logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Profissões

Música: fique por dentro dos detalhes do curso e do mercado diversificado para quem é formado na área

por Patrícia Carvalho em 26/11/20

Dentre os mais variados gêneros, ritmos e formatos, a música é uma manifestação cultural que há séculos faz parte da vida das pessoas em diferentes lugares do mundo, seja como um entretenimento, hobbie ou profissão.

Aqueles que optarem por esse último, encontrarão um mercado de trabalho muito diversificado após a formação em um curso superior de Música, no qual a variedade da área já pode ser percebida.

"Tem desde cursos de licenciatura, que são voltados mais para a formação de professores e aí pode ser professor para atuar mais na educação básica, ou professor de escola especializada, de projetos sociais, de ONGs, enfim, que tenha esse lado mais da música junto com a educação. E tem os cursos de bacharelado que têm uma diversidade imensa, porque tem desde cursos mais voltados para música erudita, para a formação do instrumentista, e esse instrumentista vai poder atuar tanto em pequenas formações, quanto em orquestras. E tem também a área de música popular, que também vão poder atuar como instrumentistas em grupos, grupos maiores como big bands e dentro da área de música popular, que eu acho que talvez seja uma área que tenha um campo maior de trabalho", conta Thais Nunes, coordenadora do curso de Música da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

                Foto: Freepik
partitura musical

Como escolher um curso de Música?

Em meio a tantas opções de formação, escolher uma área pode parecer desafiador.

Nesse caso, a coordenadora dá destaque para a importância de se questionar sobre os próprios interesses profissionais. Quem deseja ser professor e levar a música como formação de indivíduos, por exemplo, pode optar pela licenciatura. 

Já para aqueles que desejam atuar como cantor ou instrumentista, seria mais interessante cursar o bacharelado com ênfase nos instrumentos. A preferência por música erudita ou popular também deve ser levada em consideração para definir, segundo Thais, a estética da formação.

Veja também: Teste vocacional gratuito: descubra sua profissão ideal

O que é preciso saber antes de cursar Música?

Antes de ingressar em um curso de Música é preciso ter em mente que, por trás de produções musicais existe um esforço contínuo e, para alcançar o êxito, separar um tempo diário para os estudos é essencial. 

"Durante muitos anos a gente precisa estudar com muita frequência e aí depois isso vai ficando um pouco mais estabelecido, mais avançado na carreira. Tem que ter uma disponibilidade para estudar, entender que você tem que criar condições de um local para estudo, porque não dá para ficar sem estudar. O instrumento e a voz são muito ingratos quando a gente interrompe ou faz um estudo sem uma rotina", ressalta Thais.

É preciso saber Música para ingressar na formação?

Em algumas instituições de ensino, o vestibular para o curso de Música inclui provas de habilidades específicas. Nesses casos, o conhecimento prévio sobre o tema é exigido e pode ser bem dificultoso, de acordo com a coordenadora.

Como não se trata de uma regra universal, Thais aconselha a "entrar nos sites da universidade, chegar até o curso e tentar olhar as provas que foram realizadas nos anos anteriores ou, então, entrar em contato com as coordenações de curso para ver se não tiver disponível nos próprios sites, se elas têm como ajudar nesse processo de verificar os provas antigas".

Como identificar um bom curso?

A coordenadora do curso de Música da UFSCar, que recebeu cinco estrelas na avaliação do Guia da Faculdade 2020, realizado pela Quero Educação em parceria com o jornal O Estado de S. Paulo, compartilhou com a Revista Quero o que um boa formação de Música deve oferecer aos alunos.

 Para Thais, "um bom curso tem que ter professores muito comprometidos com aquilo que eles estão ensinando, ter uma infraestrutura física, porque a gente trabalha muito com o som e aí uma infraestrutura precária acaba prejudicando o processo formativo. Se ele tiver um estúdio de gravação isso também é importante porque o aluno pode exercitar isso dentro da sua formação. E o desenvolvimento de projetos de pesquisa e extensão, que faz com que amplie a formação do aluno, não fique só naquilo que está dentro da grade curricular dele", destaca.

O que é preciso fazer para se destacar na área?

O mercado de trabalho diversificado para Música faz com que a resposta para essa pergunta varie em diferentes contextos. No entanto, algumas habilidades específicas são esperadas do músico.

"Hoje em dia cada vez mais é requisitado do artista aquele que quer trabalhar com música, produzindo música, que ele tenha várias habilidades. Então ele tem que saber fazer bem a música, saber ter uma autogestão de carreira, se em algum momento ele vai ter alguém para fazer isso tudo para ele, ele precisa saber como isso funciona. Ele precisa ter muito compromisso com as equipes que está trabalhando, isso é um fator importantíssimo, de saber dialogar com os diferentes personagens, que fazem com que ele construa um trabalho artístico e que esse trabalho artístico passe a funcionar como trabalho dele principal", observa a coordenadora.

Veja também: 
+5 cursos para quem gosta de música
+Músicas para estudar: saiba quais são os estilos mais indicados
Gostou do conteúdo? Deixe sua opinião nos comentários!

Tags relacionadas:

banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54