logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Vestibular e Enem

Esquenta Enem: Como estudar redação a poucos dias da prova?

por Giovana Murça em 08/01/21

Atualizado em 16/11/2021

A poucos dias de mais uma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ainda dá tempo de aprimorar suas habilidades para um item que vale 20% da sua nota: a redação.

O Enem cobra um estilo de redação dissertativa-argumentativa, na qual o estudante deve apresentar sua opinião sobre o tema seguindo a estrutura de introdução, desenvolvimento e conclusão. Mas, diferentemente de outros vestibulares, a conclusão da redação do exame exige ainda uma proposta de intervenção.

esquenta enem redação

Encontre bolsas de estudo de até 80%

Com uma estrutura de redação tão específica, Felipe Leal, professor de redação do Anglo vestibulares, avisa: tentar adivinhar qual será o tema da redação deste ano não é uma boa estratégia de estudo.

“Eu não seguiria para o Enem a ideia de buscar aquelas matérias de professor que indicam temas para o Enem. Porque o aluno fica muito preocupado com o tema mas, talvez, não seja o que faça mais diferença para ele”, explica.

 

Entenda que tipo de redação o Enem espera

A poucos dias da prova, a primeira dica do professor Felipe é se familiarizar com a estrutura de redação do Enem e entender como seu texto será avaliado. Para isso, ele indica a leitura das redações nota mil de anos anteriores e da Cartilha de Redação do Enem 2020.

Na cartilha, além da explicação de cada competência avaliativa da redação, o estudante pode encontrar as redações nota mil do ano anterior corrigidas e comentadas. No último ano, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) também liberou, pela primeira vez, o manual de correção dos corretores, que vale a pena a leitura. 

Acesse:
Cartilha de Redação do Enem 2020
Manual de correção dos corretores
Veja 44 das 53 redações nota 1000 do último Enem 

 

Cuidado com modelos de redação pronta

A busca por “modelo de redação” no Google disparou na véspera do Enem do ano passado. Mas, será que vale a pena tentar decorar um modelo de redação nota mil que promete se encaixar em qualquer tema?

Para o professor Felipe, não. “Um modelo básico pode te ajudar a tirar uma nota média, mas eu acho difícil que um modelo único de estrutura e citações básicas resulte num texto com nota alta”, justifica. 

O professor avalia que os modelos de estrutura até podem ser usados, já que a redação do Enem exige uma estrutura específica, mas desde que o estudante se atente ao uso correto dos conectivos e com a contextualização das citações

Além disso, é preciso ter cuidado com a fonte. “Eu já vi conteúdos de modelo de redação bons e outros que são chutes”, alerta Felipe. Para entender melhor como usar os modelos de redação, confira um trecho da entrevista com o professor Felipe Leal em vídeo:

Se garanta no repertório

Trazer repertório externo é essencial para ganhar pontos na Competência 2 da redação do Enem, que avalia a habilidade do candidato de “compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema”.

O repertório sociocultural é todo conhecimento de mundo que o estudante reuniu ao longo de sua vida. Portanto, não é algo que será construído a dias da prova. Mas, a sugestão do professor Felipe é buscar aumentar o repertório durante a revisão de conteúdo de outras disciplinas

Ele também indica a leitura do artigo 5º da Constituição Brasileira, que lista os direitos fundamentais. “Todos os temas de redação que caem no Enem estão previstos ali. A proposta de redação, no fundo, vai ser o que a gente tem como projeto de país e o que a gente não realiza, a expectativa e a realidade”, explica.

“Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade…” (Leia na íntegra aqui).

 

Valorize o que você sabe

Para o professor, agora é hora de valorizar o que já foi estudado até aqui e se concentrar nas dúvidas pontuais. “Não é a época de achar que você não tem nada e precisa fazer tudo, mas de valorizar o que você tem e tentar otimizar para a prova, respeitando seu cansaço e as tensões que tivemos esse ano, para chegar em boas condições na prova”, finaliza.

Guia completo: Redação do Enem

Quer garantir sua nota mil na redação do Enem? Neste guia, você aprende como deve ser o formato da redação, quais são os critérios de avaliação e vê exemplos de redações de sucesso e dicas de quem tirou nota 1.000 e é especialista no assunto.

Baixar Guia de Redação do Enem


Esquenta Enem 2021

Para te ajudar na reta final do Enem, a Revista Quero, em parceria com o Anglo Vestibulares, preparou o Esquenta Enem 2021, uma série de lives com dicas dos melhores professores.

Além das lives preparatórias, nossa equipe estará ao vivo nos dias de prova trazendo o gabarito extraoficial e os comentários dos professores em tempo real! Para não perder nada, é só se inscrever na página do Esquenta Enem 2021!

Participar do Esquenta Enem 2021



banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54