Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Vestibular e Enem

Fuvest 2021: 11 possíveis temas de redação

por Giovana Murça em 05/02/21

A redação da Fuvest é um dos maiores desafios para quem pretende concorrer a uma vaga na Universidade de São Paulo (USP). Apesar de cobrar um estilo de texto dissertativo comum a outros vestibulares, a redação da Fuvest tem a característica de abordar temas mais abstratos.

temas redação fuvest 2021


De acordo com a coordenadora de redação do Curso Poliedro de São José dos Campos, Fabiula Neubern, essa abstração significa que a análise do tema vai ser feita a partir de um objeto de reflexão que está isolado - e que por isso também se torna atemporal. 

Para explicar como o estudante pode trabalhar com um tema mais abstrato, a professora compara o tema a um guarda-chuva que abarca as várias facetas daquele objeto:

“Na ponta do cabo desse guarda chuva, estão os fatos e as atualidades que podem ser relacionados ao tema e o cabo do guarda chuva em si seria essa análise, que pode ser feita de muitas maneiras, incluindo repertório da sociologia, filosofia, fatos históricos, arte ou música”.

Em relação à estrutura da redação, a Fuvest exige um texto muito parecido com o vestibular da Unesp - com introdução, desenvolvimento e conclusão -, mas tem a particularidade de cobrar um título para a redação.

Nos últimos anos, a Fuvest tem cobrados temas bastante ligados à atualidade e em formato de afirmação. A dica da professora Fabiula para mandar bem na prova é pesquisar e se aprofundar nos temas da atualidade.

 Veja também: 10 últimos temas de redação da Fuvest

Para ajudar os vestibulandos deste ano, a professora Fabiula do Poliedro listou 11 possíveis temas que podem cair na redação da Fuvest 2021. Confira!

11 possíveis temas de redação para a Fuvest 2021

1) Crise democrática

A principal aposta da professora Fabiula para o tema de 2021 é a crise das democracias. “Ela está sendo vivida globalmente e é materializada no descrédito de grande parte da população nas instituições que compõem a democracia”, explica.

A professora acredita que possa ser abordado especificamente a questão da crise da democracia, ou a relação entre as instituições democráticas e, no caso brasileiro, a desigualdade, ou o quanto a desinformação pode interferir nos processos democráticos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

2) Novas plataformas de comunicação

Outra sugestão de tema da professora é a relação que as novas plataformas de comunicação trouxeram para a vida cotidiana e como elas complexificam as relações sociais, com destaque para a área da educação.

“Nesse momento de isolamento, muitas pessoas se voltaram para essas plataformas como uma maneira de ter alguma relação social. Quanto ao sistema educacional, a transformação relacionada a tecnologia já estava em curso mas foi apressada e mostrou o quão complexo é o uso dessas plataformas de comunicação e ao mesmo tempo o quanto elas foram importantes para que mantivesse um mínimo de acesso à educação”, pontua Fabiula.

Dentro dessa temática de novas plataformas de comunicação, a professora também sugere os temas virtualidade e cultura do cancelamento ou linchamentos virtuais.

Leia: Atualidades Enem: Cultura do cancelamento

3) Liberdade de expressão

Para a coordenadora Fabiula, o tema liberdade de expressão pode aparecer ligado à virtualidade e à desinformação: “Algumas pessoas que produzem desinformação alegam que isso é liberdade de expressão, ou seja, é uma deturpação do conceito de liberdade de expressão.

Fabiula relaciona ainda o tema aos ataques ao jornalismo: “Acabam atacando o jornalismo como se ele fosse um inimigo da democracia e não uma parte importante dela - uma vez que ele está vinculado à liberdade de expressão via liberdade de imprensa”.

Veja: Atualidades Enem: Liberdade de expressão

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Pensando em temas mais psicanalíticos, filosóficos e que foram potencializados com a pandemia, a professora Fabiula indica também os temas medo, solidariedade e ressentimento.

4) Medo

Fabiula destaca o medo como um sentimento muito presente no último ano: “Durante a pandemia, fomos confrontados pelo medo da morte, de perder pessoas queridas, do abandono, de não ter vacina, entre outros”.

5) Solidariedade

Nessa temática, a professora acredita que possa ser abordada a “noção de comunidade, o quanto que nos percebemos como indivíduos que têm sim liberdades respeitadas mas ao mesmo tempo precisam estar atentos a liberdade dos demais”.

6) Ressentimento

Sobre essa possibilidade de tema, a professora esclarece: “Há muitas pessoas ressentidas com o status quo e que, ao invés de repensar e tomar atitudes que sejam solidárias para a modificação dele e que garantam igualdade e representatividade, têm um comportamento um pouco revoltado. O que explicaria um pouco desse ambiente polarizado, principalmente nas redes sociais”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

7) Meio ambiente

Dentro da temática ambiental, a professora Fabiula pensa em várias perspectivas, não só a questão das queimadas tão discutidas no último ano, mas também sobre a perspectiva de repensar o modelo ocidental de existência, de relação com a natureza e de perceber que as atitudes e escolhas da humanidade são o legado que será deixado para as gerações posteriores.

Veja: Atualidades Enem: Queimadas no Brasil

8) Autoritarismo

Outro tema que a professora indica que possa aparecer na redação da Fuvest é o autoritarismo, como um aspecto cultural presente nas relações sociais do Brasil. “Não é um autoritarismo de um governo em especificamente, mas como uma marca da cultura brasileira que aparece, por exemplo, na chamada carteirada - 'você sabe com quem você está falando?’”, explica.

9) Utilitarismo

Nessa temática, Fabiula propõe alguns possíveis aspectos a serem abordados: “Como a cultura da competitividade e da produtividade tem tensionado o utilitarismo. Tudo é para já, tudo só faz sentido se fizer um efeito concreto na vida agora. Ai a contemplação, a arte, a importância da cultura ficam num segundo plano. E, nesse isolamento, percebemos o quanto essa cultura é importante para manutenção da saúde mental”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

10) Descolonização

“É uma proposta que tem aparecido bastante no ambiente acadêmico mas que se populariza nas redes sociais. [A descolonização] é uma tentativa de ler nossa realidade a partir de teóricos da América do Sul, do Brasil e não única e exclusivamente a partir de teóricos europeus ou estadunidenses, como tem aparecido na história do pensamento brasileiro”, esclarece a professora do Poliedro.

11) Reinvenção da vida

A última proposta de tema da professora se conecta com todas as mudanças trazidas pela pandemia e o isolamento social: a reinvenção da vida. “Estamos de frente para um momento em que podemos reinventar e repensar nossa vida individual e coletivamente”, pontua.

Leia também:
Fuvest: Veja os temas mais cobrados na segunda fase do vestibular
Fuvest 2021: 4 dicas para controlar a ansiedade e o nervosismo na hora da prova

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
ALERTA DE VAGAS i-close
Descubra qual profissão mais se encaixa com você.

Não fique na dúvida sobre o seu futuro. Faça o Teste Vocacional do Quero Bolsa.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você compare vagas com bolsa em mais de 1.000 faculdades

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54