Engenharia Elétrica na Anhanguera

  • Graduação
  • 10 semestres
  • Bolsas a partir de R$ 84,15
4,2

Boa

(52)

Como é o curso de Engenharia Elétrica na Anhanguera?

A Faculdade Anhanguera oferece o curso de bacharelado em Engenharia Elétrica nas modalidades presencial ou semipresencial. Em ambas possibilidades, a duração média do curso é de 5 anos (10 semestres). Além disso, a Anhanguera oferece a Aula Destaque aos alunos de Engenharia. A Aula Destaque é um encontro online ministrado por profissionais que são referência em suas respectivas carreiras. A instituição possui infraestrutura com laboratório e biblioteca aos estudantes; e também oferece as Trilhas de Carreira, atividades extracurriculares 100% online e gratuitas, ao corpo discente.

Resumo do curso

  • Área de conhecimento: Engenharias

  • Duração: em média, 5 anos

O que você vai aprender?

  • Geometria Analítica E Álgebra Vetorial

  • Administração E Economia Para Engenheiros

  • Engenharia E Profissão

  • Ed - Projeto De Vida

Como é a faculdade Anhanguera

Avaliação dos Alunos

4,2

Boa

52 avaliações

  • Empregabilidade
    3,7
  • Estrutura
    4,2
  • Professores
    4,2
  • localização
    4,6

Resumo da faculdade

  • mais de 121.000 alunos matriculados
  • mais de 5.000 docentes
  • 99 cursos de graduação e 684 de pós-graduação
  • 2598 unidades

Dúvidas mais frequentes

A Anhanguera conta com uma metodologia de ensino inovadora, que prioriza a prática e o desenvolvimento de habilidades. A equipe de professores, formados por mestres e doutores, valorizam a atualização constante e o diálogo com seus alunos.

Para o desenvolvimento dos estudos, faculdade utiliza uma plataforma de ensino adaptativo, baseada em inteligência artificial, que elabora planos de estudo individualizados e gamificados, focando nas áreas de maior dificuldade do aluno.

O sistema educacional inclui atividades interativas e um ambiente virtual de aprendizagem dinâmico. As avaliações são contínuas, permitindo que o desempenho do aluno ao longo do semestre influencie diretamente na sua nota final, integrando cursos complementares e estudos dirigidos.

A Anhanguera também mantém uma estrutura física com laboratórios, bibliotecas e salas de aula equipadas com recursos multimídia. Além disso, o programa de Convênio Empresa possibilita parcerias com empresas para oferecer descontos em cursos.

O curso de Engenharia Elétrica é uma graduação que prepara os estudantes para trabalhar com sistemas elétricos, eletrônicos e eletromagnéticos. Ao longo do curso, os alunos estudam fundamentos da física e aplicações práticas de princípios de engenharia.

O curso é introduzido com uma base sólida em matemática, física e química, fornecendo os fundamentos necessários para entender os princípios subjacentes à engenharia elétrica. Conforme avançam nos semestres, os alunos passam a estudar conteúdos aplicados, como circuitos elétricos, eletrônica analógica e digital, sistemas de controle, máquinas elétricas, eletrônica de potência, telecomunicações, entre outros.

Além das aulas teóricas, os estudantes participam de laboratórios práticos, onde têm a oportunidade de aplicar os conceitos aprendidos em projetos e experimentos.

Durante o curso, os alunos também têm a oportunidade de escolher disciplinas eletivas de acordo com seus interesses específicos, podendo se aprofundar em áreas como energia renovável, sistemas embarcados, automação e controle, telecomunicações, entre outras.

É difícil fazer Engenharia Elétrica?

Engenharia Elétrica pode ser desafiadora, mas também gratificante. Como em qualquer área da engenharia, requer dedicação, habilidades analíticas e capacidade de resolver problemas. Além disso, a natureza da disciplina envolve conceitos complexos de matemática, física e teoria elétrica.

Os cursos de Engenharia Elétrica geralmente cobrem uma ampla gama de tópicos, incluindo circuitos elétricos, eletrônica, sistemas de potência, controle e automação, telecomunicações, entre outros. Isso exige um alto nível de concentração e compreensão dos princípios fundamentais.

Porém, muitos estudantes acham o desafio gratificante, especialmente quando vêem como podem aplicar seus conhecimentos para resolver problemas do mundo real, desenvolver novas tecnologias e contribuir para avanços em áreas como energia sustentável, comunicações e automação.

Quais são as melhores especializações em Engenharia Elétrica?

Os engenheiros elétricos podem se especializar em diferentes segmentos. As possibilidades envolvem:

  • Engenharia de Potência: Foca na geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. Engenheiros especializados nessa área trabalham com usinas de energia, sistemas de energia renovável e redes de distribuição.
  • Envolve o design e desenvolvimento de circuitos e dispositivos eletrônicos, como transistores, diodos e circuitos integrados.
  • Trata de sistemas de comunicação, incluindo telefonia, redes de dados, comunicação via satélite e internet.
  • Automação e Controle: Foca no desenvolvimento de sistemas automatizados e robótica para a indústria. Isso inclui desde linhas de produção automatizadas até sistemas de controle de processos.
  • Sistemas Embarcados: Integra hardware e software em dispositivos eletrônicos, como controladores de automóveis, eletrodomésticos inteligentes e dispositivos médicos. É uma área chave para a Internet das Coisas (IoT).

A engenharia elétrica é uma área da engenharia que se concentra no projeto, construção e manutenção de sistemas elétricos, incluindo equipamentos eletrônicos, redes de energia e sistemas de controle de processos.

A faculdade de Engenharia Elétrica ensina a projetar, construir e manter sistemas elétricos, eletrônicos e de computação. Ao longo do curso, os estudantes são expostos a tópicos norteadores de eletricidade e magnetismo, englobando, também, teoria da computação e inteligência artificial.

As disciplinas são fundamentadas em aplicações teóricas e práticas. Os primeiros anos integram disciplinas básicas, como cálculo, física, química, álgebra linear e introdução à programação. Posteriormente, os estudantes têm a oportunidade de se especializar em áreas específicas, participando de lições laboratoriais e desenvolvendo projetos.

O curso habilita os profissionais para atuarem em diferentes áreas da indústria, como na criação de equipamentos eletrônicos, no projeto e manutenção de redes elétricas, no desenvolvimento de sistemas de controle de processos industriais, entre outros. Além disso, muitos engenheiros elétricos se envolvem com pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias.

Quantos anos dura a faculdade de Engenharia Elétrica?

A faculdade de Engenharia Elétrica tem duração de cinco anos. Durante esse período, os estudantes completam disciplinas teóricas e práticas, participam de projetos e desenvolvem estágios, adquirindo uma formação completa para atuar em segmentos da engenharia elétrica.

Com o Quero Bolsa, entrar na faculdade é muito mais fácilCadastre-se e receba alertas por e-mail e WhatsApp assim que chegarem novas vagas do seu interesse.
Busque sua vaga
Compare preços e escolha a vaga que cabe no seu bolso
Garanta sua vaga
Pague a taxa de serviço, chamada de pré-matrícula
Estude pagando menos
Aí é só fazer o processo seletivo e a matrícula na faculdade

As melhores vagas da Anhanguera perto de você