Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Pirâmide Alimentar

William Mira
Publicado por William Mira
Última atualização: 26/9/2018

Introdução

A Pirâmide Alimentar é um gráfico esquematizado da quantidade de alimentos necessária diariamente para uma nutrição saudável e adequada. O instrumento visa orientar as pessoas a uma nutrição saudável, como um guia alimentar.

A quantidade exata de cada alimento que um indivíduo precisa consumir diariamente depende de vários fatores como idade, sexo, peso, predisposição para a obesidade, necessidades individuais, etc. Por isso é necessário o planejamento alimentar junto de um profissional da área nutricional para planejar corretamente a dieta mais adequada.

Cada parte da pirâmide representa um grupo de alimentos e sua proporção que deve ser consumida diariamente. Assim, os alimentos que precisam ser consumidos em maior quantidade estão na base da pirâmide e os alimentos que precisam ser consumidos em menor quantidade ou evitados estão no topo.

Grupos da Pirâmide Alimentar

Independente do modelo da pirâmide adotado, os alimentos contidos podem ser divididos em quatro grupos:

  • Energéticos: Geralmente compondo a base da pirâmide, são os carboidratos como arroz, pão, massas e tubérculos, como batata e mandioca. Com preferência pela versão integral desses alimentos (no caso do pão e do arroz). Alguns lipídios também entram nessa categoria.
  • Reguladores: Após os carboidratos, os alimentos a serem mais consumidos são os reguladores, como as frutas, verduras e legumes. São fontes de vitaminas e minerais que agem regulando as funções vitais e metabólicas do organismo.
  • Construtores: São as proteínas, como o leite e seus derivados. como queijo e iogurte, assim como os ovos e as carnes, algumas leguminosas como o feijão e a soja. É um grupo importante para fornecer os aminoácidos necessários para a síntese protéica, mas deve ser consumido moderadamente.
  • Energéticos Extras: Localizados no topo da pirâmide, são os alimentos que devem ser evitados ou consumidos em pequenas quantidades como os alimentos processados, doces, açúcares, gorduras saturadas e gorduras trans.

Tipos de Pirâmides Alimentares

As pirâmides alimentares podem apresentar variações de acordo com os hábitos, cultura e diversidade de alimentos do local em que ela foi formulada. Ainda assim, todas elas têm o objetivo comum de orientar para uma alimentação mais nutritiva e saudável.

Pirâmide Norte-Americana Antiga

A primeira pirâmide alimentar foi formulada e divulgada em 1992 pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos. Essa primeira pirâmide era dividida em oito grupos divididos em quatro andares, onde o principal alimento consumido deveria ser o carboidrato:

  • 1º Andar (base da pirâmide): Carboidratos;
  • 2º Andar: Frutas e Hortaliças;
  • 3º Andar: Leites e Derivados, carnes e leguminosas;
  • 4°Andar (topo da pirâmide): Doces e gorduras.

Pirâmide Alimentar Norte-Americana.Pirâmide Alimentar Norte-Americana.

Esse tipo de formulação da pirâmide levantou questões sobre possíveis prejuízos à saúde. O principal motivo foi a presença de gorduras no topo da pirâmide, induzindo que a ingestão de gorduras é totalmente prejudicial a saúde e a presença de carboidratos na base da pirâmide, mostrando que os carboidratos não oferecem riscos à saúde.

A ingestão de lipídios é fundamental para processos como a manutenção da membrana plasmática celular. Assim como existem carboidratos ruins para saúde e que estão localizadas na posição privilegiada da pirâmide, existem gorduras e lipídios essenciais para o bom funcionamento do organismo e estão ocupando o topo da pirâmide.

Pirâmide Norte-Americana Nova

Também chamada de Pirâmide Funcional, esse tipo de infográfico foi criado em Harvard levando em considerações estudos a respeito dos alimentos reguladores, fibras e de outros fatores que também contribuem para uma melhor qualidade de vida, como a prática de atividade física e a ingestão de líquidos.

Também considerava o consumo moderado de vinho saudável para evitar doenças cardiovasculares. A nova pirâmide alimentar continha apenas sete andares alimentares.

  • 1º andar (base): prática de atividade física e consumo de água.
  • 2º andar: Cereais integrais (fonte de fibras) e óleos vegetais, como azeite (fonte de lipídios).
  • 3º andar: Legumes, frutas e verduras (fonte de vitaminas e minerais).
  • 4º andar: Oleaginosas, como castanhas (fibras e vitaminas), e leguminosas, como feijão e grão de bico (proteína vegetal e minerais).
  • 5º andar: Peixes, frangos e ovos (proteína animal).
  • 6º andar: Laticínios, como queijo e iogurte (proteínas e minerais como cálcio).
  • 7º andar (topo): Carne vermelha, manteiga, arroz não-integral, doces, macarrão e alimentos processados (fontes energéticas com elevado índice de gorduras saturadas, carboidratos prejudiciais e gorduras trans).

Pirâmide Funcional.Pirâmide Funcional.

Em 2011, os Estados Unidos formularam uma nova proposta de infográfico para substituir a pirâmide funcional. O infográfico tem formato circular, como um prato, e não é tão detalhado quanto a pirâmide funcional. Também se concentra apenas nos hábitos alimentares, não mostrando a prática de atividade física ou o consumo de água.

Nova proposta de modelo alimentar dos EUA.Nova proposta de modelo alimentar dos EUA.

Pirâmide Brasileira

A primeira pirâmide alimentar brasileira foi criada em 1999, se baseando principalmente nos padrões alimentares norte-americanos, de onde as pirâmides alimentares haviam sido criadas há mais tempo.

O Ministério da Saúde divulgou em 2013 uma nova pirâmide alimentar que levava em conta a realidade do Brasil e a disponibilidade de alimentos do país.

A principal característica da pirâmide brasileira de 2013 foi a inclusão de alimentos tipicamente brasileiros como arroz e feijão, caju, graviola e castanhas, além de outros alimentos incluídos para evitar casos de má nutrição como o consumo de arroz integral, peixes e verduras de coloração verde escura.

Com a intenção de alertar quanto aos problemas da obesidade, a pirâmide brasileira propõe o consumo de 2000 calorias diárias, diferente da pirâmide americana que estipula um valor de 2500 calorias diárias.

A última atualização do Ministério da Saúde para a alimentação brasileira saudável foi a criação de um “Guia Alimentar para a População Brasileira” para auxiliar na formulação de uma dieta mais saudável, prevenindo doenças como obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares.

O Guia deixa de considerar grupos alimentares e quantidades e se concentra na forma de produção do alimento, sugerindo evitar comidas processadas industrialmente e os famosos fast-foods.

Pirâmide Alimentar Brasileira.Pirâmide Alimentar Brasileira.


Exercícios

Exercício 1
(UCS/2016)

“A pirâmide alimentar é uma representação gráfica que sistematiza os alimentos de acordo com suas funções e seus nutrientes, indicando como eles devem ser inseridos na alimentação diária e em que proporções. A adotada no Brasil foi criada em 1999, pela pesquisadora Sonia Tucunduva Philippi, do Departamento de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública, da Universidade de São Paulo (USP).

Para se adequar à dieta dos brasileiros e melhorar ainda mais sua qualidade nutricional, considerando fatores como taxa de obesidade e número de casos de doenças como diabetes e colesterol, esse modelo de pirâmide acabou passando por algumas modificações em 2013. As proporções continuaram as mesmas, assim como a disposição dos oito grupos alimentares, como pode ser constatado no infográfico abaixo.

A mudança está na inclusão de novos alimentos, como arroz integral, folhas verde escuras, salmão, sardinha e oleaginosas. A nova pirâmide também conta com a redução do valor energético diário para 2.000 calorias (a de 1999 previa 2.500 calorias), o fracionamento da dieta em seis porções diárias e o incentivo à prática de atividades físicas.

Disponível em:   <http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2013/07/13/piramide-alimentar-e-redesenhada-para-melhorar-a-dieta-dos-brasileiros.htm>. Acesso em: 22 fev. 16. (Adaptado.)”

Tendo como referência as informações apresentadas no texto e no infográfico, assinale a alternativa correta.

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...