Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular

Como escolher o curso de forma tranquila

por Que Curso? em 22/11/17 2,3 mil visualizações

O momento de escolher o curso de faculdade é tenso. Se você está passando por isso, se liga nestas dicas que a especialista no assunto - Que Curso? - preparou pra você!

Raposinha tranquilona, escolhendo o curso de boas

Quando você está terminando o Ensino Médio, existem algumas certezas: vai estudar até os neurônios dizerem “chega!”, vai sofrer uma pressão absurda e o mais importante: vai precisar escolher o curso que irá fazer na faculdade.

Escolher o curso não é uma missão fácil. Nem um pouco, na verdade. São muitos fatores a se considerar, muitas possibilidades de graduação e muita expectativa dos pais e de toda família. Isso vale para a escolha do curso e para o resultado do seu vestibular.

Mas relaxa! Além de você não estar sozinho, ainda tem gente querendo te ajudar (como eu, no caso). Se liga nessas dicas para escolher o curso tranquilão!

Converse com os seus pais ou responsáveis

Você não estava achando que ia escolher o curso sozinho e sem a ajuda de quem trocou a sua fralda, preparou a sua mamadeira e aguentou a sua birra até agora, certo?

A escolha final precisa ser sua, isso é mais que certo. No entanto, os seus pais podem te ajudar em muitos aspectos, entendendo o seu lado e expondo o deles. Logo, seja sensato e ouça o que eles têm a dizer mantendo o respeito, afinal eles são seus pais. Aproveite para refletir sobre tudo que for dito e veja como você pode usar essas informações na sua escolha.

Talvez, o maior benefício dessa conversa seja o fato de que, depois do papo, eles passem a ser mais compreensivos com você e com as suas preferências. Ou seja, menos pressão sobre você, vestibulando sofredor.

Pesquise e informe-se muito sobre os cursos

Geralmente, você só conhece os cursos que a sua rotina permite conhecer. Tipo assim: um conhecido, amigo ou familiar faz o curso e você manja da rotina profissional dele(a). Ou você pode ter escutado uma conversa entre duas pessoas no cursinho (a gente sabe que você faz isso).

Não dá para escolher o curso da melhor maneira possível se você não conhecer todas as opções. Portanto, vá atrás de fontes confiáveis para rechear sua mente de informações.

Essa pesquisa não precisa ser feita só com artigos, textos e outras coisas “chatas”.

Você pode fazer uma visita ao campus de alguma universidade e conversar com o coordenador do curso, conseguir o contato de um conhecido e passar um dia no ambiente de trabalho dessa pessoa, ver vídeos no YouTube, etc. Enfim, procure maneiras diferentes de conhecer mais sobre a área, o dia a dia e tudo mais que você puder descobrir sobre um determinado curso ou profissão.

Pesquisar antes de escolher o curso ajuda a diminuir a pressão!

Como assim?

Imagine que você está num trampolim e vai pular em uma piscina. Agora me diga em qual dos dois casos você se sentiria mais confiante:

  1. Você não sabe nadar, não sabe a profundidade da piscina e não conhece os jeitos de cair na água sem se machucar;
  2. Você aprendeu a nadar, sabe qual a profundidade e os jeitos certos de cair na água porque se preparou antes de pular.

Se você escolheu a opção 1, volte para o começo desta seção. Se escolheu a 2, muito bem! Você entendeu que se preparar para escolher o curso faz todo sentido.

Sou tão espertão!

Procure psicólogos e especialistas em orientação profissional

Em alguns casos, a pesquisa sobre os cursos e a conversa com os pais não resolve. Se você está numa dessas situações, procure um serviço de profissionais especializados em orientação profissional.

Essa galera é especialista em ajudar milhares de jovens na mesma situação que você, trabalhando o autoconhecimento. A partir do momento em que você entende melhor quais são as suas competências, características e valores (o que você considera importante), a escolha de um curso superior fica muito mais simples.

Por quê? 

Bem, porque agora você consegue cruzar as coisas em que tem interesse com aspectos da sua personalidade.

Conta uma parada pra gente:

É ou não é menos angustiante escolher o curso quando você tem opções filtradas e com grandes chances de ser aquilo que você imaginava para a sua vida?


Entenda quais são as suas expectativas

Isso aqui é bem importante.

O que você quer alcançar? Quais são os seus objetivos na vida?

  • Reconhecimento da família e amigos?
  • Dinheiro?
  • Poder?
  • Estabilidade financeira?
  • Ajudar o próximo?
  • Ter o próprio negócio?
  • Tudo isso? Ok. Pode ser também, mas alguns desses itens são mais importantes que outros para toda e qualquer pessoa.

Existem vários fatores que podem te motivar a seguir uma determinada profissão. Portanto, você precisa encontrar o seu propósito de vida. Todo mundo tem um, às vezes só é difícil descobrir qual é.

Essa parte aqui é um pouco parecida com a última e o discurso é praticamente o mesmo:

“Você precisa se conhecer melhor para poder escolher o curso que vai fazer.”

Eu não vou ficar aqui repetindo que a pressão diminui conforme você vai conhecendo as possibilidades e a si mesmo melhor, então bora pra última parte:

Antes de escolher o curso, descubra quais são os seus interesses

Células? Máquinas de refrigeração? As primeiras civilizações do mundo? Existe muita coisa para ser estudada nesse mundão. Você precisa entender o que realmente te interessa e atrai a sua atenção.

Pense nas matérias do Ensino Médio que você mais curte/curtia, que tipo de filme ou livro você costuma ler, quais séries e canais no YouTube você mais gosta, etc. Essas coisas podem te dar dicas supervaliosas.

Seria maravilhoso se existisse uma coisa em que você pudesse responder algumas questões e recebesse opções confiáveis de cursos que mais combinam com você, não concorda?

Pera aí, esse bagulho existe!

Existe mesmo! Essa maravilha do século XXI se chama Que Curso?. Ela faz exatamente o que está escrito ali em cima. Quer descobrir os cursos que mais combinam com você? Faça a nossa avaliação! Temos certeza de que com essas dicas você vai conseguir aliviar um pouco dessa tensão!

#TamoJunto

Tags

Cursos

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Basta entrar em contato conosco em até 6 meses após o pagamento, informando seus dados e o motivo da devolução.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2018 CNPJ: 10.542.212/0001-54