logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Vestibular e Enem

Saiba tudo sobre o Enem Digital

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é considerado o maior vestibular do Brasil e segundo maior do mundo, perdendo apenas para o Gaokao, da China. 

Até 2019, o prova tinha apenas uma versão, o Enem Impresso. Entretanto, desde 2020, os estudantes podem contar com o Enem Digital, uma versão totalmente online do exame. Pretende prestar o Enem Digital e não sabe nada sobre a prova? Nós vamos te ajudar!

Saiba mais: Novo Enem: tudo o que você precisa saber sobre a prova 

enem digital

O que é o Enem Digital?

Lançado por Abraham Weintraub, então ministro do Ministério da Educação (MEC), o Enem Digital é uma versão online da prova tradicional. “[O Enem Digital] é o futuro que se abre. Depois de 100 anos de provas sendo realizadas no papel, a educação brasileira aponta para o futuro e vai abrir processo para fazer o Enem em uma versão digital”, explicou o ministro no evento de lançamento do novo exame. 

De acordo com o MEC, é projetado que até 2026 o Enem Digital seja a única opção de prova, com a extinção do Enem Impresso. Veja como serão as aplicações do Enem Digital:

  • 2020: uma edição do Enem Digital e uma do Enem Impresso; 

  • 2021: duas edições do Enem Digital e uma do Enem Impresso; 

  • 2022 a 2025: aumento gradativo até alcançar quatro edições do Enem Digital, além de uma edição da prova impressa; 

  • 2026: extinção do Enem Impresso e Enem 100% digital.

Quem pode fazer o Enem Digital?

De acordo com o edital mais recente da prova, todos os candidatos interessados podem se candidatar ao Enem Digital, desde que ainda tenham vagas disponíveis na cidade onde o participante deseja realizar a prova. 

A única exceção foi em 2020, em que, por ser a versão piloto do exame, candidatos treineiros ou que necessitavam de Atendimento Específico ou Especializado não poderiam se inscrever, já que esses recursos estariam disponíveis apenas no Enem Impresso.

Qual é a diferença entre Enem Digital e Enem Impresso?


A maior diferença entre os modelos de prova é que o Enem Digital é realizado em uma plataforma online do MEC e o outro é realizado no formato impresso, utilizando papel e caneta preta. Veja outras diferenças entre os formatos de prova:

Enem Digital

  • A prova piloto será aplicada apenas uma vez ao ano. Porém, nas próximas edições o exame poderá ser aplicado diversas vezes em um mesmo ano.

  • A prova será totalmente digital, inclusive a redação. Entretanto, na edição de 2020 a redação será realizada no formato impresso, já que o MEC está em processo de desenvolvimento de uma plataforma segura para a produção de uma redação online.

  • A partir de 2026, o Enem Digital será a única versão do Enem disponível.

Enem Impresso

  • É realizado apenas uma vez por ano.

  • O exame é aplicado em todo o País.

  • Não há um número máximo de inscrições, todos os interessados podem participar.

  • A prova é realizada totalmente no formato impresso, com dois cadernos de questões (cada um com 90 questões cada) e uma redação dissertativa-argumentativa.

  • Segundo a previsão, será extinto em 2025.

O Enem Digital poderá ser feito de casa?


Não. Apesar da prova ser realizada online, o Enem Digital, assim como no exame impresso, é aplicado em escolas e instituições de ensino autorizadas pelo MEC. 

A redação do Enem Digital também será online?


Na edição de 2020, a redação do Enem será feita em formato impresso, devido às indicações técnicas da equipe responsável por realizar o exame. Entretanto, nos próximos anos é previsto que a redação também seja realizada no formato digital.

O que é cobrado no Enem Digital?


O Enem Digital segue o mesmo formato da prova impressa, com quatro “cadernos” de questões, cada um com 45 perguntas de múltipla-escolha, e uma redação dissertativa-argumentativa.

De acordo com o edital mais recente da prova, a matriz de referência, ou seja o que é avaliado no exame, é o mesmo para cada prova. Para te ajudar, veja qual é cada área de conhecimento e o que é cobrado:

Áreas de conhecimento

Componentes curriculares

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação

Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação

Ciências Humanas e suas Tecnologias

História, Geografia, Filosofia e Sociologia

Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Química, Física e Biologia

Matemática e suas Tecnologias

Matemática

Além disso, em ambas as provas será utilizada a Teoria de Resposta ao Item (TRI) como método de correção. 

Onde usar a nota do Enem Digital?


Assim como no Enem Impresso, a prova é realizada para facilitar o acesso de estudantes brasileiros ao Ensino Superior. Por isso, a nota da prova deve ser utilizada para ingresso em instituições de ensino públicas e privadas por meio dos programas do governo: 

  • Sistema de Seleção Única (Sisu): voltado para a seleção de estudantes para universidades e institutos federais e estaduais.

  • Programa Universidade Para Todos (Prouni): seleciona alunos para faculdades, centro universitários ou universidades privadas com bolsas de estudo de 50% e 100%.

  • Fundo de Financiamento Estudantil (Fies): seleciona alunos para faculdades, centro universitários ou universidades privadas por meio do financiamento parcial ou integral das mensalidades.

Além disso, diversas faculdades e universidades privadas aceitam a nota do Enem, seja ele impresso ou digital, como vestibular. Ou seja, você pode entrar na sua faculdades dos sonhos apenas com a nota da prova. 

Veja algumas das instituições de ensino que aceitam o Enem como forma de ingresso: 

E aí, qual é o seu formato predileto? Enem Digital ou a versão impressa? Conte nos comentários!

Saiba mais: 9 coisas que você precisa saber sobre o Enem Digital
banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54