Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Programação

Saiba tudo sobre o curso de Programação e comece a estudar com ajuda da Quero Bolsa

Ilustração de uma garota fazendo uma pesquisa do curso de Programação no notebook
Duração: 12 meses
Bolsas: a partir de R$ 200,00
Ver bolsas de até 20%

Sobre o curso de Programação

A programação é a área que se dedica a criar instruções para computadores executarem tarefas específicas. Envolve o desenvolvimento de algoritmos, a escrita de código em linguagens de programação e a resolução de problemas lógicos.

O curso de programação é uma oportunidade incrível para aqueles que desejam adentrar o mundo da tecnologia e explorar as maravilhas da linguagem de código. Aprender a programar não se trata apenas de digitar linhas de código, mas sim de abrir as portas para um vasto universo de possibilidades.

No início do curso, os alunos são introduzidos aos conceitos básicos da programação, como variáveis, estruturas condicionais e loops. É como aprender o alfabeto e as regras gramaticais de uma nova língua. Esses fundamentos são essenciais para construir uma base sólida e compreender a lógica por trás dos programas.

Conforme o curso avança, os alunos são desafiados a resolver problemas mais complexos e a criar programas funcionais. Eles aprendem diferentes linguagens de programação, como Python, Java, C++ e muitas outras, cada uma com suas peculiaridades e aplicações específicas. Também são apresentados a diferentes ambientes de desenvolvimento, frameworks e bibliotecas que podem ser utilizados para agilizar o processo de criação.

Um aspecto importante do curso de programação é o trabalho em equipe. Os alunos têm a oportunidade de colaborar em projetos conjuntos, o que ajuda a desenvolver habilidades de comunicação e trabalho em grupo. A programação não é apenas um esforço individual, mas muitas vezes uma atividade coletiva que exige a colaboração de diferentes profissionais.

À medida que o curso avança, os alunos começam a explorar áreas mais especializadas da programação, como desenvolvimento web, aplicativos móveis, inteligência artificial, aprendizado de máquina e muito mais. Através dessas especializações, eles podem encontrar seus próprios nichos e desenvolver habilidades específicas para atender às demandas do mercado de trabalho.

O curso de programação não se limita apenas à teoria, mas também inclui projetos práticos que permitem aos alunos aplicar o conhecimento adquirido. Esses projetos ajudam a consolidar as habilidades e permitem que os alunos vejam os resultados tangíveis de seu trabalho. É uma experiência empolgante ver suas próprias criações ganhando vida e impactando o mundo digital. ~ Além disso, o aprendizado contínuo é uma parte essencial do curso de programação. A tecnologia está em constante evolução, e os programadores precisam acompanhar as últimas tendências e atualizações. Isso requer dedicação e disposição para aprender ao longo da vida, explorar novas tecnologias e estar sempre aberto a novas possibilidades.

O tipo de formação para o curso de Programação é: curso livre .

Como é o curso de Programação?

Um programador pode trabalhar em uma ampla variedade de ambientes, dependendo de sua especialização e preferências pessoais. Aqui estão alguns dos principais locais onde um programador pode encontrar emprego:

Empresas de desenvolvimento de software: Muitos programadores são contratados por empresas especializadas em desenvolvimento de software. Eles trabalham no desenvolvimento de aplicativos, sistemas e soluções tecnológicas para atender às necessidades dos clientes.

Empresas de tecnologia: Grandes empresas de tecnologia empregam uma quantidade significativa de programadores. Eles trabalham em projetos de larga escala, como desenvolvimento de sistemas operacionais, infraestrutura de nuvem, inteligência artificial e muito mais.

Startups: As startups de tecnologia estão em ascensão e muitas delas buscam programadores talentosos para ajudar a desenvolver e expandir seus produtos e serviços inovadores. Trabalhar em uma startup pode oferecer um ambiente dinâmico e oportunidades de crescimento acelerado.

Agências digitais: Agências especializadas em marketing digital, design web e desenvolvimento de aplicativos também contratam programadores. Eles trabalham no desenvolvimento de websites, aplicativos móveis e outras soluções digitais para clientes variados.

Setor governamental: O setor público também precisa de programadores para desenvolver e manter sistemas e aplicativos governamentais. Eles podem trabalhar em agências governamentais, ministérios ou órgãos responsáveis pela infraestrutura tecnológica e digital do governo.

Ensino e pesquisa: Algumas pessoas optam por seguir carreira acadêmica ou de pesquisa, trabalhando em universidades, institutos de pesquisa ou centros de inovação. Nessas instituições, os programadores podem se envolver em projetos de pesquisa avançada, desenvolvimento de novas tecnologias ou até mesmo ensinar programação para estudantes.

Trabalho remoto e freelancing: Com o avanço da tecnologia, muitos programadores têm a opção de trabalhar remotamente ou como freelancers. Eles podem oferecer seus serviços de programação de forma independente, trabalhando em projetos contratados por diferentes clientes, sem a necessidade de estar fisicamente presente em um local específico.

Qual a grade curricular de Programação?

Grade Curricular é o conjunto de matérias que o aluno estudará durante o curso. Veja abaixo um exemplo de grade curricular para o curso de Programação em uma de nossas faculdades parceiras:

    Ver a grade curricular

    O que se aprende na faculdade de Programação?

    No curso de programação, os alunos aprendem uma variedade de conceitos e habilidades fundamentais para se tornarem programadores proficientes. Eles começam com os conceitos básicos, como estruturas de controle, loops e variáveis, para compreender a lógica por trás da programação.

    À medida que o curso avança, os alunos exploram diferentes linguagens de programação, como Python, Java, C++, entre outras. Eles aprendem a sintaxe dessas linguagens, suas características e como aplicá-las para resolver problemas específicos.

    Além disso, os alunos são introduzidos a ambientes de desenvolvimento integrados (IDEs) e ferramentas de depuração, que são essenciais para desenvolver e testar seus programas. Eles aprendem a utilizar bibliotecas e frameworks, que oferecem funcionalidades pré-programadas para agilizar o desenvolvimento de software.

    No curso, os alunos também são incentivados a desenvolver habilidades de resolução de problemas. Eles aprendem a quebrar problemas complexos em partes menores e a aplicar algoritmos para encontrar soluções eficientes. A lógica de programação e a capacidade de pensamento abstrato são enfatizadas para ajudar na resolução de desafios.

    Outro aspecto importante é a aprendizagem prática por meio de projetos. Os alunos trabalham em projetos reais, desde a criação de pequenos programas até a construção de aplicativos mais complexos. Esses projetos permitem que eles apliquem o conhecimento adquirido e desenvolvam suas habilidades de forma prática.

    Durante o curso, os alunos também são incentivados a colaborar em equipe. A programação muitas vezes envolve trabalho em grupo, e aprender a comunicar e colaborar efetivamente é essencial para projetos bem-sucedidos. Eles aprendem a compartilhar código, revisar o trabalho de outros colegas e a trabalhar em conjunto para atingir os objetivos comuns.

    Além disso, à medida que os alunos avançam no curso, eles têm a oportunidade de explorar áreas especializadas da programação, como desenvolvimento web, aplicativos móveis, inteligência artificial, aprendizado de máquina, entre outras. Isso permite que eles direcionem seus estudos para as áreas que mais lhes interessam e se tornem especialistas nessas áreas específicas.

    Procure o curso de Programação ideal para você!

    Com mensalidades a partir de R$ 200,00 entre as 1.403 instituições parceiras do Quero Bolsa.

    Veja como é simples começar a estudar

    1. Encontre seu curso
    2. Garanta sua bolsa
    3. Economize até se formar

    Sobre a carreira de Programação

    Onde o profissional de Programação pode trabalhar?

    O mercado de trabalho para programadores é altamente competitivo e em constante evolução. Para se destacar e ter sucesso nessa área, é importante atender a algumas exigências do mercado. Aqui estão algumas delas:

    Conhecimento técnico: Um programador precisa ter um sólido conhecimento em linguagens de programação, frameworks, bibliotecas e tecnologias relevantes para a área em que deseja atuar. É essencial estar atualizado com as últimas tendências e avanços tecnológicos.

    Aprendizado contínuo: A tecnologia está em constante evolução, portanto, é fundamental estar disposto a aprender continuamente. Um programador deve se manter atualizado sobre novas linguagens, frameworks e ferramentas, além de acompanhar as melhores práticas e padrões da indústria.

    Resolução de problemas: A habilidade de resolver problemas de forma eficiente e lógica é crucial para um programador. É preciso ser capaz de analisar e decompor problemas complexos em partes menores, aplicar algoritmos adequados e encontrar soluções eficazes.

    Pensamento criativo: A programação requer pensamento criativo para encontrar soluções inovadoras e eficientes. Os programadores devem ser capazes de pensar fora da caixa, propor abordagens não convencionais e encontrar maneiras de otimizar o código e melhorar a experiência do usuário.

    Trabalho em equipe: Embora a programação possa ser uma atividade individual, a capacidade de trabalhar em equipe é fundamental. Os projetos muitas vezes exigem colaboração com outros programadores, designers, gerentes de projeto e outros profissionais. É preciso ter habilidades de comunicação, capacidade de trabalhar em conjunto e adaptabilidade para se ajustar às necessidades do time.

    Gerenciamento de tempo e organização: A programação envolve prazos e entrega de projetos dentro do tempo estipulado. Um programador deve ser capaz de gerenciar seu tempo de forma eficiente, priorizar tarefas e cumprir prazos. A organização é essencial para acompanhar múltiplos projetos e garantir que as etapas de desenvolvimento sejam concluídas de maneira adequada.

    Adaptabilidade e flexibilidade: O mercado de trabalho de programação é dinâmico e está em constante mudança. É necessário ser adaptável a novas tecnologias, metodologias de desenvolvimento e demandas do mercado. A capacidade de se adaptar rapidamente e aprender novas habilidades é fundamental para acompanhar as demandas do setor.

    Além dessas exigências, é importante desenvolver habilidades de comunicação, ter atenção aos detalhes, ser autodidata e estar disposto a enfrentar desafios. O mercado de trabalho para programadores é altamente competitivo, mas também oferece muitas oportunidades para o crescimento profissional e pessoal para aqueles que estão dispostos a se destacar e se manter atualizados com as demandas do setor.

    Sino de ofertas
    Receba um alerta quando a vaga ideal chegar!

    Como ingressar na profissão de Programação?

    Quais são as exigências do mercado de trabalho para o profissional de Programação?

    Balões de Conversa - Dúvidas sobre Programação
    Está com dúvidas sobre Programação? Os alunos e ex-alunos do curso estão prontos para tirar suas dúvidas. Ver perguntas e respostas

    Perguntas e Respostas - Programação

    Tipo de Pergunta
    Recentes