Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Profissões

Profissionais da área da Educação foram os mais prejudicados em 2020, indicam dados do governo

por Isabela Giordan em 26/04/21

O ano de 2020 foi marcado pela Covid-19. No Brasil, uma das grandes consequências da pandemia foi uma nova desestabilização da economia, que já enfrentava uma crise decorrente dos últimos anos. Com o abalo, o mercado de trabalho precisou fazer delicados reajustes, fechando mais de 132 mil postos de trabalho.

Os mais afetados com a mudança causada por essa nova onda da crise econômica foram os profissionais da área da educação. Segundo dados do Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados (Caged), organizado pelo Ministério da Economia (ME), quatro entre as nove ocupações com maior saldo negativo de contratação no último ano pertencem a esse setor. 

Veja também: Desafios do ensino remoto impactam na saúde mental dos professores

profissões com mais demissões no brasil

Com a instabilidade causada pela ineficiência governamental no controle da pandemia, esses profissionais podem passar pelo mesmo dilema em 2021 e sofrer novamente com grandes cortes. 

Saiba mais: 11 profissões com mais contratações no Brasil em 2020, segundo o Caged

Confira o novo levantamento feito pela Revista Quero, de acordo com os dados do Caged, e veja quais foram as profissões da área da educação e de outros setores que mais foram afetadas pela nova onda de demissões no último ano*:

1 - Professor de Ensino Superior na Área de Prática de Ensino

Número de contratações: 10.989
Número de demissões: 15.804
Saldo total: -4.815
Salário médio: R$ 5.995,58

2 - Preparador Físico

Número de contratações: 6.786
Número de demissões: 10.341 
Saldo total: -3.555
Salário médio: R$ 6.485,97

3 - Coordenador Pedagógico

Número de contratações: 7.276
Número de demissões: 9.526
Saldo total: -2.250
Salário médio: R$ 3.943,25

4 - Administrador

Número de contratações: 25.844
Número de demissões: 27.962
Saldo total: -2.118
Salário médio: R$ 6.008,77

5 - Instrutor de Cursos Livres

Número de contratações: 4.328
Número de demissões: 6.391
Saldo total: -2.063
Salário médio: R$ 10.862,92

6 - Professor de Ensino Superior na Área de Didática 

Número de contratações: 9.451
Número de demissões: 11.446
Saldo total: -1.995
Salário médio: R$ 4.728,86

7 - Contador

Número de contratações: 18.181
Número de demissões: 19.528
Saldo total: -1.347
Salário médio: R$ 4.667,51


8 - Professor de Nível Superior na Educação Infantil (Quatro a Seis Anos)

Número de contratações: 7.913
Número de demissões: 9.221
Saldo total: -1.308
Salário médio: R$ 9.899,34



9 - Secretária Executiva

Número de contratações: 5.516
Número de demissões: 6.537
Saldo total: -1.021
Salário médio: R$ 4.315,08

*Para fazer este levantamento, a Revista Quero consultou os dados de janeiro a dezembro do Caged levando em consideração os seguintes critérios: 

  •  Apenas profissões que necessitam de Ensino Superior completo;
  • Apenas profissões em que é possível construir carreira;
  •  Foram classificadas as profissões com mais demissões aquelas que em houve mais demissões do que contratações entre janeiro e dezembro de 2020, ou seja, com maior saldo negativo;
  • Não foram considerados cargos de "Supervisão" e "Gerência";
  • Para o cálculo da média salarial, foram considerados apenas salários acima de R$ 1000.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Pretende fazer faculdade?

Veja algumas das opções onde é possível ingressar na universidade com bolsas de estudo que reduzem o valor das mensalidades.

Veja também: O Quero Bolsa é confiável? Veja como funciona!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Para se dedicar integralmente aos estudos é sempre bom economizar.Money c94fde8014ac9b0d5ad05d244e1821fb246018cdc3570b09f72c25fde99f7b1a

Gostaria de ser avisado sempre que uma vaga estiver disponível aqui no site Quero Bolsa?

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54