logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Universidades

Volta às aulas 2022 : veja as datas de retorno presencial das universidades

por Camilla Freitas em 20/01/22

As universidades de todo país se preparam para o início de mais um semestre letivo. Por conta da covid-19, as faculdades aderiram ao modelo remoto de ensino como forma de dar continuidade às suas atividades, e com o início da vacinação em 2021, a expectativa era voltar ao presencial assim que boa parte dos estudantes estivessem vacinados.

Encontre bolsas de estudo de até 80% para graduação

volta às aulas universidades

Com isso, desde o ano passado, as instituições vêm adotando medidas para que o retorno presencial acontecesse da forma mais segura possível e dentro do protocolo de biossegurança adotado pelos órgãos de saúde. 

Atualmente, 69,5% da população brasileira está vacinada, mas o cenário é de dúvida por parte dos estudantes, já que os casos de covid-19 aumentaram devido as festas de fim de ano.

Por isso, a Revista Quero realizou o levantamento das datas previstas para o retorno presencial das aulas em algumas universidades do país, tanto públicas quanto privadas, para você se preparar adequadamente. Confira a seguir:

Retorno presencial das universidades públicas

Retorno presencial das universidades privadas

Posicionamento do MEC em relação ao retorno presencial das universidades

Nesta terça-feira (18), a Assessoria de Comunicação do Ministério da Educação (MEC) divulgou em nota que o órgão já se posicionou a favor da volta às aulas presenciais inúmeras vezes. Além disso, ressaltou que foram disponibilizados no site oficial os protocolos de biossegurança que garantem a retomada das aulas de forma segura.

A assessoria informou ainda que:

“O Ministério da Educação entende que as atividades educacionais presenciais são fundamentais e que se deve evitar ao máximo medidas como fechamento de escolas, universidades e institutos. O MEC solicita que os gestores avaliem com muita cautela tais medidas restritivas, que afetarão, sobretudo, os estudantes mais vulneráveis que já foram muito afetados durante o longo período de lockdown impostos em 2020 e 2021”.

O MEC destacou também que as universidades possuem autonomia, conforme art.207, para viabilizar a volta às aulas e determinar a maneira segura para o retorno dos alunos às universidades. 

Cuidados importantes para a volta às aulas

O avanço da vacinação no país não significa o afrouxamento das medidas sanitárias. Por isso, mesmo com a retomada presencial, os cuidados precisam continuar, como o uso de máscara, álcool em gel e o distanciamento.

O MEC dá autonomia para que as universidades ajam da melhor maneira e organizem suas retomadas, mas ressalta os cuidados para garantir a segurança de todos. Dentre as medidas do protocolo de segurança disponibilizado às instituições de ensino superior, estão:

  • Limpeza e desinfecção intensiva de banheiros, sala de aula e outros espaços de maior fluxo;

  • Aferição de temperatura;

  • Disponibilização de álcool 70%;

  • Rastreamento e monitoramento de casos suspeitos.

Algumas instituições exigem a vacinação para o retorno dos alunos. Em relação à essa exigência, o MEC informou em dezembro de 2021 que as instituições não poderiam cobrar o comprovante dos estudantes, porém em janeiro o STF suspendeu essa decisão. Portanto, as faculdades estão livres para cobrar as doses de vacinação contra a covid-19 dos seus estudantes. 

Ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, afirmou que o Estado deve garantir a saúde da população e que as universidades têm autonomia para suas próprias decisões:

“As instituições de ensino têm, portanto, autoridade para exercer sua autonomia universitária e podem legitimamente exigir a comprovação de vacinação”, declarou Lewandowski.

Mostrando cursos em Veja mais vagas

  • Mensalidades a partir de

    R$ 270,00
    Ver Bolsas

  • {course} {university}

    Mensalidades a partir de R$ 2400/mês

Veja mais cursos
banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54