Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Universidades

Estudante de Pedagogia da Anhanguera de Jacareí fala sobre Educação Para Surdos

por Palloma Gabriela em 10/11/17 260 visualizações

Olá galera! Apresento a vocês uma entrevista com o Ramuel Cardoso, estudante do 5º período de Pedagogia da Anhanguera de Jacareí.

Falamos muito sobre o tema da redação do Enem 2017, já que ele pretende se especializar em educação na Língua Brasileira de Sinais (Libras). Tenho certeza de que esta matéria vai fazer você refletir muito e admirar os professores. Admito que fiquei muito emocionada com esta entrevista, foi uma experiência rica e me fez abrir a mente para diversas questões. 


Revista Quero: Você pensa em se especializar em Libras, fala pra gente, qual sua opinião com relação ao tema da Redação do Enem 2017?

Ramuel Cardoso: Eu fiquei muito surpreso com o tema e achei de muita importância para visibilidade aos surdos, que muitas vezes são esquecidos dentro de uma sala de aula. Acho que despertar o interesse em nossos jovens pode trazer muito mais profissionais especializados para a área, assim a defasagem de intérpretes para esses alunos pode diminuir muito. Espero que muitas pessoas sejam conscientizadas da importância de Libras para todos, assim podemos ter uma inclusão de fato em nosso País, seria muito importante também que o Brasil pudesse incluir na grade curricular do Ensino Básico a disciplina de Libras, isso facilitaria a comunicação com o público surdo e também a sua socialização.

RQB: O tema da redação pegou muita gente de surpresa. Na sua opinião, este assunto ainda é tabu?

RC: Esse assunto só é tabu por falta de conhecimento, muitas pessoas realmente não têm a mínima noção de que é possível incluir um surdo e não segregar. Acredito que muitos não tinham nem noção do que escrever nessa redação, porém isso é muito importante para o Brasil, ter essa consciência, de que esse público precisa ser visto, cuidado, socializado e acima de tudo respeitado.

RQB: Qual influência a Anhanguera teve na sua decisão em se especializar em Libras?

RC: Esse é meu grande sonho, e sim a Anhanguera me despertou esse grande interesse. Tive essa disciplina no meu primeiro semestre, e com uma professora que convive com muitos surdos na cidade de Jacareí, e como ela mesmo disse, nada melhor que aprender com quem realmente convive, essa professora levou alguns alunos surdos para que pudéssemos ter o contato e saber como é na prática ter um aluno com essa limitação. Quando eu vi o respeito que ela tem e, acima de tudo, o amor em ajudar alguém que precisa, isso foi uma das coisas que me encantou de cara, e desde então quero muito fazer um papel diferente na sociedade, auxiliando e ensinando quem muitas vezes é esquecido.

RQB: Qual o motivo de escolher esta área da educação?

RC: Eu sou uma pessoa que adora desafios, e sabemos que a situação educacional do nosso país é bem delicada, esse foi um dos motivos que me fizeram escolher ser professor. Saber que eu posso fazer a diferença na vida de uma pessoa, plantar valores, ideias e conhecimento, e saber que um pessoa que pode replicar isso já é minha recompensa.

RQB: Como está o mercado de trabalho na área de educação para surdos?

RC: Hoje temos a lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002, que assegura aos alunos surdos entrarem na escolas com crianças da sua idade, além de assegurar que a instituição garanta a comunicação por meio de Libras para eles (intérprete). Hoje, no cenário brasileiro, esses profissionais são escassos, até mesmo porque essa especialização é pouco conhecida, pelo menos era, até o “boom” na mídia com o tema da redação. Todos os professores precisam ser especializados para auxiliar esses alunos, porém nem todos buscam esse conhecimento. Hoje as prefeituras, estados e rede privada, devem fornecer um intérprete para o aluno, mas isso não é uma tarefa fácil, pois para localizar esse profissional ainda é muito difícil. Ou seja, existe muita demanda no mercado, mas poucos profissionais especializados.

RQB: Como a faculdade contribui para inserção dos alunos no mercado de trabalho?

RC: Isso é uma das vantagens da Anhanguera. A faculdade disponibiliza para seus alunos uma plataforma chamada Conecta, na qual todos os alunos conseguem fazer uma busca de vagas para estágios nas empresas conveniadas. Isso é excelente para que possamos entrar de fato no mercado, e ainda por cima com uma indicação da Anhanguera.

RQB: Você acredita que a educação pode transformar as pessoas e o nosso país?

RC: Acreditar nisso é o que me move, acreditar no saber. Diversos países já provaram isso, um exemplo é a Coreia do Sul, que foi devastada por uma guerra, investiu fortemente na educação e, em menos de dez anos, tornou-se uma potência tecnológica do mundo. É isso que o nosso país tem que usar como exemplo, é nisso que nossos governantes têm que focar. É vergonhoso ficarmos em 35º lugar em educação (ranking de 36 países - Revista Veja), e é certeza que se o dinheiro destinado à educação não fosse desviado, teríamos outro cenário.

Agradeço muito o Ramuel Cardoso pela entrevista. A educação para surdos é realmente um tema pouquíssimo abordado.

Conta pra mim nos comentários o que você achou da entrevista, ficarei muito feliz em saber se gostou!

Tags relacionadas:

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Sabia que dependendo do seu período é melhor começar de novo?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

Caso você ainda esteja no primeiro ou segundo período da faculdade, você pode economizar começando o curso novamente com bolsa de estudo.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54