Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Doença de Chagas

Jéssica Maciel
Publicado por Jéssica Maciel
Última atualização: 9/10/2018

Introdução

A doença de Chagas é caracterizada por ser uma inflamação causada por um parasita encontrado em fezes de insetos. Ocorre, comumente, em regiões como América do Sul, América Central, México e, em casos reduzidos, nos Estados Unidos.
 
 Também pode ser denominada tripanossomíase e chaguismo. A doença de Chagas recebeu esse nome em homenagem ao seu descobridor, o médico brasileiro Carlos Chagas, que foi indicado diversas vezes ao prêmio nobel da medicina.
 

É uma doença parasitária causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi e afeta diretamente o sistema cardiovascular.

Transmissão

A transmissão da doença de Chagas ocorre, de maneira indireta, por meio de um vetor - nesse caso, o Barbeiro ou Chupão, um hospedeiro intermediário. A variedade de espécies capazes de transmitir essa doença está na casa dos 300 insetos.
 
 O barbeiro é um animal de hábitos noturnos: é principalmente no período da noite que ele sai de seu abrigo em busca de alimento. A transmissão do vírus ocorre nesse momento, pois, logo após sugar determinada quantidade de sangue de um indivíduo, o inseto defeca na sua pele.

Se houver algum ferimento, mesmo que microscópico, e a pessoa coçar o local, os protozoários presentes nas fezes vão adentrar a pele, chegando à corrente sanguínea. A transmissão também pode ocorrer através de sangue contaminado durante a gestação e durante o parto ou, também, ainda que menos comumente, pela ingestão de alimentos contaminados.

Ciclo de vida do agente

Quando um barbeiro está infectado, ele é capaz de transmitir, por meio de suas fezes, a forma tripomastigota (infectante flagelada), que invade o organismo do indivíduo pela ferida aberta após a picada do inseto. Nesse local, se formará o Chagoma de inoculação, que é caracterizado por vermelhidão e coceiras.

Quando entra na corrente sanguínea, o parasita é capaz de invadir as células musculares, podendo, também, ser fagocitado. Uma vez dentro da célula, o parasita tomará a forma Amastigota, caracterizada por sua alta capacidade de se multiplicar.

Quando a célula não é mais capaz de abrigar o elevado número de parasitas, ela se rompe e libera-os na forma flagelada, denominada Tripomastigotas. Esses novos parasitas vão encontrar outras células para infectar ou serão sugados, novamente, por algum inseto, dando fim ao ciclo de transmissão da Doença de Chagas.

Ciclo de vida do trypanosoma cruzi, agente da doença de Chagas.Ciclo de vida do trypanosoma cruzi, agente da doença de Chagas.

Sintomas

Em sua fase aguda, os sintomas da doença de Chagas não costumam ser aparentes. Quando surgem, os sintomas costumam aparecer por volta de 14 dias após a picada. Quando a transmissão ocorre via transfusão de sangue, os sintomas costumam demorar mais para aparecerem, cerca de 30 dias.
 
 Na fase crônica, quando os sintomas se manifestam, eles costumam aparecer por volta de 30 anos após ocorrer a transmissão. Os sintomas incluem febre, mal estar, inflamação dos gânglios linfáticos e o aumento de órgãos como o fígado e o baço. Lesões cardíacas como aumento do volume do coração e as alterações em seu ritmo de batimento são bastante comuns na fase crônica da doença de Chagas.

Prevenção

A principal maneira de se prevenir da doença de Chagas é evitar que o inseto entre nas casas e se instale em frestas de paredes ou telhados, por exemplo. Telas e mosquiteiros podem ser bastante úteis para evitar que o inseto entre nas casas voando e também é uma medida para evitar o desmatamento, pois não destrói o habitat natural do inseto.

Alimentos consumidos in natura devem ser sempre devidamente higienizados e verificados para evitar que ocorra contaminação. A América do Sul e a América Central possuem em seus bancos de sangue testes para evitar que sangue contaminado seja utilizado como doação. No caso de o resultado do teste ser positivo, todo o sangue é imediatamente descartado.


Exercícios

Exercício 1
(ENEM/2012)

A doença de Chagas afeta mais de oito milhões de brasileiros, sendo comum em áreas rurais. É uma doença causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi e transmitida por insetos conhecidos como barbeiros ou chupanças. Uma ação do homem sobre o meio ambiente que tem contribuído para o aumento dessa doença é:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...