Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Pós-Graduação

Pós-graduação ensina a ser dono do próprio negócio

por Rui Gonçalves em 25/09/18

Empreender por necessidade ou por vocação. Independentemente do motivo que move tantas pessoas a abrirem os próprios negócios, o fato é que uma parte significativa dos novos empreendedores buscam na qualificação acadêmica os conhecimentos para elevar o potencial de sucesso em suas empreitadas.  

É o caso da estudante Andreza Nunes Santos, de 25 anos, uma entre 400 mil  pessoas matriculadas pelo Quero Bolsa desde a sua criação, em 2012. Ela acaba de dar início ao MBA em Empreendedorismo e Novos Negócios, após se graduar em Ciências Contábeis. “Como no futuro eu pretendo abrir meu negócio, achei que fosse interessante me especializar. Escolhi este curso pois acredito que o empreendedorismo será a chave para o mercado. Pretendo ainda fazer um mestrado, pois quero parar de trabalhar como pessoa física e empreender na área de alimentação, em uma confeitaria. Já trabalho com isso aos finais de semana, mesmo atuando formalmente com contabilidade”.


Segundo dados da pesquisa GEM 2017, do Sebrae/IBQP, no Brasil, a taxa de empreendedorismo foi de 36,4% ano passado, o que representa quase 50 milhões de brasileiros empreendedores em 2017.  

Ou seja, abrir o próprio negócio tem sido a alternativa de muitas pessoas que perderam seus postos de trabalho ou jovens que desejam ingressar no mercado como empresários. Soma-se isso as novas exigências das empresas que demandam profissionais com perfis inovadores e com vocação empreendedora, uma vez que capacitação técnica e conhecimentos teóricos não são mais  diferenciais competitivos.

Atentas a esta tendência do mercado, as Instituições de Ensino Superior (IES) têm investido na oferta de novos cursos de pós-graduação em empreendedorismo e inovação. Em todo Brasil, já são 284 especializações com este foco disponíveis no site Quero Bolsa, principal programa de inclusão de alunos no ensino superior nacional. Atualmente, o Quero Bolsa oferece 136 mil bolsas de estudos em cursos presenciais de pós-graduação no País, com descontos nas mensalidades de até 70%.

Os especialistas do Quero Bolsa acreditam que, de fato, o atual cenário econômico brasileiro irá impulsionar novos modelos de negócio. “A tendência é que cada vez mais os graduados nas IES tenham o perfil empreendedor.  O objetivo é capacitá-los para terem uma visão de novos negócios independente do mercado de trabalho formal”, aponta Marcelo Lima, diretor de Relações Institucionais do Quero Bolsa.

Aos 25 anos, Bruna Sarmento acaba de ingressar no MBA em Gestão de Inovação e Empreendedorismo. “Escolhi o curso que mais me interessou, entre todos que analisei, e o que complementa a graduação que fiz em Turismo com a possibilidade de empreender com inovação no mercado. O Quero Bolsa foi o que me proporcionou o maior desconto na mensalidade, de 50%”.

 Os sócios fundadores do Quero Bolsa observam com bons olhos o crescimento dos cursos de Empreendedorismo em MBA ou pós-graduação. Bernardo de Pádua, CEO e fundador da plataforma, teve uma visão empreendedora ao montar com seus sócios, Lucas Gomes e Thiago Brandão, o Quero Bolsa, um negócio com impacto social na educação com a missão de ajudar pessoas interessadas em ingressar no ensino superior e que não possuem recursos para tanto. Hoje, a plataforma possui mais de 1.200 instituições parceiras em todo o País e contribui para o preenchimento de vagas ociosas nas instituições.

Para conseguir uma bolsa de estudos, o interessado deve efetuar a inscrição no site e, em seguida, pagar a pré-matrícula garantindo o desconto. Para conquistar a bolsa de estudos não é necessário comprovar renda ou ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Após realizar a pré-matrícula na plataforma, é preciso apenas comparecer à instituição de ensino escolhida para prosseguir com a matrícula. O desconto é válido até o final do curso.

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Basta entrar em contato conosco em até 6 meses após o pagamento, informando seus dados e o motivo da devolução.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2019 CNPJ: 10.542.212/0001-54