Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Universidades

Dia do Câncer: 25 boas notícias de quando universidades tiveram importante papel no combate à doença

por Mathias Sallit em 04/02/20

O câncer é uma das doenças que mais matam brasileiros anualmente. Segundo pesquisa mais recente do Ministério da Saúde, com dados de 2014, mais de 200 mil brasileiros foram vitimas de algum tipo de câncer naquele ano.

Desde 2005, o dia 4 de fevereiro celebra o Dia Mundial do Câncer, criado pela União Internacional para o Controle do Câncer (UICC) com apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS). A data visa reduzir o número de mortes causadas pela doença e conscientizar que a prevenção é um dos principais meios de combate.

Leia também: Dia Mundial do Câncer incentiva educação sobre a doença e promove a prevenção

Encontrar a cura do câncer é um dos grandes objetivos da medicina atual. Por mais que a doença seja uma das mais letais, avanços da ciência e da Medicina conseguem trazer boas notícias quando o assunto é o tratamento do câncer. E muito desse progresso se deve a trabalhos realizado em universidades no Brasil e no mundo.

"A universidade tem todas as condições de formar profissionais comprometidos com o diagnóstico precoce do câncer", afirma a dra. Marineide Prudencio de Carvalho, coordenadora da área de Oncologia do curso de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Na faculdade, a oncologista clínica, além de coordenar a área na graduação e no programa de residência médica em Oncologia Clínica, é também responsável pela Liga Estudantil de Oncologia da Santa Casa.

A Liga é um projeto que busca envolver estudantes de todas as graduações da faculdade no combate ao câncer. "Esse tipo de projeto já sinaliza que o aluno está consciente de seu poder de atuação e de sua responsabilidade social", diz a doutora.

Segundo Marineide, podem não haver condições financeiras para o desenvolvimento de drogas, mas as pesquisas científicas, o atendimento humanizado e a formação de estudantes que já atuam compromissados com a oncologia.

Universidades brasileiras atuam em diversas maneiras alternativas para trabalhar na prevenção, no diagnóstico e na cura do câncer. Há instituições que se destacam em pesquisas do tratamento, outras com ações que visam prevenção e bem-estar dos pacientes e também há campanhas solidárias para apoiar crianças, adultos e idosos com câncer.

Aqui, a Revista Quero selecionou 25 boas notícias que envolves faculdades do Brasil que tiveram papel importante na luta contra o câncer, em diferentes alternativas.

(Foto: Hospital do Câncer de Presidente Prudente/Assessoria de imprensa)
 Dia do Câncer: 25 boas notícias de quando universidades tiveram importante papel no combate - REVISTA QUERO
Procedimento inédito contra o câncer de mama é realizado por professor da Unoeste

Veja 25 notícias que mostram o importante papel de universidades no combate ao câncer:

1. Paciente com câncer terminal é curado com tratamento inédito na USP

Aposentado de 64 anos lutava contra o câncer desde 2017. Com quadro gravíssimo ao chegar no hospital, foi tratado com método desenvolvido na Universidade de São Paulo (USP) com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), que usou técnica norte-americana inédita na América Latina. O resultado: a maioria dos tumores desapareceu e o paciente estava "virtualmente" livre da doença, segundo médicos do hospital da USP em Ribeirão Preto. | Fonte: Jornal da USP/G1

2. UFC testa nova "pílula do câncer" em pacientes

A pílula do câncer começou a ser testada em 2019 pelo Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos da Universidade Federal do Ceará (UFC). A pílula foi aplicada em voluntários saudáveis para que pesquisadores pudessem estudar seus efeitos e eficácia no tratamento do câncer. | Fonte: UFC

3. Em pesquisa internacional, professora da UFU desenvolve tratamento para câncer de ovário

Com apoio da Fapesp, pesquisa de doutorado da professora Carolina Gonçalves Oliveira, do Instituto de Química da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), desenvolveu um composto que pode agir com eficácia contra o câncer de ovário. O estudo foi coordenado contou com a presença de pesquisadores do Brasil, Reino Unido e Itália e foi coordenado pelo professor do Instituto de Química de São Carlos da Universidade de São Paulo (USP), Victor Marcelo Deflon. | Fonte: Agência Brasil

4. Professor da Unoeste participa de cirurgia realizada pela primeira vez no brasil

Professor de Medicina da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), Rafael da Silva Sá fez parte de equipe que aplicou pela primeira vez no Brasil técnica inovadora no tratamento do câncer de mama. O procedimento faz parte do doutorado do professor, na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). | Fonte: Unoeste

5. Residentes da Santa Casa de SP são premiados pela Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica

A participação da Faculdade da Santa Casa de SP já rendeu premiação da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica. Com a disciplina na graduação, a produção científica na residência e a Liga de Oncologia, a Santa Casa é referência na Oncologia, com campanhas de detecção de câncer de pele, cabeça, pescoço, próstata e mama. "No Outubro Rosa , os alunos fizeram uma atuação de esclarecimento, fora da Santa Casa, com mulheres imigrantes na cidade de São Paulo", diz Marineide Prudencio de Carvalho, coordenadora na Faculdade. | Fonte: Santa Casa de SP

6. Pesquisa da UEPB desenvolve tratamento do câncer de mama

Junto à Universidade Estadual Paulista (Unesp) e a Ulster University, da Irlanda do Norte, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) desenvolveu uma pesquisa que elabora métodos de terapia para tratamento de câncer de pele. O tratamento é menos invasivo e busca não afetar células sadias, segundo o professor da UEPB, João Augusto Oshiro. | Fonte: Paraíba Online

7. Anhembi Morumbi promoveu diversas ações no Outubro Rosa

Em outubro de 2019, diversos cursos da Universidade Anhembi Morumbi (UAM) fizeram ações de conscientização sobre o câncer de mama. Algumas das ações realizadas pela instituição e alunos foram: Desfile de Primavera em centro de Oncologia de hospital em São Paulo, campanha de arrecadação de lenços, exames para identificação de câncer em animais domésticos e doação de cabelos para confecção de perucas. | Fonte: UAM

8. Alunos do Mackenzie doam mais de 1.4 mil cm de cabelo para instituição

No último outubro rosa, 93 estudantes do Mackenzie doaram 1,4 mil centímetros de cabelo para a Rapunzel Solidária, instituição que confecciona perucas para pacientes vítimas do câncer. 190 mechas de cabelo foram cortadas na quarta edição realizada pelo Diretório Acadêmico de Comunicação e Artes do Mackenzie (Dacam). I Fonte: Instagram/Dacam

9. Unifal-MG também arrecadou mechas de cabelo para doação

Também em campanha do outubro rosa em 2019, participantes do projeto de extensão "Odontologia Hospitalar para pacientes oncológicos" da Universidade Federal de Alfenas (Unifal-MG) arrecadaram 55 mechas de cabelo. Além das mechas, também arrecadaram 35 litros de leite longa vida e 7 lenços para serem doados a associação que dá assistência a cerca de 1,8 mil | Fonte: Unifal-MG

10. Cão que mora no campus da Unifap recebe apoio de estudantes para tratar câncer

O cachorro Cookie mora no campus da Universidade Federal do Amapá (Unifap). Em 2019, o mascote, companheiro de muitos estudantes, foi diagnosticado com câncer. Por isso, a turma de Enfermagem custearam o tratamento do cãozinho vendendo doces produzidos pelos próprios alunos e realizando uma vaquinha. | Fonte: G1

11. Crianças em tratamento do câncer fazem "trote" em calouros de Medicina da UPF

Os alunos que ingressaram no curso de Medicina da Universidade de Passo Fundo (UPF) em 2019 passaram por um "trote do bem", quando foram recepcionados por crianças em tratamento do câncer. Elas rasparam o cabelo dos calouros, em atitude que humanizou o fato das crianças estarem carecas. | Fonte: Diário da Manhã

12. PUC- Rio ofereceu atendimento psicológico para pessoas com câncer

Equipe composta pela turma do curso de especialização em Psico-oncologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC Rio) prestou atendimento a pessoas com câncer. O serviço foi oferecido tanto para pacientes como para familiares e profissionais da saúde que são afetados pelo câncer. A professora do curso, Maria Luiza Polessa, explicou que o apoio psicológico nesses momentos podem ser fundamentais no tratamento. | Fonte: PUC Rio

13. Professor da Unifesp publica livro com inovações de tratamentos em diversos tipos de câncer

Professor de oncologia clínica na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e de universidade portuguesa, Ramon Mello é um dos líderes responsáveis pela publicação da segunda edição do "International Manual of Oncology Practice". O livro traz tratamentos mais modernos e tecnológicos sobre diversos tipos de câncer. | Fonte: Jornal da Cidade (Bauru)

14. Na UFSCar, pesquisadores criam substância que preserva células sadias no tratamento

 Pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) criaram pó que ajuda no tratamento do câncer e não afeta células saudáveis. Isso reduz os efeitos colaterais que o tratamento causa em pacientes com a doença. | Fonte: G1

15. Empresa incubada na Unifor trabalha com diagnóstico de câncer de olho

A incubadora da Universidade de Fortaleza (Unifor), com apoio da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e tecnológico (Funcap), dá estrutura à "Olho Humano". A empresa desenvolveu tecnologia que facilita o diagnóstico de câncer de olho em fases iniciais | Fonte: G1/Unifor

16. Grupo liderado por cientista da UFRJ dá alternativas para tratamentos eficaz contra mutação de células

O grupo de pesquisadores, liderado pelo bioquímico Jerson Lima Silva, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), criou estudo que busca desenvolver novas terapias contra o câncer. A pesquisa identifica células que podem ser resistentes à quimioterapia devido a mutações e procuram tratamento eficaz contra elas. | Fonte: Estadão

 17. Pesquisadores da Unicamp mostram que Zika pode combater câncer de próstata

Grupo de pesquisa da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) mostraram que o vírus zika pode inibir a proliferação de células do câncer de próstata. O resultado surgiu depois de universidade americana estudar a funcionalidade do vírus em pacientes com tumores no cérebro. Testes em animais são os próximos passos da pesquisa | Fonte: Unicamp/Fapesp

18. Exame à base de cera de ouvido estudado na UFG busca ajudar no diagnóstico

Pode parecer desagradável para alguns, mas a cera de ouvido é alvo de um estudo da Universidade Federal de Goiás (UFG). A pesquisa trouxe resultados que mostram como a a cera pode apresentar sinais que levam o diagnóstico do câncer. | Fonte: Saúde

19. Pesquisadores da USP usam urina de pacientes para identificar câncer de próstata

Técnica identifica pacientes com câncer de próstata pela urina foi elaborada em estudo da Faculdade de Medicina junto ao instituto de Ciências Biomédicas da USP. O diagnóstico é feito por método não invasivo e permite que médicos analisem a agressividade do tumor. | Fonte: UOL/Viva Bem

20. Pelo combate ao câncer de próstata, Ufes hasteou bandeira em campanha do novembro azul

Tradicionalmente, a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) faz o hasteamento de uma bandeira azul em frente ao Teatro Universitário. O objetivo é conscientizar a população da importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata. | Fonte: Ufes

21. Hospital Universitário da Ufal faz atendimentos gratuitos para prevenir câncer de pele

Em dezembro de 2019, o hospital da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) recebeu pessoas  que foram examinadas para prevenir e diagnosticar o câncer de pele, em ação do "Dezembro Laranja", mês de conscientização de cuidados com a doença. Casos de suspeita foram direcionados ao próprio hospital para consulta e tratamento. | Fonte: Ufal

22. Unifor recebe simpósio internacional de câncer de pulmão

III Simpósio Multidisciplinar Franco-Brasileiro de Câncer de Pulmão na Unifor é destinado a profissionais, estudantes e pesquisadores da área de saúde e vai debater com palestras sobre o combate ao tabagismo, apresentação de estudo elaborado pela OMS com dados da doença na França. No último dia do evento, haverá atividades práticas para os estudantes. | Fonte: Unifor

23. Unicamp desenvolve software de diagnóstico do câncer de pele

Pesquisadores da Unicamp desenvolveram um software que identifica com precisão sinais que podem levar o diagnóstico do câncer de pele do tipo melanoma | Fonte: UOL/Viva Bem

24. Unifesp e Instituto Butantan aguardam investimentos para produzir droga contra câncer infantil

A pesquisa da Unifesp com o Instituto Butantan apresentou a eficácia de uma substância que combate o câncer cerebral infantil. Os pesquisadores aguardam os investimentos para produção e estruturação do início de testes clínicos em humanos. | Fonte: Agência Brasil

25. Campanha de prevenção ao câncer de pele da PUC-Campinas realiza atendimento gratuito

No final de 2019, o Hospital da PUC-Campinas realizou atendimentos de prevenção e auxílio no tratamento do câncer de pele. A ação foi feita em conjunto com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). | Fonte: G1

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Sabia que dependendo do seu período é melhor começar de novo?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

Caso você ainda esteja no primeiro ou segundo período da faculdade, você pode economizar começando o curso novamente com bolsa de estudo.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54