Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Dicas e Curiosidades

De posts de blog à redação do Enem: um guia para escrever bem – Parte III

por Rodrigo Simões em 06/09/17 490 visualizações

Escrever bem não é fácil.

Por isso, reunimos dicas práticas em um guia, que você pode utilizar para planejar, escrever, editar e revisar o seu texto.

E hoje chegamos à última etapa do nosso especial!

Ainda não viu as outras partes? É só clicar aqui: Parte 1 | Parte 2

2. Produção

Receita pronta? Hora de colocar a mão na massa!

E agora que você já tem um roteiro para seguir, não existe segredo, apenas algumas dicas que podem ajudar bastante na hora de escrever:

Não comece pelo título

Se já tiver uma ideia, anote para não perder, mas normalmente o título é a última das suas preocupações.

Com o texto pronto e a sua ideia no papel, vai ser mais fácil pensar em alguma coisa legal depois.

Brinque com blocos

Iniciar o texto pode ser bem difícil algumas vezes. E você pode perder muito tempo tentando encontrar a frase perfeita, impactante.

Se estiver com problemas, tente desenvolver outras partes antes. Isto pode ajudar a sua linha de raciocínio a “entrar nos trilhos”.

Na dissertação, por exemplo, você não precisa ficar preso na ordem dos blocos INTRODUÇÃO > DESENVOLVIMENTO > CONCLUSÃO. Se a explicação dos argumentos já estiver na cabeça, que tal fazer DESENVOLVIMENTO > INTRODUÇÃO > CONCLUSÃO?

DICA: Separar o texto em blocos pode facilitar muito a sua vida, mas exige treino. Não deixe para testar na hora da prova ou de entregar um projeto!

Não utilize palavras difíceis

Um erro bem comum é acreditar que palavras rebuscadas e ostentosas difíceis fazem o texto parecer mais sério ou intelectual. Não se engane, o que importa é escrever certo!

A regra de ouro é: na dúvida, utilize sempre o termo que você tem certeza de como se escreve. E que sabe exatamente o significado também.

Evite gírias e palavras estrangeiras

Neste caso, entenda qual o objetivo do seu texto.

Na redação do vestibular, o ideal é que só sejam usadas se forem muito necessárias para a compreensão de seus argumentos – se você estiver escrevendo sobre cultura de rua ou tecnologia, por exemplo.

Palavrões, nem pensar!

Pegou o ritmo? Não pare!

Muitas vezes a produção não anda. Você tenta começar de todos os jeitos, mas é difícil pegar no tranco.

De repente, você acha aquela pontinha solta, aquele gancho perfeito para começar a escrever. Não perca o embalo!

Evite, a qualquer custo, quebrar o ritmo – principalmente quando você não estiver em um ambiente controlado, como o vestibular ou o Enem.

Facebook, Whatsapp, Twitter, TV, música, uma paradinha de cinco minutos pra conversar ou até um intervalo para o almoço podem ser a diferença entre terminar um texto hoje ou na semana que vem.

3. Edição / Revisão

É muito importante saber quem será o primeiro a ler o seu texto. Seu professor? O coordenador? O editor do site?

Não! Será sempre você! E não será apenas uma vez, pode ter certeza.

O processo de edição e revisão do que você escreve é tão importante quanto o planejamento e a produção do texto. E ignorar esta etapa é o grande erro da maioria das pessoas.

Revise e edite. Leia de novo. Precisa mudar mais alguma coisa? Edite e revise de novo. Quanto mais detalhista e atencioso você for neste processo, melhor será o resultado final.

Algumas dicas para você finalizar o seu texto:

Leia com cuidado

Se o texto for lido de qualquer jeito, os erros não serão percebidos. Leia com calma e prestando muita atenção.

Sempre que possível, tente fazer a leitura em voz alta também. Isto irá ajudar a encontrar ainda mais detalhes, principalmente com relação à pontuação e acentuação – teste agora com palavras como pública/publica, secretaria/secretária, entre outras, e você vai entender.

Extermine as repetições

Durante a leitura, é comum encontrar palavras que se repetem. Sempre que possível, tente substituir por outra palavra outro termo.

O mesmo vale para expressões e frases inteiras. Algumas vezes, será possível até mesmo eliminar aquele trecho.

Tome cuidado, apenas, para não prejudicar o seu texto. Se a repetição da palavra é necessária ou você não se lembra de uma expressão melhor, não se preocupe.

É pior um conteúdo difícil de ler ou com termos errados do que um com palavras repetidas.

Seja objetivo

Quando você pega o ritmo da escrita, muitas vezes não percebe que existiam caminhos mais curtos para explicar exatamente a mesma coisa.

É normal, afinal, você está concentrado e seguindo uma linha de raciocínio.

Na edição, no entanto, é comum encontrar atalhos ou formas mais simples de se expressar .

Corte informações desnecessárias, troque-as de lugar, acrescente ou elimine palavras e expressões. Tudo é válido para que o resultado final seja um texto claro e objetivo.

Está satisfeito? Leia a última vez

Depois de todas as alterações que você realizou, faça uma última revisão.

Além de caçar os últimos errinhos, preste atenção na fluidez do texto.

Se você tiver dificuldades para ler ou para entender alguma coisa, quem garante que seu público (professor, coordenador, editor, leitor, etc.) também não terá? 😉

 

Assim, chegamos ao fim deste guia!

Com este roteiro básico, você irá se organizar melhor para planejar, escrever e editar seus textos, seja qual for o formato escolhido.

E isto será fundamental para que suas ideias, quando colocadas no papel, sejam entendidas por todos.

Não se preocupe se nas primeiras vezes o processo parecer meio travado. Como já dissemos, escrita é treino, treino e treino. Com o tempo, as etapas se encaixam melhor e seus resultados serão mais efetivos!

E aí? Gostou do nosso guia? Comente com suas experiências e outras dicas que possam ajudar!

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
ALERTA DE VAGAS i-close
O que é o Quero Bolsa?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

O Quero Bolsa é o site que te ajuda a entrar na faculdade! Reunimos todas as informações para você fazer a melhor escolha e garantir uma vaga na faculdade.

Tá esperando o que pra conseguir a sua?

ALERTA DE VAGAS i-close
Veja como é simples! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Preencha os campos abaixo com suas preferências e receba avisos de vagas disponíveis no Quero Bolsa.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54