Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
F6acb97c7b5c918e114673c9c4d67833e4e1f5dc 1f79abd4bda805d9ac549370eb89e1f6f159cca2
Profissões

Fisioterapia e Terapia Ocupacional: entenda a diferença

por Mathias Sallit em 02/04/19 1,3 mil visualizações

Mesmo quem nunca precisou fazer um tratamento com um fisioterapeuta, já ouviu falar sobre a Fisioterapia. A Terapia Ocupacional (TO) também é bastante conhecida, apesar de não haver tantos profissionais formados como na primeira.

Mas não é todo mundo que entende a diferença entre a atuação de cada um dos profissionais. Existe quem acha que se trate da mesma carreira. Mas, apesar de estarem na área da Saúde, Fisioterapia e Terapia Ocupacional são duas formações distintas.


Ambas são graduações de bacharelado, que habilitam o graduado a exercer as funções da profissão. Mas cada uma possui a formação diferente. Mesmo com as diferenças, o fisioterapeuta e o terapeuta ocupacional podem trabalhar de maneira complementar para cuidar da saúde dos pacientes.

"A Fisioterapia se utiliza do movimento para recuperação, e a terapia ocupacional se utiliza da atividade da vida diária e prática como forma de reabilitação, por isso movimento e função se complementam", explica Denise Flávio, presidente da Associação de Fisioterapeutas do Brasil (AFB).

Ela descreve o fisioterapeuta como "um profissional de primeiro contato que atua em todas as especialidades com o olhar voltado para a promoção e prevenção de saúde e recuperação funcional".

"Prevenir os agravos e recuperar, na sua totalidade ou em parte, a funcionalidade" são os objetivos principais do cuidado com o paciente que busca a Fisioterapia, de acordo com Denise.

No outro lado, o profissional de TO tem a atuação voltada aos exercícios do cotidiano. "Nós, terapeutas ocupacionais, temos um olhar diferenciado para as dificuldades e demanda de cada paciente", explica Francine Reis, formada em Terapia Ocupacional no Centro Universitário São Camilo e atuante há mais de dez anos com reabilitação ortopédica.

Segundo ela, os profissionais trabalham "tratando, reabilitando e recuperando pessoas que apresentem alterações na realização de atividades, desde as mais simples até as mais complexas, melhorando o desempenho funcional e alcançando o maior grau de independência e de autonomia possível".

Por estarem na área da saúde que trabalha com reabilitação, elas possuem o mesmo conselho, que é o Conselho Federal de Fisioterapia Ocupacional (Coffito). Confira os detalhes de cada curso:

Fisioterapia

O Coffito classifica a Fisioterapia como:

"Ciência da Saúde que estuda, previne e trata os distúrbios cinéticos funcionais intercorrentes em órgãos e sistemas do corpo humano, gerados por alterações genéticas, por traumas e por doenças adquiridas."

O fisioterapeuta é capacitado para prevenir e reabilitar física e funcionalmente as pessoas. Com técnicas como ginástica, exercícios e massagens, o profissional faz terapias para tratar doenças e lesões e restaurar, desenvolver e manter a capacidade física do paciente.

Pode trabalhar na recuperação de pessoas que tenham sofrido acidentes, tenham problemas cardíacos, respiratórios ou neurológicos, gestantes, idosos, crianças e pessoas com algum tipo de deficiência.

O mercado de trabalho é amplo para o fisioterapeuta. Ele pode atuar em hospitais, consultórios e clínicas particulares, atendimentos domiciliares, asilos, clubes esportivos, empresas e instituições de ensino e pesquisa, além de poder prestar consultoria na área.

O curso de Fisioterapia tem disciplinas da área da Saúde e das Ciências Biológicas e tem duração média de quatro anos. No segundo ano, o aluno começa a ter mais contato com as técnicas da profissão que são trabalhadas nas aulas práticas. No último ano, o estágio é obrigatório. Os estudos costumam realizar as horas nas clínicas das próprias universidades. 

Bolsas de estudo para Fisioterapia

Terapia Ocupacional

Já a Terapia Ocupacional é classificada pelo Coffito da seguinte forma:

 "Profissão de nível superior voltada aos estudos, à prevenção e ao tratamento de indivíduos portadores de alterações cognitivas, afetivas, perceptivas e psico-motoras, decorrentes ou não de distúrbios genéticos, traumáticos e/ou de doenças adquiridas."

O terapeuta ocupacional é formado para lidar com a recuperação física ou psicológica do paciente, buscando realizar tratamentos por meio de atividades humanas de lazer e trabalho. O profissional tem papel fundamental na reabilitação de pessoas com dificuldade de inserção ao convívio social, seja por problemas físicos, mentais ou emocionais.

Leia também: 9 cursos para quem gosta de ajudar o próximo

Ele acompanha o desenvolvimento do paciente e sua adaptação ao tratamento. Busca trabalhar na recuperação ao longo do cotidiano com atividades do dia a dia ou exercícios físicos.

Ao ingressar no mercado de trabalho, o profissional pode atuar com atendimentos clínicos individuais ou em grupos, trabalhar em hospitais, casas de repouso, creches e escolas, centros de reabilitação ou empresas. 

O curso de Terapia Ocupacional possui duração média de quatro anos. O estudante terá disciplinas nas áreas da Saúde e das Ciências Humanas. Aulas práticas começarão a fazer parte do cotidiano do aluno a partir do segundo ano. No último ano, o estágio é obrigatório em algum dos campos de atuação profissional.

Bolsas para Terapia Ocupacional

Quero começar uma faculdade. E agora?

Depois de conhecer as duas profissões, é mais fácil decidir qual bate mais com cada perfil de estudante que busca uma graduação. No Quero Bolsa, estão disponíveis bolsas de estudo com descontos de até 75% nas mensalidades. Para encontrar a bolsa ideal, basta clicar no botão abaixo!

Bolsas por WhatsApp

É só clicar no botão acima e enviar a mensagem!

Tags relacionadas:

F6acb97c7b5c918e114673c9c4d67833e4e1f5dc 1f79abd4bda805d9ac549370eb89e1f6f159cca2

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Para se dedicar integralmente aos estudos é sempre bom economizar.Money c94fde8014ac9b0d5ad05d244e1821fb246018cdc3570b09f72c25fde99f7b1a

Gostaria de ser avisado sempre que uma vaga estiver disponível aqui no site Quero Bolsa?

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Basta entrar em contato conosco em até 6 meses após o pagamento, informando seus dados e o motivo da devolução.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2019 CNPJ: 10.542.212/0001-54