Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Difusão

Jéssica Maciel
Publicado por Jéssica Maciel
Última atualização: 12/11/2018

Introdução

Uma das diversas funções exercidas pela membrana plasmática é o controle das substâncias que entram e saem do interior da célula. Nesse sentido a difusão, também conhecida como difusão molecular, transporta matéria com o objetivo de manter o equilíbrio entre duas soluções inicialmente de diferentes concentrações.

A difusão ocorre devido a energia térmica presente nas moléculas que se movem constantemente em fluidos, sejam eles líquidos ou gasosos. A energia térmica promove a passagem do soluto para as regiões menos concentradas. Esse transporte é o que permite que a célula absorva diversos nutrientes e permite também que eventuais resíduos metabólicos sejam excretados. 

Funcionamento

Duas soluções de diferentes concentrações fazem com que moléculas do soluto se desloquem do meio hipertônico (de maior concentração) em direção ao meio hipotônico (de menor concentração). Quando nesse sentido, a difusão ocorre sem gastos de energia e sem a necessidade de um transportador.

Se a difusão ocorre da mesma forma porém em sentido oposto, o solvente tende a se deslocar na direção da solução mais concentrada, o que caracteriza o processo como osmose. Ao final desse processo é possível observar o equilíbrio entre as soluções e suas concentrações, ou seja, as soluções deverão ser isotônicas. 

Difusão facilitada

A difusão facilitada é o processo de transporte passivo de diversas substâncias pela membrana plasmática. Não há gasto de energia envolvido nesse processo e seu funcionamento se dá de modo a permitir a passagem de moléculas e íons de um meio mais concentrada para um meio menos concentrado, o que ocorre através da mediação específica de proteínas transportadoras, denominadas permeases, existentes na membrana plasmática. As permeases possuem estruturas específicas para se ligar conforme cada substrato. 
Embora facilitada, essa difusão não ocorre de forma desordenada, sem fluxo ou sem necessidade celular. A velocidade do processo é controlada e limitada pela disponibilidade de permeases e não pela concentração do soluto em si. Quando todas as enzimas estão ocupadas, em máxima atividade de transporte, não existe absolutamente nenhuma influência da concentração do soluto na velocidade de difusão.

Um outro aspecto determinante que não se relaciona com gradiente de pressão é a liberação das estruturas na permease que se combinam, quando estão liberadas se tornam receptivas a exigência de absorção ou eliminação das partículas.
Sendo assim, o que determina de fato a eficiência do processo da difusão é a afinidade do substrato com a enzima e da disponibilidade das estruturas de combinação mantida entre eles. O transporte de carboidratos, vitaminas, aminoácidos e alguns íons: sódio, potássio, cálcio é feito por esse processo. 

Difusão simples

A difusão simples é um processo bastante parecido com o da difusão facilitada com a diferença de que não há o intermédio de proteínas para auxiliar nesse transporte. A difusão simples tem como objetivo igualar concentrações de soluto presente em diferentes meios, ou seja, por meio da membrana celular as moléculas do soluto ou dos íons se deslocam para tentar estabelecer um equilíbrio entre as faces da membrana.

A difusão simples ocorre com uma velocidade relativamente baixa já que, diferente da difusão facilitada, depende do gradiente de concentração. As partículas que serão transportadas estão em movimento constante e se chocam umas com as outras ao se deslocar. Esses choques produzem um campo de energia denominado energia cinética que promovem deslocamento do meio hipertônico para o meio hipotônico, até que se estabeleça a isotonia, equilíbrio entre ambos os meios.

Uma vez que a isotonia é estabelecida, o movimento das partículas não cessa, porém passa a ocorrer de maneira equivalente o que faz com que toda a solução esteja em equilíbrio.
Quando ocorre de um gradiente de concentração ser muito elevado, ou seja, quando ocorre de a diferença de concentração for muito alta, ou a distância que a molécula percorre no soluto for bastante restrita, a velocidade da difusão poderá ser relativamente maior. 


Exercícios

Exercício 1
(Quero Bolsa)

As células necessitam de diversas substâncias que precisam, de algum modo, atravessar a membrana plasmática., dentre essas substâncias estão carboidratos e vitaminas. Assinale a alternativa que corresponde a denominação correta desse processo:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...