logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Profissões

O que faz um arquiteto?

por Natália Plascak Jorge em 16/08/19 190 visualizações

A curiosidade para saber o que faz um arquiteto pode ajudar muita gente por aí a definir um futuro e uma formação acadêmica. A carreira está entre as mais tradicionais no Brasil e coloca em evidência um profissional que projeta e organiza a construção de casas, prédios e espaços de uma forma geral, seguindo critérios de estética, funcionalidade, conforto e normas técnicas. 

Suas atividades também envolvem a determinação de materiais, a disposição de móveis e objetos e a avaliação de fatores como iluminação, ventilação, acústica e manutenção da construção. 

Outro ponto que o arquiteto considera e analisa é o impacto ambiental que uma obra pode causar no espaço em que ela será feita. 

Habilidades que um arquiteto deve ter ou desenvolver

Para Mariana Rodrigues Ribeiro dos Santos, coordenadora associada do curso de Arquitetura, da Unicamp, além da habilidade de percorrer diferentes áreas, saber desenhar é importante para o arquiteto, uma vez que, apesar da evolução tecnológica de programas de desenho e representação, o saber desenhar envolve conseguir também visualizar espaços e informações na cabeça, aspecto básico para nortear a capacidade de projeto e de idealização/materialização de ideias que o arquiteto necessita.  

O salário médio no Brasil de um arquiteto é de R$5.433,38, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados 2018 (Caged).

Outro aspecto importante é que, durante a graduação, a maioria das atividades é realizada em grupo, portanto, a capacidade de trabalhar com outras pessoas é essencial para esse profissional. “Isso acaba se reforçando também no trabalho após formado, quando o contínuo trabalho em equipe, com diferentes formações, requer do arquiteto a habilidade para conversar, compreender e conviver com os diferentes olhares, sejam eles do cliente, do engenheiro, do marceneiro, entre os tantos outros profissionais com os quais terá que compartilhar tarefas”, lembra Mariana.

Veja também
Qual é a diferença entre Arquitetura e Engenharia Civil?

Desafios que envolvem o curso de Arquitetura

O curso de Arquitetura e Urbanismo, como o próprio nome sugere, abrange diferentes áreas e escalas de trabalho, além de um leque de disciplinas tanto teóricas quanto práticas, tanto da área de humanas quanto de exatas. Isso requer que o aluno tenha um perfil amplo de áreas de interesse. 


“O curso demanda a capacidade de lidar com as diferentes áreas e visões, ainda que necessite, no fundo, desenvolver sua própria forma de observar e propor soluções ao que lhe é solicitado. Além disso, ele é bastante denso, tanto de conteúdo como de atividades extraclasse”, destaca a coordenadora.

Ter uma posição definida e ser crítico, mas não alheio às especificidades de cada caso ou situação, é um dos grandes desafios do aluno de Arquitetura.  

Maiores mitos que envolvem a carreira de arquiteto

Há muitos mitos em torno da carreira e áreas de atuação dos arquitetos, como:

  • quem contrata um engenheiro não precisa de arquiteto.
    Isso não é verdade, não só pela formação diferenciada, mas mesmo pelas atribuições de cada profissão.
  • contratar arquiteto "é caro". 
    É preciso pensar que uma obra bem projetada e planejada envolverá menos custos adicionais, surpresas e descontentamento com o produto obtido.
  • arquiteto só trabalha com os detalhes, com a "perfumaria", com o que é fútil ou desnecessário.
    Muitos pontos importantes são definidos pelos arquitetos.
  • projeto e execução de obra cabe ao engenheiro. Ao arquiteto cabe apenas a decoração dos interiores. 
    Arquitetos projetam, acompanham obras e podem, inclusive, assinar projetos sem a necessidade de um engenheiro.
  • arquitetos são ricos e ganham muito dinheiro em todos os projetos e obras que realizam.
    Esse mito é bem comum de ser identificado.

Áreas da Arquitetura em alta 

O mercado atual está aberto à profissão de arquiteto e urbanista, com destaque para:

  • oportunidades ligadas a projetos de espaços múltiplos corporativos (como de startups e espaços compartilhados)
  • arquitetura de interiores 
  • projetos residenciais, que seguem dentro da necessidade do consumidor
  • concursos para projetos públicos
"O reconhecimento sobre a função e necessidade de se contratar um arquiteto vem ganhando espaço, principalmente considerando os programas de televisão, de amplo acesso à população, mostrando como melhorar um ambiente pode representar melhora na qualidade de vida, e que isso pode ser feito de diferentes formas, com diferentes custos, atingindo diferentes grupos da população." Mariana Rodrigues Ribeiro dos Santos, coordenadora associada do curso de Arquitetura, da Unicamp

Gostou de saber um pouco mais sobre o que faz um arquiteto? Já pensou em seguir essa profissão?

Tags relacionadas:

banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54