Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Geografia

APEC

Maria Júlia Rossetto
Publicado por Maria Júlia Rossetto
Última atualização: 24/4/2019

Introdução

A Cooperação Econômica da Ásia-Pacífico (APEC) é um bloco econômico diferenciado. Sua motivação não foi a proximidade geográfica. Prova disso é que países de continentes diferentes participam dele.

Sua fundação foi em 1989, mas na época, não como um bloco, mas sim um fórum econômico chamado ASEAN (Associaton of The SouthEast Asian Nations). A denominação de bloco veio apenas em 1993.

Cooperação Econômica Ásia-Pacífico

Logo da APEC.

A Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC) é um fórum de 21 países, que visa promover o livre comércio e a cooperação econômica em toda a região da Ásia-Pacífico. 

Sua criação foi em resposta ao seguinte fatores:

  • interdependência crescente das economias da região Ásia-Pacífico;
  • surgimento dos blocos econômicos em outras partes do mundo; 
  • temores de que o Japão passasse a dominar a atividade econômica na região.

Países que pertencem à APEC.

País membro da APECData de adesão
AustráliaNovembro de 1989
Brunei DarussalamNovembro de 1989
CanadáNovembro de 1989
Estados UnidosNovembro de 1989
IndonésiaNovembro de 1989
JapãoNovembro de 1989
Coreia do SulNovembro de 1989
MalásiaNovembro de 1989
Nova ZelândiaNovembro de 1989
FilipinasNovembro de 1989
SingapuraNovembro de 1989
TailândiaNovembro de 1989
Taipé ChinesaNovembro de 1991
Hong KongNovembro de 1991
República Popular da ChinaNovembro de 1991
MéxicoNovembro de 1993
Papua Nova-GuinéNovembro de 1993
ChileNovembro de 1994
PeruNovembro de 1998
RússiaNovembro de 1998
VietnãNovembro de 1998

A APEC pretende estabelecer a livre troca de mercadorias entre todos os países do grupo até 2020 e inclui economias emergentes importantes. 

Seus membros são responsáveis por aproximadamente 40% da população, cerca de 54% do produto interno bruto (PIB) e aproximadamente 44% do comércio de todo o mundo. 

Em dados mais específicos, o bloco reúne uma população de 2.559,3 milhões de habitantes, alcançando um PIB de US$ 18.589,2 trilhões, exportações no valor de US$ 2.891,4 trilhões e importações de US$ 3,094,5 trilhões.

Características da integração

Países muito diferentes entre si nas áreas econômicas, política, social e culturalmente integram a APEC. Além disso, Japão e a China estão lado a lado com diversos países subdesenvolvidos.

Para os EUA, a área de livre comércio é muito vantajosa, já que os principais produtos que os norte-americanos importam são primários e os que exportam são produtos industrializados. Já para os países subdesenvolvidos, a vantagem não é tão grande, já que eles aumentam a exportação, mas continuam dependentes da economia de países desenvolvidos.

Alguns países do leste africano questionam o objetivo da APEC, que acaba atuando como um mecanismo para abrir mercados e aumentar os lucros de países desenvolvidos, sem necessariamente beneficiar o conjunto da região.

A China tem o maior percentual de crescimento entre os países membros da APEC, chegando a 7,8% mesmo com a epidemia de SARS em 2003, e não ficando abaixo de 7% nos anos seguintes. O país é considerado a locomotiva do crescimento de todo o bloco.


Exercícios

Exercício 1
(ENEM/2015)

Não acho que seja possível identificar a globalização apenas com a criação de uma economia global, embora este seja seu ponto focal e sua característica mais óbvia. Precisamos olhar além da economia. Antes de tudo, a globalização depende da eliminação de obstáculos técnicos, não de obstáculos econômicos. Isso tornou possível organizar a produção, e não apenas o comércio, em escala internacional.

HOBSBAWM, E. O novo século: entrevista a Antonio Polito. São Paulo: Cia. das Letras, 2000 (adaptado).

Um fator essencial para a organização da produção, na conjuntura destacada no texto, é a:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...