Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Be6331f9fe3809ddab32282c46324ed9c0dc8d88 F935221b436a1a1ecb260eb986d67b3d28eb894f
Especiais

Guia da Faculdade resgata primeira bolsa de 100% em menos de um mês

por Natália Plascak Jorge em 03/04/17 840 visualizações

Sabe aquela pessoa que te chama atenção pela dedicação e pelo esforço que tem com as atividades em que está envolvida? Sempre busca se aprimorar, aprender com as oportunidades que aparecem e, mesmo sem saber ao certo o que fazer, tenta melhorar de vida por meio do estudo?

Então, esse é um dos filhos da dona Elenita e do sr. José João, Hans Moura. Ele é o mais novo Guia da Faculdade do Quero Bolsa. Em pouco menos de um mês de projeto, foi o primeiro a resgatar os pontos do programa que tem como objetivo compartilhar informações das faculdades e mostrar o que acontece nas universidades dos quatro cantos do Brasil.

A trajetória desse estudante realmente impressiona. Aquela preguiça de fazer um curso ou de adiar os projetos pessoais não ganham espaço com ele, porque a crença de que a educação pode sim mudar tudo na vida de uma pessoa é muito forte.

“Acho que desde criança tenho essa vontade de estudar. Via meus pais trabalhando duro para sustentar a casa e sabia que isso era por conta da falta de estudo. Gosto de pensar grande, porque sempre quis ser independente e um dia ajudar minha família. Tenho muito orgulho dos meus pais e de onde vim. A garra que eles têm para trabalhar é surreal”, revela Hans.

Hans (à direita) e seus amigos, na segunda saída de campo de Geologia Geral

Os motivos para participar do projeto

O jovem estudante considerou dois pontos quando viu a possibilidade de participar do projeto. “Não posso deixar de mencionar que os descontos nas mensalidades oferecidos para os participantes me ajudam demais financeiramente. Mas, o que me motivou a participar do projeto foi saber que eu poderia contribuir contando histórias de superação e da rotina universitária.”

Segundo ele, muita coisa mudou depois que passou a viver essa experiência. “Quando vi a publicação dos meus textos, fiquei muito feliz. Tenho certeza de que nesse espaço temos a construção de algo positivo para a sociedade e de que muita gente vai se identificar. Estou amando essa rotina de escrever matérias, conhecer pessoas e aprender coisas novas.”

Os planos para o futuro

A definição de seus objetivos é bastante clara. “Ainda busco realização pessoal e profissional. Penso em fazer uma pós-graduação em Gestão de Projetos. Quero ser feliz naquilo que faço. É daí que vem a saúde, o dinheiro e outras coisas quando você se sente realizado. Quero trabalhar em um lugar que me faça feliz. Quero ter minha casa, meu carro; quero ver minha família bem. A vida precisa ter sentido.”

Os desafios que enfrenta

Assim como muitos estudantes, Hans supera algumas dificuldades diariamente: estar longe de casa e lidar com a saudade; viver em uma cidade grande, em que é preciso aprender a se virar sozinho; escolher os cursos que gostaria de fazer e ter uma vida em que a falta de dinheiro é uma realidade.

Ele deixou a casa dos pais em Alto Parnaíba, no Maranhão, para morar em Varjão, uma região administrativa do Distrito Federal. O trabalho fica em Brasília, por isso sua rotina é cheia de desafios.

Apesar de tudo isso, as lições que ficam são valiosas. “Acredito que aprendi a ser uma pessoa mais forte.”

Um breve histórico

Hans sempre estudou em escola pública. A última delas foi o Centro Educacional 01 do Cruzeiro, no centro de Brasília (DF). Ela ficava perto da empresa em que trabalhava como menor aprendiz. “Minha trajetória acadêmica não foi tão legal quanto eu queria. Na verdade, sempre fui sonhador e tive força de vontade, mas gostava de tanta coisa que não conseguia decidir o que queria prestar no vestibular”, afirma.

Com apenas 24 anos, Hans está concluindo o curso técnico em Meio Ambiente no Instituto Federal de Brasília (IFB). Até o final de 2019, pretende finalizar o curso de Administração, na Universidade de Brasília (UnB). Em janeiro deste ano, ele trancou o curso de Engenharia Florestal na Universidade de Brasília (UnB). “Foi uma decisão muito difícil, mas não me arrependo porque eu não me identificava com essa área.”

Saiba mais sobre o projeto

A produção de conteúdo colaborativo com os Guias da Faculdade começou em março de 2017. Inicialmente, foram selecionados 12 estudantes que, ao acumularem pontos, podem trocá-los por bolsas de estudo de até 100% por seis meses.

Se você se interessou pelo projeto, não perca tempo e faça já a sua inscrição

Be6331f9fe3809ddab32282c46324ed9c0dc8d88 F935221b436a1a1ecb260eb986d67b3d28eb894f

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Basta entrar em contato conosco em até 6 meses após o pagamento, informando seus dados e o motivo da devolução.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2019 CNPJ: 10.542.212/0001-54