logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Especiais

Sala de Estudos 10: Médico que foi cortador de cana conta como conseguiu chegar à universidade

por Rui Gonçalves em 27/06/19 150 visualizações

Os pacientes atendidos pelo médico Jonas Lopes da Silva não podem imaginar a trajetória incomum que o levou à faculdade de medicina.

Filho de um pedreiro e de uma trabalhadora rural, ele foi cortador de cana ainda na infância. Abandonou a escola quando tinha apenas 11 anos de idade. Anos depois, voltou às salas de aula com determinação para chegar ao ensino superior.

O Sala de Estudos foi ao Recife conhecer o Dr. Jonas e ouvir como foi possível para um cidadão vindo de uma família muito pobre conquistar um diploma de Medicina na Universidade de Pernambuco (UPE).

Para não desistir no meio do caminho, força de vontade e fé se uniram ao apoio recebido da Casa do Estudante, uma instituição que oferece moradia e bolsas de estudo para os estudantes.

“A mensalidade do curso preparatório para a faculdade de medicina era maior do que a renda da minha família”

Foram quatro anos de preparação para conseguir passar no vestibular da UPE. Depois de aprovado, as dificuldades continuaram, pois a família não tinha condições de arcar com os custos de manter o filho em uma faculdade pública.

Além disso, acompanhar o curso não era tarefa fácil, pois, como ele mesmo diz, o sistema de cotas ajuda o estudante a entrar, mas não faz diferença na rotina de aulas. Ele sempre teve que estudar mais para compensar os conteúdos que faltaram ao longo do ensino fundamental e médio. 

Tudo isso faz dele um médico de perfil diferente do normal. Ele sonha em dedicar parte de seu tempo a cuidar de quem precisa e dar a essas pessoas acesso aos melhores médicos e tratamentos. Ele afirma reconhecer a família e a si mesmo nos pacientes que atende.

 “Eu me lembro da minha mãe”, conta ele ao se recordar de atender a um paciente acidentado durante o trabalho no campo, porque sentiu no trabalhador o mesmo “cheiro de mato” que sua mãe tinha no fim de um dia inteiro na lavoura.

Essa sensibilidade também faz com que Jonas tenha uma visão muito clara da educação que ele acredita poder dar a outros a mesma oportunidade que teve. Sem hesitar, ele defende a valorização do professor, a melhor capacitação e melhores salários para a categoria profissional mais importante, na visão dele.

banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54