Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Universidades

Fórum Internacional sobre a Amazônia levanta discussões na UnB

por Hans Moura em 01/08/17 200 visualizações

Dos dias 6 a 9 de junho deste ano, o Núcleo de Estudos Amazônicos, vinculado ao Centro de Estudos Multidisciplinares da Universidade de Brasília (NEAz/Ceam/UnB), promoveu o Fórum Internacional sobre a Amazônia em comemoração à Semana Nacional do Meio Ambiente.

O principal objetivo do evento foi debater sobre a Amazônia brasileira e continental, tendo como participantes pesquisadores de vários estados brasileiros e de outros países, além de acadêmicos, professores, povos indígenas e público externo.

Em defesa da Amazônia continental

A maior floresta tropical do mundo é da Amazônia continental. Ela é composta por nove países: Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Guiana Francesa, Peru, Suriname e Venezuela. Como consequência do uso inadequado dos recursos hídricos e do solo, essa floresta vem sofrendo constante desmatamento e destruição do meio natural, afetando fortemente o meio físico e a diversidade biológica.

Hans Moura, Guia da Faculdade, foi um dos participantes do evento

Nesse contexto, a finalidade do evento foi construir debates interdisciplinares entre a comunidade acadêmica, órgãos públicos, comunidade externa e povos indígenas para a sensibilização, divulgação e exposição de estudos elaborados e em andamento sobre a Amazônia continental.

Como a iniciativa foi tratada

O auditório 3 da Faculdade de Saúde (FS), da Universidade de Brasília (UnB), ficou lotado. Profissionais de todas as áreas estavam presentes para conferir o que havia de mais interessante sobre a Amazônia, observando apresentações de painéis que abordaram o contexto da “Amazônia Continental e o Debate Atual”, tema discutido na ocasião.

A abertura da palestra ficou por conta da venezuelana e secretária geral da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), María Jacqueline Mendonza Ortega. Ela citou algumas estratégias potenciais para a sustentabilidade na Amazônia.

Em seguida, foi a vez da boliviana Rebeca Rivero Guzmán, do Centro de Biodiversidad y Medio Ambiente (Cibioma), da Universidad Autónoma de BENI (UAB), na Bolívia. A pesquisadora apontou a causa do desmatamento que constitui boa parte do território boliviano e os efeitos que isso representa na Amazônia continental. De acordo com Rebeca, para um cenário futuro, seria viável uma harmonização das agendas agraristas e ambientalistas como forma de contribuir para a minimização dos efeitos causados pelo desmatamento.

Os palestrantes do fórum nas discussões sobre a Amazônia

A reitora da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), Raimunda Nonata Monteiro, também contribuiu para as discussões e apontou o corte de verbas públicas nas Instituições de Ensino Federal, fato que prejudicou as pesquisas e as políticas públicas para os centros de ensino. Segundo ela, a solução para o problema seria um novo olhar no papel das universidades para fortalecer a cooperação amazônica e o movimento contra o retrocesso.

Dom Enemésio Angelo Lazzaris (bispo de Balsas-MA), presidente da Comissão Pastoral da Terra (CPT), citou o caminho da ética para o Brasil voltar aos preceitos da moralidade e da importância do desmatamento zero na Amazônia.

Para encerrar, Carlos Nery, da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab), ressaltou a importância do respeito aos direitos indígenas para a progressão do desenvolvimento sustentável na Amazônia, citando a Constituição Federal de 1988.


Gdf300 x200@2x 98267e60773517d561a00efad081d78b60a3e6b6b16d7cff47eca6e2c74cdab4

 


banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Sabia que dependendo do seu período é melhor começar de novo?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

Caso você ainda esteja no primeiro ou segundo período da faculdade, você pode economizar começando o curso novamente com bolsa de estudo.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54