logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

Ensino Básico

Como tratar ansiedade infantil?

por Yuri Marques em 29/04/22



A ansiedade infantil é um problema recorrente nas escolas. Porém, nem sempre os pais percebem que os filhos estão com problemas. É comum as crianças sintomáticas não saberem como pedir ajuda para os adultos. Sendo assim, é de extrema importância que os pais e os profissionais da educação busquem informações sobre este assunto. 

+ Encontre bolsas de estudo para o ensino básico

Quais as causas da ansiedade infantil?

É importante dizer que não há um motivo específico para a ansiedade nas crianças. Porém, existem diversas razões que podem influenciar no desenvolvimento dos sintomas. Dentre eles, temos:

  • Divórcio dos pais;

  • Morte de familiares ou entes queridos;

  • Acidentes com a criança;

  • Agressões físicas ou verbais;

  • Mudança de escola ou de cidade;

  • Excesso de cobranças;

  • Brigas recorrentes na presença dos pequenos;
  • Falta de diálogo em casa;

  • Casos de abandono;

  • Antecedentes familiares de ansiedade;

Como identificar os sintomas da ansiedade infantil?

 Normalmente, os sintomas mais comuns de ansiedade nas crianças estão relacionados ao sono, apetite, agitação, irritabilidade e apatia.

Além disso, características como medo constante, desmotivação, dificuldade de aprendizagem, choro recorrente, timidez excessiva e retraimento social são recorrentes em pessoas com ansiedade. 

Em alguns casos, a ansiedade infantil também pode trazer sintomas físicos. Como por exemplo, dores de cabeça, náuseas, diarreia, tonturas, tremores e sudorese. 

Assim, é possível dizer que esses fatores interferem na qualidade de vida dos pequenos. Portanto, além de terem prejuízos para o rendimento escolar, isso também interfere na forma como eles convivem com outros indivíduos. 

Sendo assim, os pais e/ou responsáveis devem ficar em alerta. É essencial que eles percebam se houve alteração no comportamento das crianças. Para isso, o diálogo com a equipe da escola pode ajudar nesse processo.

Identificar a ansiedade em crianças menores ou que ainda não sabem falar é um processo mais complexo. Nesse sentido, alguns sinais que podem ser observados são crianças que:

  • Voltaram a chupar o dedo ou chupeta sem nenhum motivo aparente;

  • Fazem xixi nas calças frequentemente;

  • Tem constantes pesadelos;

  • Possuem medo na frente de pessoas ou situações específicas.

Qual o tratamento para ansiedade infantil?

Diversos estudos demonstram que é comum a ansiedade evoluir para a depressão ou doenças mais complexas. Por isso é indicado que os pais procurem tratamentos o quanto antes. 

Sendo assim, muitos deles têm dúvidas sobre como lidar com a ansiedade infantil sem que isso cause mais danos ao desenvolvimento dos pequenos. O mais recomendado é que seja observada a frequência de alteração no comportamento. 

Leia também:

Dificuldade de aprendizagem: quais são os sinais?
Como desenvolver a autonomia infantil nas crianças?

Situações corriqueiras de choro, estresse ou medo são comuns na rotina de qualquer pessoa, independentemente da idade. 

Estresse, medo ou choro são comuns no dia a dia de todos. Porém, caso esses sintomas tenham duração prolongada e corriqueira, é recomendado buscar pediatras. Assim, eles podem encaminhar as crianças a psicólogos, psiquiatras ou outros profissionais especialistas. 

Geralmente, o tratamento envolve uso de medicamentos ou terapia e são os especialistas que dirão qual a melhor forma de tratamento.

Sobre o autor
author
Yuri Marques

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54