Info Icon Help Icon Como funciona Ajuda
Whatsapp Icon 0800 123 2222
Envie mensagem ou ligue
Biografias

Piet Mondrian

Gabriela Costa Costa
Publicado por Gabriela Costa Costa
Última atualização: 3/6/2019

Introdução

Piet Mondrian foi um artista que veio a se tornar um dos maiores nomes referentes aos movimentos Neoplasticista, Concretista e De Stijl (do holandês, “o estilo”). 

Piet Mondrian (1872 – 1944) foi um dos mais importantes representantes do neoplasticismo. 

Trajetória

Em Amersfoort, na Holanda, Pieter Cornelis Mondrian nasceu no dia 7 de março de 1872.  Modrian era de uma família conservadora e religiosa, que vivia na zona rural.  

Seu pai era diretor de uma escola, e não aprovava a decisão do filho de seguir carreira como artista. Foi sob influência de seu tio, que trabalhava com pintura, que Mondrian despertou interesse no mundo artístico.

Enfrentando diversos dogmas de sua família religiosa em relação a arte, Mondrian foi estudar Artes Finas, durante dos anos em Amsterdã. De paisagens serenas e escuras, começou a aderir uma paleta de cores mais variada e viva.

Na época em que estudou, entrou em contato com técnicas de diferentes escolas, como Pontilhismo, Fauvismo e Cubismo.

Assim, Piet Mondrian tornou-se professor para dar aulas de arte. Descontente com a profissão, encontrou na Teosofia um meio de conciliar seus anseios de se tornar um pintor e sua criação fundada num meio exacerbadamente religioso.

A Teosofia condensa elementos filosóficos, religiosos e científicos, inerentes às diversas religiões e culturas, desde o nascimento da Humanidade. Assim, essa corrente de pensamento impulsionou Mondrian a produzir suas obras.

Assim, ao mesmo tempo em que atuava como professor, Mondrian dedicou-se à sua carreira artística. É possível observar certa influência naturalista e impressionista em suas obras. 

Certos trabalhos tais como “O Moinho de Vento” e “Árvores no Andar”, são considerados pós-impressionistas. Mondrian também teve certos períodos considerados simbolistas, o que levou à abstração de seu estilo artístico.

Neoplasticismo

A partir de 1917, Mondrian desenvolveu obras neoplasticistas. Tais obras consistiam em composições abstratas, uso de cores primárias, linhas pretas e polígonos distribuídos assimetricamente.

Seu estilo mostra grande relação com os conceitos racionalistas apresentados na escola de Bauhaus e a escola de Ulm.

Duas de suas obras mais notáveis são: Composição com vermelho, amarelo e azul, de 1921 e Composição com cores B, de 1917.

Os movimentos Neoplasticista e Racionalista têm como base, fundamentalmente a busca por uma estética “limpa”, minimalista, sem ornamentos.

O uso de polígonos e formas geométricas é uma forma de atingir a perfeição com grande cunho matemático e geométrico em sua composição.

Mondrian tornou-se o grande representante desse movimento. Em 1940, quando se mudou para os Estados Unidos, Mondrian foi influência de artistas expressionistas abstratos que dividiam crenças similares às do Neoplasticismo acerca da abstração.

Mondrian morreu de pneumonia em Nova Iorque, no dia 01 de fevereiro de 1944.

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, shorts e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...