Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Dicas e Curiosidades

Dia da Educação: veja o panorama da educação brasileira em 9 dados

por Patrícia Carvalho em 28/04/19 400 visualizações

No dia 28 de abril comemora-se o Dia Mundial da Educação. A data foi criada há 18 anos durante o Fórum Mundial de Educação em Dakar, no Senegal, onde líderes de mais de cem países se reuniram e assumiram o compromisso de promover Educação Para Todos (EPT).



Em comemoração a data, a Revista Quero traçou um panorama de como está a educação no Brasil atualmente, baseado em dados do Censo Escolar 2018 e do Censo da Educação Superior 2017, ambos realizados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Veja a seguir 9 dados para compreender como está a educação no País:

     1. Número de matrículas na Educação Básica cai

    O número de matrículas no Ensino Básico caiu 13% em relação a 2014. No ano de 2018, foram registradas 48 milhões de matrículas nas escolas de Educação Básica brasileiras, 1,3 milhão a menos em comparação com o ano de 2014.

    2. Distorção idade-série se intensifica ao longo das séries 

    A distorção idade-série, segundo a Unicef, acontece quando um aluno possui dois anos ou mais de atraso escolar. No Brasil, a distorção se torna mais intensa a partir do terceiro ano do Ensino Fundamental: o índice alcança 11,2% das matrículas nos anos iniciais do Ensino Fundamental, 24,7% nos anos finais e 28,2% no Ensino Médio.

    3. Número de matrículas da Educação Especial aumenta 33% em quatro anos

    Alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e super dotação registraram 1,2 milhão de matrículas em 2018. O que também representa um aumento no índice de inclusão.

    A estrutura para receber esses alunos, no entanto, é precária em instituições públicas e privadas. Aproximadamente a metade das escolas possuem estrutura adequada. 

    4. Professores estão dando aulas em disciplinas diferentes de sua formação

    O número de professores que ministram aulas em matérias diferentes de sua formação nos anos finais do Ensino Fundamental varia nas regiões do País. De forma geral, nas regiões norte, nordeste e grande parte da região centro-oeste o índice é maior, chegando a 80%. 

    5. A disponibilidade de recursos tecnológicos é maior no Ensino Médio

    Laboratórios de informática, internet e internet banda larga são encontrados em mais de 60% das escolas brasileiras de Ensino Médio. Em relação a infraestrutura, bibliotecas e salas de leitura estão presentes em mais de 80% da instituições, de todos os níveis.

    Laboratórios de ciências, porém, estão presentes em menos da metade de escolas públicas e municipais. Nas instituições privadas, a porcentagem chega a 57%. 

    6. Proporções de jovens não concluintes do Ensino Médio é alta

    O índice da população que frequenta a escola, por idade, é de 85% entre os jovens de 16 anos e 74% entre os de 17 anos. Os números são baixos em comparação com os outros países, que apresentam, em sua maioria, percentuais superiores a 90% para a população da mesma faixa etária. 

    7. Número de polos EaD triplicou entre 2014 e 2018

    De  5 mil polos de ensino a distância, o número saltou para pouco mais de 15 mil. Nessa modalidade de Ensino Superior, que contou com a matrícula de 1,8 milhão de alunos em 2017, os cursos de licenciatura são predominantes. Já na modalidade presencial, a preferência é por cursos bacharelado.

    8. Ensino Superior tem forte evasão de alunos

    Cerca de um milhão de alunos concluiu o Ensino Superior em instituições privadas, e 250 mil em instituições públicas, no ano de 2017. No mesmo ano, mais de três milhões de alunos ingressaram em instituições de ensino. Dessa forma, conclui-se que a média de concluintes por ingressantes é de 0,4, quando o valor esperado seria o mais próximo possível de 1.

    Esse índice reflete na média salarial dos profissionais. De acordo com uma pesquisa feita pelo Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos do Ensino Superior no Estado de São Paulo (Semesp), a remuneração média dos homens empregados com Ensino Superior é 119% superior em relação aos empregados com ensino médio.

    9. Maior parte da Rede de Educação Superior brasileira é privada

    No Brasil, há 296 Instituições de Ensino Superior privadas e 2.156 IES públicas, que equivale a 87% do total. No setor público predominam as universidades, já no privado, as faculdades são maioria.

          Veja também:
          Qual a diferença entre Faculdade, Universidade e Centro Universitário?
          Brasil é o país em que mais vale a pena ter uma graduação
          Graduação: quanto tempo demora para ter de volta o valor investido?

          E aí? Gostou do conteúdo? Conte para nós nos comentários. ;)


          banner image banner image

          O que você achou deste artigo?

          ALERTA DE VAGAS i-close
          Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
          ALERTA DE VAGAS i-close
          O que é o Quero Bolsa?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

          O Quero Bolsa é o site que te ajuda a entrar na faculdade! Reunimos todas as informações para você fazer a melhor escolha e garantir uma vaga na faculdade.

          Tá esperando o que pra conseguir a sua?

          ALERTA DE VAGAS i-close
          Veja como é simples! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

          Preencha os campos abaixo com suas preferências e receba avisos de vagas disponíveis no Quero Bolsa.

          Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

          ALERTA DE VAGAS i-close
          Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
          ALERTA DE VAGAS i-close
          Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

          As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

          Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

          CENTRAL DE AJUDA i-close
          Como podemos te ajudar?

          Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

          Veja as perguntas frequentes

          Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

          Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
          i-close

          Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

          Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

          Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

          O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

          O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

          Feito com pela Quero Educação

          Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54