Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Ensino Básico

Material escolar: confira dicas para economizar na compra

por Thales Valeriani em 09/01/20

O começo do ano chegou e com ele vem o período de compra dos itens da lista de material escolar. Pode ser também uma oportunidade para economizar. Quer saber como? Veja as dicas que listamos:

Unsplash/Markus Spiske

material escolar comprar economizar

Encontre boas escolas perto da sua casa

1. Faça duas listas

Monte uma lista apenas com os materiais essenciais, que são os mais usados, e outra com os secundários, menos utilizados no dia a dia. Por exemplo, lápis e cartolina. Supõe-se que o lápis será mais usado pelo aluno do que a cartolina, então é melhor dar prioridade a ele na hora da compra.

+ Matrícula escolar: veja o que a escola pode ou não exigir
+ Como escolher uma boa escola para estudar? 

2. Compre em grupos

Os diferentes aplicativos de mensagem já popularizaram grupos de pais de alunos de uma mesma escola. Por que não aproveitar a oportunidade para economizarem juntos? 

Isso porque, em geral, quanto mais material é comprado, menor é o custo unitário dos itens. 

3. Pesquise os preços

Essa dica é antiga, mas continua valendo. Antes de comprar, pesquise os preços em pelo menos três ou quatro estabelecimentos diferentes. Nos centros urbanos, é comum ter mais de uma papelaria ou algum outro estabelecimento que também vende materiais escolares, por isso, nem sempre é preciso percorrer grandes distâncias para pesquisar.

4. Reutilize alguns materiais

Se o estojo atual continua novo, por que comprar outro? E os lápis de cor, se eles ainda estão em bom estado, por que não usá-los neste ano? Reutilizar os materiais que estão em bom estado é uma das principais maneiras de economizar sem deixar de ter qualquer item da lista.

5. Envolva a criança na escolha

É comum as crianças escolherem os materiais por causa de personagens, da cor, ou por algum outro motivo, mas sem considerar o preço. Então, converse com a criança antes, explique o valor que pode ser investido no momento e quantos itens devem ser comprados. 

Confira escolas com bolsas de estudo

Afinal, se a criança é quem vai usar o material, é importante ela ficar feliz com a compra. Deixá-la de fora desse momento pode gerar desapontamento com os itens comprados e, posteriormente, uma outra compra, resultando em mais gasto.

Saiba mais
+ Descubra se a escola em que você quer estudar oferece bolsa
+ Avalie a escola que você estuda ou estudou
+ FAQ Melhor Escola


O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54