Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Vestibular e Enem

Enem 2019: como foi a experiência de voltar ao exame 5 anos depois

por Giovana Murça em 04/11/19 6,4 mil visualizações

Voltar ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) depois de 5 anos foi uma experiência e tanto. Na verdade, desde a primeira prova como treineiro lá no ensino médio, o Enem não saiu mais da minha vida. Isso porque depois que entrei na faculdade, comecei a trabalhar num cursinho pré-vestibular e sigo acompanhando essa loucura de prova até hoje.

enem 2019 experiencia de voltar ao exame
(Reprodução/Internet)

Nessa primeira tarde quente de domingo, confirmei uma certeza: o Enem é uma prova de resistência. E, dessa forma, não se sai melhor quem sabe mais o conteúdo, mas quem melhor sabe fazer prova.

Esquenta Enem: se inscreva gratuitamente 

Depois do fator resistência, o segundo desafio do primeiro dia de prova foi a interpretação de texto. A maior parte da prova exigia a habilidade interpretativa do candidato. E confesso que, mesmo trabalhando diariamente com as palavras, alguns enunciados me deixaram bem confusa.

Prova “mais técnica”

Desde 2014, última vez que fiz a prova, o Enem mudou. Se tornou uma prova mais conteudista e cada vez mais importante para quem deseja entrar numa faculdade. Mas, esse ano, pude sentir ainda mais mudanças com a proposta do Ministério da Educação (MEC) e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) de fazer uma prova “mais técnica”, sem temas polêmicos e ideologias.

Leia mais: Enem "mais técnico" em 2019; veja a opinião de especialistas
Como será o Enem "mais técnico" em cada disciplina?

Na opinião de vários professores que entrevistei nos últimos meses, o Enem nunca foi uma prova ideológica ou polêmica, mas trazia textos reflexivos que atendiam ao senso crítico citado na Matriz de Referência do exame.

Esse ano, pela primeira vez desde 2009, o Enem não abordou a Ditadura Militar. Outros temas comuns como Era Vargas, movimentos sociais, feminismo, movimento negro, diversidade de gênero e conflitos decorrentes dos tempos de Neocolonialismo na África e Ásia também não estiveram presentes.

É uma mudança significativa, pois o Enem sempre foi encarado como uma oportunidade de trazer discussões de diversas problemáticas relevantes à conversa cotidiana e reflexão de milhares de pessoas. 

Tema de redação

A ideia de um Enem “sem polêmicas” despertou ainda mais curiosidade sobre o tema de redação. Tradicionalmente, a proposta de redação apresenta um problema que afeta grande parte da população brasileira e, portanto, tende a ser um tema que gera discussão.

enem 2019 experiencia de voltar ao exame
(Reprodução/Inep)

Contrariando as expectativas de professores entrevistados e palpites da internet, o tema de 2019 pegou muita gente de surpresa. A proposta “Democratização do acesso ao cinema no Brasil” manteve o caráter de relevância do tema, em específico no ano em que o Ministério da Cultura foi extinto e a Agência Nacional do Cinema (Ancine) sofreu cortes de orçamento. 

O Enem não é tudo

Na capa da minha prova, de cor amarela, havia a frase: “Teremos coisas bonitas para contar”. A frase de uma música do Legião Urbana me fez voltar lá atrás em 2014, quando eu estava numa mesma sala repleta de pessoas com sonhos iguais aos meus.

Milhares de jovens - 3.920.638 para ser mais exata - mais ou menos nervosos, com sonhos e medos também. Onde há sonho, há medo. É natural. Depois desses cinco anos, conclui que sim, o Enem pode mudar tudo, mas ele também pode não definir nada. 

O Enem pode ser o primeiro passo para esses sonhos, mas não é o único. Como canta Renato Russo:

Nossa história não estará pelo avesso. Assim, sem final feliz. Teremos coisas bonitas pra contar. E até lá, vamos viver. Temos muito ainda por fazer. Não olhe pra trás. Apenas começamos. O mundo começa agora. Apenas começamos.

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
ALERTA DE VAGAS i-close
Descubra qual profissão mais se encaixa com você.

Não fique na dúvida sobre o seu futuro. Faça o Teste Vocacional do Quero Bolsa.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você compare vagas com bolsa em mais de 1.000 faculdades

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54