliar seus horizontes.

Maria Ribeiro, minha mãe

Minha mãe, que sempre foi apaixonada pela carreira docente, iniciou suas atividades também na zona rural. Seu trabalho teve início na década de 1970 com uma turma multisseriada, na escola tinha apenas ela como funcionária. Junto com as alunas mais velhas, até limpavam o prédio. Naquele tempo não tinha lanche na escola. Na década de 1980, trabalhou com o Mobral (Movimento Brasileiro de Alfabetização). Eram turmas de idade mista e quantidades numerosas, mas, com dedicação e amor, o trabalho sempre fluiu.

Não haviam direitos trabalhistas como licença maternidade. Por isso, em uma ocasião de uma de suas gestações, minha mãe pegou 30 dias de repouso no pós-parto, instalou o berço da minha irmã em sala de aula, e retomou a regência de classe. Verdadeiramente uma guerreira!

Contrariando o sistema da época

Meus pais tiveram nove filhos. Sou a caçula de todos eles. Meu pai, Antônio Figueira, era vaqueiro, e minha mãe, após as quarenta horas de sala de aula, ainda costurava, vendia confecções, cosméticos e quitutes caseiros para manter todos os filhos na escola.

Dois fazendeiros da época questionaram meu pai, dizendo para ele que lugar de filho de pobre não era na escola, e, ao invés de lápis e cadernos, deveriam aprender a manusear a enxada para trabalhar na roça. Ainda bem que ele não os escutou, pois a proposta de discursos como estes era justamente manter uma cadeia de servidão e analfabetismo.

Meus irmãos

Em 1992, meu irmão mais velho concluiu o ensino médio na modalidade normal, o magistério. Logo em seguida já começou a lecionar. Depois de alguns anos, ele, a esposa e mais duas de minhas irmãs concluíram o curso de Pedagogia. Esse fato foi uma grande realização para minha mãe, que iniciou sua carreira como professora "leiga" (nome dado antigamente ao docente que não possuía curso superior).

Não resisti!

Ao concluir o ensino médio, até tentei outra carreira. Mas, ao começar a trabalhar com educação e devido ao leque de oportunidades, optei por cursar Pedagogia e me apaixonei pela área. As disciplinas que mais me cativam no curso são: Educação Especial e Inclusiva e História da Educação. Tenho também algumas primas que são pedagogas.

Toda a minha família é um exemplo de superação, insistência, força de vontade e resistência, que se impôs diante das dificuldades e mostrou que lugar de filho de pobre é onde ele batalha para chegar. Eles são minha fonte (inesgotável) de inspiração.

Tags relacionadas:

Ce6907ff4444502d429178e7e11b14697c4ff433 Aac0a18d48352ac319fcba9178e2d5336ac34d08

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Para se dedicar integralmente aos estudos é sempre bom economizar.Money c94fde8014ac9b0d5ad05d244e1821fb246018cdc3570b09f72c25fde99f7b1a

Gostaria de ser avisado sempre que uma vaga estiver disponível aqui no site Quero Bolsa?

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Basta entrar em contato conosco em até 6 meses após o pagamento, informando seus dados e o motivo da devolução.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2019 CNPJ: 10.542.212/0001-54