Info Icon Help Icon Como funciona Ajuda
Whatsapp Icon 0800 123 2222
Envie mensagem ou ligue
Biografias

Pablo Picasso

Bianca Ferraz
Publicado por Bianca Ferraz
Última atualização: 7/12/2018

Introdução

Pablo Picasso (1881-1973) é um pintor, escultor e desenhista espanhol, mas naturalizado francês. Além disso, é um dos fundadores do Cubismo.

Suas obras e técnicas o levaram a ser um dos nomes mais renomados da arte do século XX, sendo impossível falar desse período sem retomar a produção artística de Picasso.

Biografia

Pablo Diego José Francisco de Paulo Juan Nepomuceno Maria de Los Remédios Críspin Crispiano Santíssima Trinidad Ruiz y Picasso, ou simplesmente Pablo Picasso, nasceu em Málaga, na Espanha, no ano de 1881.

Seu pai, além de pintor, era professor de desenho, o que pode ajudar a entender como, aos 13 anos, Picasso já havia desenvolvido diversas habilidades artísticas. Estas habilidades lhe permitiram ter pintado, ainda com 14 anos, o quadro “A primeira comunhão”, o qual o colocava ao lado de grandes pintores da época, quando já morava em Barcelona.

Mais tarde, em Madrid, inscreveu-se na Real Academia de Belas Artes de São-Fernando. Porém, foi obrigado a interromper seus estudos por ter contraído escarlatina, fazendo-o retornar a Barcelona.

Fases artísticas

Sua obra é dividida, de modo geral, em cinco fases:

  • Período Azul (1901-1905): A fase denominada período azul de Picasso, que geralmente é localizada entre os anos de 1901 e 1905, é marcada pelo uso da cor azul em diferentes gradações, bem como pela exploração de outras cores frias. Essa utilização ajuda a compor um tom sombrio, que intensifica a sensação de dor e tristeza passada pelas obras desse período. O artista, que nessa época passava por dificuldades financeiras, retratou com frequência mendigos, ladrões, velhos e doentes.
  • Período Rosa (1905-1906): O período rosa, constituído, sobretudo, pelas obras referentes aos anos de 1905 e 1906, corresponde à época em que o artista já havia se instalado definitivamente em Paris. A tristeza da fase anterior deu lugar à leveza, com a presença de arlequins e temas circenses. É também durante esse período que Picasso tem suas primeiras experiências com as esculturas.
  • Período Africano (1907-1909): O período entre os anos de 1907 e 1909 ficou conhecido como período africano, devido à grande influência sofrida por Picasso em relação à África. Mesmo sendo um período curto, de apenas dois anos, foi marcado pela produção artística intensa. A pintura “Les Demoiselles d’Avignon”, considerada a primeira obra cubista, foi realizada durante esse período, trazendo como característica uma maior geometrização das formas expressas, o que se tornaria uma das marcas cubistas. Também em 1907, pintou “Guernica”, em que retratou os horrores da guerra civil espanhola.
  • Cubismo Analítico (1909-1912): A fase do cubismo analítico, que durou entre 1909 e 1912, seguiu a fase de influência africana. Nesse primeiro momento de formulação da vanguarda europeia, as características que se destacavam era a utilização de formas geométricas, os planos que se sobrepunham uns aos outros e o uso de cores mais moderadas. Alguns quadros que representam bem essa fase são “Mulher com peras”, de 1909, e “Vaso de flores”, de 1910.
  • Cubismo Sintético (1912-1919): Por fim, o último período em que se divide a obra de Picasso é o do cubismo sintético, entre os anos de 1912 e 1919. As características cubistas de geometrização das formas continuam presentes, mas há alterações, por exemplo, no uso das cores, que, nesse momento, são mais fortes. Além disso, há a incorporação de novas técnicas às obras de Picasso. O artista passou a utilizar a colagem, processo pelo qual ele fixa alguns objetos na tela. Em comparação ao período anterior, que designava o cubismo analítico, percebe-se uma representação de figuras mais claras e reconhecíveis. São desse período quadros como “Natureza morta com publicidade” (1913), “Natureza morta em uma paisagem” (1915) e “Violino” (1915).

Exercícios

Exercício 1
(Quero Bolsa)

O artista espanhol Pablo Picasso é considerado um dos mais importantes artistas plásticos do século XX. Suas obras podem ser divididas em fases caracterizadas de acordo com as cores predominantes e que marcam a transição de uma fase para outra. A fase azul foi um período em que predominaram os tons de azul e uma temática mais marcada pela angústia. Na fase rosa, predominaram tons de rosa, vermelho e suas obras ganham uma conotação lírica, caracterizada pela presença de:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, shorts e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...