Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Conhecimento Geral

Fake News

Gabriela Costa Costa
Publicado por Gabriela Costa Costa
Última atualização: 8/12/2019

Introdução

O termo Fake News, notícias falsas, popularizou-se no Brasil depois das eleições presidenciais de 2018. Mas já estava sendo amplamente utilizado desde 2016, nos Estados Unidos, durante o embate entre Donald Trump e Hillary Clinton.


Fake News são notícias falsas com conteúdos sensacionalistas.

Essa expressão, no entanto, data de muito antes, sendo usada desde o século XIX para designar notícias manipuladas e informações falsas - tanto escritas como imagéticas -, com conteúdos apelativos e sensacionalistas, e que tem como objetivo prejudicar alguém ou algo.

Elas circulam, em especial, nos veículos de comunicação, mas hoje em dia, tendo as redes sociais adquirido uma importância notável, as Fake News possuem um potencial viral cada vez maior.

Era da Pós-verdade: como funcionam as Fake News

Hoje, com o advento da internet, grupos dispostos a criar e espalhar Fake News possuem sistemas de atuação que ajudam na disseminação dessas notícias falsas no mundo online.

Conforme determinado assunto é mencionado, um programa criado para disseminar a notícia envia o link para diversos lugares - numa velocidade que seria impossível de ser realizada por um ser humano -, potencializando, assim, a espalhabilidade da mensagem.

Estudos foram realizados para comprovar que a capacidade de disseminação dessas Fake News, é muito superior a de uma notícia verdadeira. Isso tem a ver com seu caráter polêmico, chamativo e sensacionalista. Isso faz com que pessoas enviem tais informações em redes como o Facebook e Whatsapp, sem a apuração que um texto jornalístico teria.

Consequências e formas de combatê-las

Infelizmente, em uma sociedade cada vez mais desinformada, as Fake News incitam violências, como no lastimável caso da dona de casa Fabiane Maria de Jesus, espancada até a morte em 2014, no Guarujá. Essa terrível busca por justiça “com as próprias mãos” dos moradores deu-se em virtude de informações falsas e o retrato falado de uma suposta sequestradora de crianças.

Nos Estado Unidos, nas eleições de 2016, muitas Fake News foram espalhadas, a ponto agências terem sido denunciadas pelo Departamento de Justiça Americano.

Após divulgação de Fake News a respeito do perigo de vacinas, o Ministério da Saúde, no Brasil, divulgou em seu site oficial uma notificação e um número de Whatsaap para que pessoas enviem as Fake News a respeito da área da saúde, para que eles possam combatê-las. Além disso, quando falamos de saúde podemos nos informar em diversos sites e livros, comparar informações e validar a fonte, checando quem foram os autores da notícia em questão antes de tirar qualquer conclusão.

Referências

D’ANCONA, Matthew. Pós-verdade: A Nova Guerra Contra os Fatos em Tempos de Fake News. Faro Editorial, 2018.


Exercícios

Exercício 1
(FUNRIO/2018 – ADAPTADA)

As fake news nas eleições

O fenômeno não é novo. Muito menos exclusivo do Brasil. Ao contrário. As chamadas fake news, ou notícias falsas, que inundaram as mídias digitais já polarizaram as eleições tanto aqui como nos EUA, onde Donald Trump surfou a onda e saiu vencedor movido a uma bateria de desinformações que favoreceram a sua candidatura.

Considerando o fragmento do artigo de Carlos José Marques, avalie estas informações:

  • A história da imprensa aponta que jornais sensacionalistas, por vezes, disseminaram notícias falsas ao longo do tempo, como o emblemático caso do bebê-diabo, veiculado pelo jornal Notícias Populares.
  • Além do volume de informações, nas redes sociais, os layouts dissimulados contribuem para o rápido compartilhamento de notícias falsas.
  • As fake news podem ser pensadas no contexto da pós-verdade, eleita a palavra do ano pelo dicionário Oxford em 2016.
  • As redes sociais têm pouca relevância na circulação das fake news no cenário político, visto que o meio impresso é o principal responsável pela disseminação desse tipo de notícia.
  • Logo, é plenamente CORRETA a sequência apresentada na seguinte alternativa:

    Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

    Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

    Carregando...