logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Profissões

Como Escolher uma Profissão

por Maria Fernanda Alves em 02/05/16 11 mil visualizações

Como escolher uma profissão? Essa é uma das dúvidas que mais aflige o brasileiro, afinal existem cerca de 550 cursos diferentes como opções de ensino superior. É muita coisa! 

“Mas e agora, Mafê? Como faço pra escolher minha faculdade?” 

É gente, o processo de escolha é de suma importância, pois são anos dedicados estudando e depois buscando crescimento no mercado profissional. Então fiquem atentos nas dicas que separei pra compartilhar com vocês:

1.    A resposta está em você:

Ninguém sabe mais sobre você do que você mesmo! É preciso parar para se olhar um pouquinho. 

Escreva em uma lista dos seus gostos e das matérias que você ia bem na escola. Dessa forma você saberá, por exemplo, se você tem mais facilidade na área de exatas, humanas ou biológicas. 

Eu tenho uma super dica de teste para este momento: a Revista Quero disponibiliza um teste vocacional grátis para te ajudar a descobrir as profissões mais compatíveis com suas inteligências.

Se você acha que precisa de mais ajuda, a melhor coisa a fazer é procurar um psicólogo. Ele estará pronto pra te ouvir e auxiliar na busca. 

Muitas faculdades que oferecem o curso de psicologia prestam serviço de orientação vocacional de forma gratuita. Eles podem aplicar um Teste Vocacional (reconhecido e aprovado pelo Conselho Federal de Psicologia, o que é muito importante) e prestar um serviço de coaching. O combo Teste Vocacional + Coaching é o pacote ideal para esse momento! 

Dica: Utilize o buscador do site do Quero Bolsa para saber quais faculdades da sua cidade oferecem o curso de Psicologia, assim você pode ligar lá e se informar melhor :) 

2.    Não olhe só para o mercado, eu imploro!

Muitas pessoas pensam muito em escolher a carreira para ficarem ricas o quanto antes e esse é um grande problema. 

Se uma pessoa escolhe o curso de Engenharia de Petróleo, por exemplo, porque é uma profissão em alta no momento, mas sonha em ser bióloga, das duas uma: Ou vai desistir da faculdade no meio do caminho ou até pode se formar, mas certamente será um profissional infeliz. 

É importante, sim, que o retorno financeiro seja considerado no momento de escolha da profissão, mas você jamais deve escolher um curso que te afaste completamente daquilo que você realmente gosta (siga a dica anterior para saber do que você gosta!). 

O mercado está cheio de péssimos engenheiros que seriam excelentes professores, por exemplo. Uma pessoa que não tem satisfação no trabalho que realiza, não o realizará de forma plena. 

Se você ama o que você faz, o fará com excelência e, com conhecimento em estratégia de mercado, poderá ter muito retorno financeiro mesmo seguindo uma profissão que esteja fora do índice das mais bem pagas.    

3.    Na prática:

Procure profissionais que se formaram na área, troque uma ideia sobre o tempo na faculdade e o mercado de trabalho. 

Não há nada como alguém que já viveu para dar boas (ou más) referências. Quanto maior o número de profissionais com quem você conseguir conversar, mais chances de você formar um ponto de vista e tomar uma decisão para não se arrepender depois. 

Uma dica bem legal também é visitar universidades. A maioria delas permite participação em eventos e aulas como ouvinte, isso ajuda muito! 

Ah, e se você identificou uma possibilidade de realizar um curso na área da saúde, experimente visitar um profissional em seu posto de trabalho, tente se expor às condições comuns da profissão para se certificar que não enfrentará dificuldades para desempenhar seu papel depois da formatura. 

É realmente importante que a escolha seja SUA. Dedique-se neste momento, afinal você estará fazendo um esboço do seu futuro. 

Espero que as dicas tenham ajudado e que você seja um protagonista na sociedade! Como disse no texto anterior, defendo muito que tenhamos profissionais que cresçam, mas que cresçam felizes! 

Um abração, gente! 

Mafê

banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54