Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Problemas ambientais

Jéssica Maciel
Publicado por Jéssica Maciel
Última atualização: 19/12/2018

Introdução

Os problemas ambientais são alterações na dinâmica da natureza. Essas alterações, que incluem a intensificação de processos naturais, são causados, direta ou indiretamente, pela interferência humana.

📚 Você vai prestar o Enem 2020? Estude de graça com o Plano de Estudo Enem De Boa 📚

Chuvas Ácidas

Dentre os principais problemas ambientais decorrentes da poluição está a chuva ácida. Trata-se de um fenômeno em que a grande concentração de gases poluentes lançados na atmosfera reagem com as partículas de água nas nuvens, deixando a chuva com caráter mais ácido do que o natural. 
Quando a água da chuva ácida atinge o solo e os rios e lagos, ocorre a alteração de diversos fatores biológicos no entorno do local afetado. É comum que após o contato com a chuva ácida a água e o solo se tornem impróprios para alguns organismos, o que resulta em sua morte.

🎓 Você ainda não sabe qual curso fazer? Tire suas dúvidas com o Teste Vocacional Grátis do Quero Bolsa 🎓

Eutrofização 

A eutrofização é um processo causado pela alta concentração de matéria orgânica em ambientes aquáticos. Sua maior incidência ocorre pela ação do homem, muito embora seja um processo que pode ocorrer de forma natural.

Um dos fatores mais relevantes quanto a ocorrência da eutrofização está a poluição dos ambientes aquáticos por meio do depósito de esgotoefluentes industriais e fertilizantes agrícolas. 

Nesse processo, a quantidade em excesso de fosfato e nitrato propicia a multiplicação de algas que tem como habitat natural a superfície da água. Com o crescimento dessa população de algas, forma-se uma densa camada que impede a penetração da luminosidade

A partir disso, a taxa de fotossíntese das camadas abaixo dessa camada de algas fica prejudicada o que consequentemente faz com que a concentração de oxigênio na água diminua. Assim, a demanda respiratória de peixes e mamíferos aquáticos não é suprida, o que causa a extinção desses animais daquele ambiente. 
Além da baixa taxa de oxigênio, outro fator que também se modifica é o número de bactérias anaeróbicas nesse habitat, que tende a subir exponencialmente e a liberar toxinas que comprometem toda a cadeia alimentar do local. 

Efeito Estufa

O efeito estufa é um fenômeno natural da Terra, responsável por manter a temperatura média do planeta o mais estável possível, ideal para a existência da vida. Esse efeito acontece pois existe na atmosfera terrestre um conjunto de camadas gasosas, neste casos formadas por dióxido de carbono, óxidos de azoto, metano e ozônio. Esses gases embora permitam a circulação da luz solar, conseguem reter parte do calor desta luz. 

Embora seja um fenômeno natural e necessário, a destruição e a queima de florestas, além da emissão de gases poluentes fazem com que o efeito estufa aumente e consequentemente a elevação da temperatura do ambiente terrestre.

Aquecimento Global

O aquecimento Global é o nome dado ao processo de aumento da temperatura média no planeta Terra. É um fenômeno acelerado pela ação humana por meio principalmente da emissão de gases-estufa como o dióxido de carbono e o gás metano.

Inversão térmica 

Os grandes centros urbanos, principalmente os localizados em áreas de serras ou montanhas são as regiões comumente mais afetadas pela inversão térmica. Essa inversão acontece quando o ar frio e mais denso não consegue circular por uma camada de ar mais quente e menos densa. Sem essa circulação ocorrem alterações significativas na temperatura do local. 
Um dos agravantes dessa situação é que com a impossibilidade de circulação, o ar mais denso (frio) fica retido nas regiões mais próximas da superfície retendo junto a ele uma grande quantidade de gases poluentes. Essa camada de ar denso é facilmente verificada ao apresentar uma cor acinzentada decorrente da alta concentração de gases emitidos pelas indústrias e pelos automóveis, principalmente. 

Rarefação da camada de ozônio 

A camada de ozônio é uma camada constituída majoritariamente pelo gás ozônio e atua como um filtro capaz de reter mais de 90% dos raios ultravioleta B (UVB) emitidos pelo Sol.

Ocorre que, com o aumento da industrialização, ocorre também a emissão de substâncias capazes de degradar a camada de ozônio. Esse fenômeno é denominado buraco na camada de ozônio, muito embora não ocorra a formação de buracos mas a rarefação da camada em diversas regiões. 

Com essa rarefação, a quantidade de raios ultravioleta que atingem a superfície terrestre aumenta significativamente, o que traz consigo diversos problemas ambientais e até mesmo de saúde pública como o aumento da incidência de câncer de pele. Os principais gases capazes de promover essa rarefação são os CFCs (Clorofluorcarbonos) que reagem com as moléculas de ozônio e as degradam contribuindo para os consequentes danos na camada de Ozônio.

a poluição advinda das fábricas contribuem diretamente com diversos problemas ambientais como chuva ácida, inversão térmica, rarefação na camada de Ozônio, entre outros.A poluição advinda das fábricas contribuem diretamente com diversos problemas ambientais como chuva ácida, inversão térmica, rarefação na camada de Ozônio, entre outros.


Exercícios

Exercício 1
(ENEM/2010)

O despejo de dejetos de esgotos domésticos e industriais vem causando sérios problemas aos rios brasileiros. Esses poluentes são ricos em substâncias que contribuem para a eutrofização de ecossistemas, que é um enriquecimento da água por nutrientes, o que provoca um grande crescimento bacteriano e, por fim, pode promover escassez de oxigênio.

Uma maneira de evitar a diminuição da concentração de oxigênio no ambiente é:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...