Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Vestibular e Enem

Documentos apontam aplicação do Enem nos dias 16 e 23 de janeiro de 2022; Inep não confirma

por Giovana Murça em 14/05/21

Atualizado em 31/05/2021 às 20h53

Em ofícios obtidos pelo jornal Folha de S. Paulo, nesta quinta-feira (13), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) cita a aplicação do Enem Regular e do Enem Digital nos dias 16 e 23 de janeiro de 2022.

Enem 2021: MEC confirma provas digital e impressa em 21 e 28 de novembro

De acordo com um dos documentos, assinado pelo diretor de diretor de Tecnologia e Disseminação de Informações Educacionais do Inep, Daniel Miranda Pontes Rogério, as datas foram apresentadas pelo presidente do Inep, Danilo Dupas Ribeiro, em reunião da diretoria no dia 3 de maio.

Reprodução/G1
enem 2021 em janeiro de 2022
Despacho do ofício que cita realização do Enem 2021 em janeiro de 2022

Em resposta ao portal G1, a assessoria de comunicação do Inep informou que "não há definição sobre a data" e que "há muitos documentos assinados por eles [diretores internos], sobre as mais diversas ações do Inep. E sobre os planejamentos de todos os nossos exames e avaliações, há outros tantos documentos com tratativas relacionadas a eles, em todas as suas fases".

Mais cedo, o Inep já havia divulgado uma nota de esclarecimento em relação às datas do Enem (veja na íntegra abaixo) em que afirma que "tentar antecipar a divulgação da data de realização do exame com base em documentos preparatórios é desinformar a população".

enem 2021 em janeiro de 2022

Entenda o caso completo

Enem 2021 fora das metas do Inep

As especulações à respeito da adiamento do Enem 2021 para o próximo ano começaram na terça-feira (11) com a divulgação das metas institucionais globais do Inep para 2021.

Isso porque no planejamento do Inep, feito a partir do orçamento do órgão, não consta a realização do Enem ainda em 2021, somente o planejamento e preparação técnica do exame.

Questionada pela Revista Quero sobre um possível adiamento do exame, a assessoria de imprensa do instituto havia respondido que: "O Ministério da Educação e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) trabalharão para realizar o Enem em 2021".

Confusão com CNE

Já na quinta-feira (13), o assunto voltou à tona com as declarações do Conselho Nacional de Educação (CNE). A presidente do conselho, Maria Helena Guimarães, havia confirmado ao portal G1 que, em reunião com o Inep, Danilo Ribeiro teria informado o adiamento do Enem 2021 para janeiro de 2022 por problemas no orçamento do Inep.

Mas, após a divulgação dos áudios da reunião pelo Inep, Maria Helena voltou atrás e afirmou que informação não foi citada pelo presidente do Inep. Em entrevista ao G1, ela disse que "entendeu que a prova seria no começo do ano que vem".

Documentos internos apontam datas das provas em janeiro

No início da noite da quinta-feira (13), o jornal Folha de S. Paulo divulgou documentos internos do Inep, do dia 3 de maio, que já apontavam as possíveis datas de realização das provas do Enem, nas versões impressa e digital, nos dias 16 e 23 de janeiro de 2022.

Inep nega Enem em janeiro

Após a confusão com o CNE e divulgação dos documentos, em nota de esclarecimento divulgada pela Assessoria de Comunicação Social, o Inep reafirmou que segue trabalhando para que o Enem seja realizado ainda neste ano e que tem orçamento suficiente para aplicar a prova

Veja a nota do Inep na íntegra:

"O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) reafirma que está concluindo o processo de planejamento e elaboração do cronograma de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 e engajado para que as provas sejam realizadas ainda neste ano. Para tanto, a Autarquia busca excelência no processo de planejamento, com o intuito de atender a todos os requisitos sanitários e garantir uma aplicação segura a todos os envolvidos, desde sua elaboração. O Instituto reafirma, ainda, que tem orçamento suficiente para realizar o Enem 2021 e que tentar antecipar a divulgação da data de realização do exame com base em documentos preparatórios é desinformar a população.

O objetivo do Inep é garantir o acesso de estudantes à educação superior, por meio do acesso a programas e políticas que dependem dos resultados das provas. Todas as informações sobre o exame serão publicadas nos editais, assim que houver as definições necessárias. Não há, ainda, confirmação sobre a data de realização das etapas, com exceção do período para solicitação de isenção e justificativa de ausência. Esta fase está prevista em edital publicado separadamente, para facilitar a compreensão das regras específicas de gratuidade e evitar que haja problemas na homologação da inscrição dos interessados em realizar as provas."

Ministro confirma Enem em 2021

Nesta sexta-feira (14), durante evento em Blumenau (SC), o ministro da Educação Milton Ribeiro comentou que o Enem vai ser aplicado em 2021, entre os meses de outubro e novembro.

De acordo com a reportagem do portal G1, o ministro comentou: "Vai [haver Enem em 2021], sim. Aquilo que eventualmente foi publicado faz parte naturalmente daquelas conversas de bastidores, foi um documento em que se discutia. Está tudo previsto. Tudo indica que lá para outubro, novembro [o exame vai ocorrer]. A data vai ser verificada de acordo com o andamento da pandemia".

MEC admite não ter dinheiro para aplicar Enem em 2021

Em ofício do Ministério da Educação (MEC) enviado ao ministro da Economia Paulo Guedes, o ministro Milton Ribeiro admite não ter orçamento suficiente para realizar o Enem em 2021, também falta verba para pagar bolsas de pesquisadores e de médicos residentes e para materiais didáticos.

No documento enviado na última quinta-feira (13) e divulgado na sexta-feira (14) pelo jornal Estadão, o ministro pede o desbloqueio de R$ 2,7 bilhões e a suplementação de R$ 2,6 bilhões.

Em relação ao Enem 2021, o ofício afirma que: “A insuficiência orçamentária resultaria na inexecução dos serviços, tendo em vista a quantidade de participantes prevista para 2021”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Plano de estudos Enem De Boa 2021

Ainda não começou a estudar para o Enem 2021? Para te dar uma força, o Quero Bolsa criou o Plano de Estudo Enem De Boa 2021, em parceria com o cursinho Se Liga! O Enem De Boa é um cronograma de estudos de maio até a data do Enem. E o melhor: totalmente gratuito. 

Baixar plano Enem De Boa

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
ALERTA DE VAGAS i-close
Descubra qual profissão mais se encaixa com você.

Não fique na dúvida sobre o seu futuro. Faça o Teste Vocacional do Quero Bolsa.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você compare vagas com bolsa em mais de 1.000 faculdades

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54