Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Geografia

Burocracia

Maria Clara Cavalcanti
Publicado por Maria Clara Cavalcanti
Última atualização: 7/11/2018

Introdução

burocracia é um sistema organizacional no qual estão inscritos aparelhos administrativos que incluem a divisão de responsabilidades, trabalho e procedimentos. Sendo assim, pode-se defini-la como um conceito administrativo, constituído por um forte sistema hierárquico que inclui a realização de regras e procedimentos considerados padrões. A impessoalidade também é uma característica intrínseca à burocracia. 

A burocracia é o modelo de organização de inúmeras instituições públicas e privadas e funciona com o objetivo final da realização de tarefas necessárias ao funcionamento destas instituições. Para isso, institui níveis hierárquicos, o apego ao dever, a divisão do trabalho em tarefas específicas para cada funcionário, etc. 

A burocracia é um aparato surgido no contexto do desenvolvimento de uma economia monetária, do aumento do consumo, da concentração do poder em uma figura central, da consolidação dos grandes Estados modernos e afins. 

No Brasil, é comum que o termo burocracia seja empregado com conotações negativas, para se referir à ineficiência e lentidão dos aparelhos e corporações, ligadas ao Estado ou à iniciativa pública. 

Histórico

Foi na segunda metade do século XVIII que surgiu o termo burocracia, a fim de dar nome aos procedimentos do órgão estatal. A palavra burocracia - cunhada pela primeira vez pelo ministro francês da época - origina do termo latino burrus e do termo francês bureau. A palavra possuía um cunho denotativo e irônico uma vez que era empregada para se referir à lentidão e excesso de trâmites das repartições públicas. 

Foi na União Soviética do século XX que o termo começou a ser refletido por intelectuais da tradição marxista e tornou-se, assim, objeto da crítica a um aparelho de Estado extremamente rígido, que com seus procedimentos lentos e complexos, acabava por dificultar a participação política e a atuação democrática da população. 

Perspectivas sobre a burocracia

O economista alemão Max Weber, pensador da teoria sociológica clássica, escreveu “O que é Burocracia?” em 1940 e ali criou a Teoria da Burocracia, a fim de tentar expor as formas como os aparelhos estatais e empresariais funcionam. 

Segundo Weber, a burocracia esteve presente desde a antiguidade, mas foi com a consolidação dos estados modernos que atingiu o mais alto grau de racionalidade, tornando legais as normas e regulamentos.

Em “O que é Burocracia?” o autor chama a atenção para os graus de administração e impessoalidade dos procedimentos e as correlações entre os níveis socioeconômicos das pessoas e os lugares que ocupavam na hierarquia do sistema burocrático. Na perspectiva de Weber, a burocracia não deve ser necessariamente rechaçada como um aparato somente negativo, nem deve ser aderida de forma acrítica. 

Ou seja, esse sistema organizacional é interpretado pelo autor como crescente e inevitável, espalhando-se tanto pela esfera pública como pela esfera privada. Em suma, entende que a instrumentalização dos processos presentes nas formas de trabalho permeadas pela burocracia acaba por se estender para a vida quotidiana dos indivíduos. 

Em suma, as principais características da burocracia podem ser listadas em: 

  • remunerações feitas em dinheiro;
  • regras e regulamentos escritos são o que determinam as tarefas dos funcionários;
  • funcionários são escolhidos a partir de suas qualificações específicas e competências técnicas;
  • existem códigos disciplinares e regras baseadas na hierarquia que os funcionários devem cumprir e que instituem as relações de autoridade; 
  • a impessoalidade dos procedimentos é fator fundamental;
  • a divisão do trabalho é constituinte da burocracia, determinando-se pela competência técnica de cada funcionário. 

Nas discussões acerca da burocracia estatal, o economista e sociólogo Ludwig von Mises aponta para o fato de que a ação do Estado burocrático pode representar a lentidão na realização dos processos e do atendimento às demandas, falta de mobilidade e flexibilidade.

Max Weber, intelectual, jurista e economista alemão.Max Weber, intelectual, jurista e economista alemão.


Exercícios

Exercício 1
(VUNESP-2009)

Estão entre as características principais da burocracia, segundo Weber

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...