Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Ouvido e orelha

Jéssica Maciel
Publicado por Jéssica Maciel
Última atualização: 11/10/2018

Introdução

O ouvido é a parte interna do sistema auditivo humano. Ele é responsável pela audição e pelo equilíbrio. Nos humanos, os ouvidos são localizados na região do crânio, um de cada lado, e são acompanhados pelas orelhas (região externa).

Funcionamento

Equilíbrio

Uma função importante do ouvido é a de auxiliar o corpo humano a se manter em equilíbrio. Para isso, os ouvidos captam informações do ambiente que ajudam a determinar a posição do corpo em relação a determinados referenciais.

Na região interna da orelha estão localizados os labirintos, que são canais semicirculares preenchidos por líquidos. Embora não seja uma estrutura que participa do processo da audição, os labirintos são os principais responsáveis pela determinação da nossa posição em relação ao ambiente.

Essa determinação se dá a partir da movimentação do líquido do labirinto: ao movimentarmos a cabeça, o líquido também se movimenta e estimula nervos que conseguem enviar ao cérebro diversas informações sobre o posicionamento do corpo.

Dali em diante, o cérebro interpreta e envia aos músculos os comandos para que eles possam manter o corpo em equilíbrio.

Captação de sons

A região da orelha externa, também denominado pavilhão auditivo, é a região responsável por captar o som vindo do ambiente e concentrá-lo, para que o ouvido receba os sons e os diferenciem.

Após serem captadas e concentradas, as ondas sonoras adentram a parte interna do aparelho auditivo. Em seguida passam pelas orelhas médias, onde as membranas presentes no limite entre a orelha média e a orelha externa vibram.

Essas membranas são denominadas tímpanos. Após o tímpano receber a vibração, ele a transmite para três ossos bastante pequenos, denominados martelo, bigorna e estribo. Por serem sólidos, conseguem aumentar a velocidade de transmissão do som. Em seguida, a vibração chega à janela oval onde se concentra e amplifica o som.

Anatomia

O ouvido é dividido em três regiões: ouvido externo, ouvido médio e ouvido interno.

Ouvido externo

O ouvido externo é a região responsável por receber as ondas sonoras. A região do ouvido externo compreende a orelha, o meato acústico e as membranas do ouvido.

  • Orelha: a orelha ou pavilhão auricular, auxilia na captação das ondas sonoras. É constituída de uma placa de cartilagem recoberta com pele. Essa placa tem formato irregular e possui, na pele que a recobre, algumas glândulas sebáceas.
  • Meato acústico: o meato acústico é a região que se estende desde o ouvido externo até a membrana do tímpano. Seu formato é de um canal achatado, constituído de paredes bastante rígidas e capazes de mantê-lo sempre aberto. Na região mais externa do canal existe cartilagem elástica, que é a continuação da cartilagem elástica da orelha. O restante do canal é constituído pelo osso temporal. Internamente, o meato acústico é revestido por uma pele, onde podem ser encontrados diversos pelos e glândulas sebáceas e ceruminosas.
  • Membrana timpânica: a membrana timpânica é uma membrana de formato oval localizada no fundo do meato. É uma membrana recoberta externamente por pele e internamente por epitélio. Entre a pele e o epitélio existe uma fina rede de fibras elásticas. A função principal da membrana timpânica é de transmitir as ondas sonoras para os ossos presentes no ouvido médio.

Ouvido médio

O ouvido médio é a região em que ocorre a transformação das ondas sonoras em vibrações mecânicas. É caracterizado por ser uma cavidade entre a membrana timpânica e a superfície óssea do ouvido interno.

Anteriormente, o ouvido médio se comunica com a faringe através da Trompa de Eustáquio. Enquanto que posteriormente, o ouvido médio se comunica com as cavidades de ar do osso temporal.

Na parede medial estão localizadas duas regiões que não possuem ossos: são recobertas apenas por uma membrana. Essas duas regiões são denominadas janela oval e janela redonda.
 
 O martelo, a bigorna e o estribo são três ossos bastante pequenos que ligam a janela oval ao tímpano. Eles são responsáveis por transmitir as vibrações mecânicas vindas da membrana timpânica até o ouvido interno.

O martelo é o ossículo localizado imediatamente após a membrana timpânica, enquanto que o estribo se localiza na janela oval. O martelo está localizado entre esses dois ossículos.

Ouvido interno

O ouvido interno, também denominada labirinto é uma estrutura de duas partes: A cóclea e o sistema vestibular.

  • Cóclea: a cóclea é caracterizada por ser um canal em formato de caracol que é preenchido por líquido. Em sua região interna, podem ser encontradas aproximadamente 20 mil células ciliadas. Os cílios dessas células estão localizadas dentro do líquido da cóclea e vibram ao receber vibrações do ouvido médio. Quando as células ciliadas são submetidas a ruídos muito intensos, elas podem ser lesionadas e até mesmo destruídas. No caso de serem destruídas, o organismo não fará a substituição, podendo causar lesões progressivas e, até mesmo, a perda auditiva.
  • Sistema vestibular: o sistema vestibular é formado por duas bolsas repletas de líquido chamadas sáculo e utrículo, além de três tubos também preenchidos de líquido, chamados canais semicirculares. Esse conjunto é responsável por reunir informações sobre o posicionamento do corpo e a movimentação da cabeça. O sistema nervoso recebe essas informações e, a partir delas, consegue manter o corpo em equilíbrio. Quando os canais semicirculares não conseguem cumprir suas funções, o indivíduo pode perder seu senso de equilíbrio ou ter a falsa sensação de estar se movendo ou girando - sensação conhecida como vertigem.

Exercícios

Exercício 1
(UFC)

No homem, os canais semicirculares, órgãos responsáveis pela manutenção do equilíbrio, estão localizados:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...