Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Universidades

Coronavírus: pesquisadores da Unicamp iniciam preparação de teste para agilizar diagnóstico local

por Marina Borges em 20/03/20

A pandemia global do novo coronavírus - o Covid-19 - tem gerado preocupações por toda parte, principalmente pelo tempo que leva até os casos suspeitos serem confirmados ou descartados.

Pensando em facilitar o diagnóstico local, auxiliando os laboratórios que estão recebendo uma alta demanda, uma equipe do Laboratório de Estudos de Vírus Emergentes (LEVE) do Instituto de Biologia (IB) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em colaboração com outros docentes, começou o processo de elaboração de um teste para agilizar a detecção do vírus na região de Campinas.

A partir da amostra do coronavírus do primeiro paciente infectado no Brasil, os pesquisadores iniciaram os procedimentos que visam dar agilidade ao diagnóstico local e, assim, contribuir para o controle da doença.

Foto: Reprodução/Unicamp
coronavírus unicamp teste campinas - REVISTA QUERO
As amostras do coronavírus chegaram até a equipe na sexta-feira (13)

O professor e coordenador do LEVE, José Luiz Proença, informou que “nesse momento, o trabalho que está sendo realizado é uma assessoria para implementar a detecção do vírus localmente, dentro da Unicamp, como uma alternativa de suporte aos laboratórios de referência.”

José ainda ressalta que os diagnósticos seguirão sendo realizados pelo laboratório de referência no estado de São Paulo, o Instituto Adolfo Lutz. No entanto, um diagnóstico rápido e local, que deverá ser realizado pela Divisão de Patologia Clínica da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp, é importante para dar agilidade ao encaminhamento do paciente. 

No processo de controle do coronavírus na China, segundo o coordenador, a diminuição do número de casos passou pela rápida detecção dos casos positivos e o isolamento imediato dos sintomáticos, com acompanhamento daqueles que apresentavam agravo dos sintomas relacionados à doença. “É algo que estamos tentando fazer aqui no estado de São Paulo”, relata.

Leia também:
Ciência em Série: pesquisadores da Unicamp divulgam conteúdo científico de forma acessível
Projeto Meninas SuperCientistas da Unicamp incentiva a presença feminina na área da ciência

Entenda o processo

Na manhã de terça-feira (17), José e a equipe começaram os procedimentos de expansão do Covid-19. Essa etapa é realizada introduzindo o vírus em células que são suscetíveis ao crescimento do microrganismo. Quando a célula está com uma grande quantidade de vírus, ocorre uma alteração em sua forma, chamada efeito citopático, o que é esperado que aconteça em um período de 36 a 72 horas após infecção. 

A partir do efeito citopático, a próxima etapa segue com a inativação do vírus e a extração do seu material genético, o RNA, para a obtenção do material que será utilizado como controle positivo.

Foto: Reprodução/Unicamp
coronavírus unicamp teste campinas - REVISTA QUERO
A primeira etapa do grupo consiste no desenvolvimento de teste de diagnóstico

De acordo com o professor, com esse controle positivo é possível padronizar a reação de detecção, que é uma reação que busca encontrar resquícios genômicos do vírus nas amostras coletadas de pacientes suspeitos. Caso esses fragmentos sejam encontrados, é possível afirmar que um paciente testou positivo para o Covid-19.

Vale ressaltar que os diagnósticos vêm avançando e já foram desenvolvidos até mesmo kits comerciais para detecção do coronavírus. No entanto, o alto custo os torna pouco acessíveis. 

“Dessa forma, quando você pensa em testar milhares de pessoas acaba sendo proibitivo. Por isso a importância de um protocolo local na tentativa de baratear os custos”, aponta José Luiz.

A estimativa de valor, conforme o coordenador, é entre R$50 e R$70 por teste, incluindo todo o processo, desde a extração da amostra até a realização do ensaio de detecção molecular. O valor, entretanto, pode sofrer alguma alteração, já que foi calculado antes da declaração da pandemia e antes do pico do dólar.

Após desenvolver o teste de diagnóstico, a equipe ainda pretende ir além, realizando testes de combate ao vírus. 

“Vamos fazer uma busca ativa de reposicionamento de fármacos, de drogas que já estão validadas para uso humano, tentando encontrar alguma que possa inibir a replicação do vírus para uso imediato naqueles pacientes com sintomatologia grave em resposta à infecção”, indica o professor.

Foto: Reprodução/Unicamp
coronavírus unicamp teste campinas - REVISTA QUERO
Pesquisador manuseia frasco que contém a amostra de Covid-19

Todos os testes realizados no LEVE com o Covid-19 são realizados em laboratório de biossegurança de nível 3, que está preparado para trabalhar com agentes de risco nível 3, como no caso do Coronavírus. Há sistema de exaustão, de controle de pressão e de esterilização que não permitem a saída do vírus para o ar e que minimizam o risco de contaminação para os profissionais que manipulam o microrganismo.

Trabalho em conjunto

Além dos pesquisadores da Unicamp, o estudo, que utiliza protocolo desenvolvido por pesquisadores do German Center for Infection Research, é multidisciplinar e envolve outras instituições, como o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Houve também a colaboração do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (USP), que enviou a mostra do vírus ao LEVE e a outros laboratórios brasileiros. 

Fonte: Unicamp

Tags relacionadas:

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Sabia que dependendo do seu período é melhor começar de novo?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

Caso você ainda esteja no primeiro ou segundo período da faculdade, você pode economizar começando o curso novamente com bolsa de estudo.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54