Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
A01eaa56964552a344b29948eab1d28e65789a97 A43c50b687d2e43f384b20ae2dc8e0a405ba8d0d
Dicas e Curiosidades

Dia das Mães: é possível conciliar maternidade e estudos?

por Patrícia Carvalho em 11/05/19

No segundo domingo de maio é comemorado, em todo o mundo, o Dia das Mães. A data existe desde 1914, em homenagem à Anna Jarvis, uma jovem norte-americana que após perder sua mãe decide organizar uma campanha para conscientizar crianças e adolescentes de sua comunidade sobre a importância da figura materna.

Veja também:
5 formas de dizer mãe em inglês
5 tipos de mães de estudantes

No Brasil, a data passou a ser celebrada em 1918, de forma pontual. Somente em 1932, durante o mandato de Vargas, é que o Dia das Mães se oficializou no segundo domingo do mês de maio. A consolidação, no entanto, só aconteceu durante o regime militar.


Um estudo realizado pelo Google Consumer Survey em 2019, revelou que 38% das mães brasileiras também trabalham fora, 16% cuidam da casa e 8% estudam. Apesar do baixo índice de mães que se dedicam aos estudos, a pesquisa também revela que 42% buscam por educação nos meios digitais

Maria Luiza Penteado é aluna do quinto semestre do curso de Jornalismo no Mackenzie e descobriu que estava grávida quando estava cursando o segundo ano do Ensino Médio.

Quando seu filho estava com um mês de idade, ela deu continuidade aos estudos e, ao concluir, entrou na faculdade logo em seguida. "Achei que não daria conta! O primeiro semestre foi bem complicado, eu tive que correr muito atrás porque meu filho tinha acabado de fazer um ano, estava começando a andar e exigia muita atenção. Mas depois de uns dois meses tudo já tinha se encaixado".

Veja também:
Como funciona a licença-maternidade na faculdade?

A estudante conta que para conciliar a maternidade e os estudos, ela colocou seu filho em uma escola no mesmo período em que tinha aulas, durante a tarde. Os trabalhos, atividades e estudos para provas eram feitos à noite, quando ele estava dormindo. 

Atualmente, ela estuda de manhã e seu filho, à tarde. "Hoje eu fico muito mais tranquila, porque de manhã eu me dedico nas aulas e de tarde eu estudo e faço os trabalhos". Enquanto ela estuda, seu filho fica com o avô. 

Maria conta que sua rotina não é difícil, mas é cansativa. "Muitas vezes eu pensei em desistir porque como eu não tenho independência financeira penso que seria mais fácil eu sair e trabalhar em uma loja ou algo assim, mas eu sei que ter uma formação vai me dar muito mais oportunidades para dar a ele um futuro melhor". 

Viviane Signorini, professora de língua portuguesa no ensino básico e bacharel em Direito, teve seu filho mais velho aos 18 anos, quando fazia um curso técnico de Administração de Empresas.

Ela conta que seu maior desafio foi lidar com muitas responsabilidades ao mesmo tempo como concluir o curso técnico, se preocupar em cursar o Ensino Superior, cumprir o estágio e dar conta da criação de uma criança. Por isso, ela contou com ajuda de sua mãe, avó e tia.

"Minha situação era complicada, pois comecei a vida pelo inverso. Adquiri a responsabilidade de ter uma família primeiro antes mesmo de ter uma profissão, um emprego, uma casa, um carro, enfim uma vida estável, para oferecer o mínimo de conforto para meu filho. Percebi que se parasse de estudar a coisa ficaria pior", relata a professora.

Além disso, Viviane argumenta que foi educada para ser independente. "Só com estudo poderia fazer isso".

Já Cristiane Nunes, nunca pensou em fazer uma graduação. Ao ajudar seu filho de 18 anos a encontrar um curso superior, Cristiane descobriu a oportunidade de estudar com uma bolsa de estudos.

A bolsa despertou interesse na mãe e no filho, Lucas Nunes, que passaram a cursar Publicidade e Propaganda juntos, na Anhanguera

Para Cristiane, também não foi difícil conciliar os estudos e o trabalho pois ela sempre atuou como autônoma. "Eu era líder de uma equipe com 200 revendedoras quando comecei a faculdade, mas como fazia meu horário não sofri tanto. Em casa, tento me organizar para dar conta de tudo sem me estressar tanto... no fim dá tudo certo", afirma.

Cristiane e Lucas se formaram juntos neste ano. "Ele é meu publicitário favorito! Recebeu certificado de melhor aluno em quase todos os semestres! Nem consigo pensar em mim às vezes. Só de saber que acertamos no curso já fico imensamente satisfeita!", conclui.

E aí? Gostou do conteúdo? Conte para nós nos comentários. ;)

A01eaa56964552a344b29948eab1d28e65789a97 A43c50b687d2e43f384b20ae2dc8e0a405ba8d0d

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE BOLSAS i-close
Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
ALERTA DE BOLSAS i-close
O que é o Quero Bolsa?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

O Quero Bolsa é o site que te ajuda a entrar na faculdade! Reunimos todas as informações para você fazer a melhor escolha e garantir uma bolsa de estudo até o final do curso.

Tá esperando o que pra conseguir a sua?

ALERTA DE BOLSAS i-close
Veja como é simples! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Preencha os campos abaixo com suas preferências e receba avisos de bolsas de estudo disponíveis no Quero Bolsa.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de bolsas de estudo disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE BOLSAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE BOLSAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores bolsas de estudo chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber bolsas de estudo de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Basta entrar em contato conosco em até 6 meses após o pagamento, informando seus dados e o motivo da devolução.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2019 CNPJ: 10.542.212/0001-54