Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Geografia

Eclipse Lunar

Bianca Ferraz
Publicado por Bianca Ferraz
Última atualização: 18/9/2019

Introdução

O eclipse lunar é um fenômeno astronômico em que a sombra da Terra oculta, de forma parcial ou integral, a Lua. Esse fenômeno pode ser visto a olho nu.

Para que esse tipo de eclipse ocorra, é necessário um alinhamento (perfeito ou aproximado) entre o Sol, a Terra e a Lua, sendo que a Terra deve estar posicionada entre esses dois outros corpos celestes.

O funcionamento geral do eclipse lunar se assemelha à ocorrência do solar, com a diferença de que, no eclipse lunar, é a Terra o corpo responsável pelo encobrimento de outro corpo (a Lua, no caso).

Vale também lembrar que os eclipses lunares podem acontecer apenas durante a Lua Cheia, pois é nessa fase em que a Terra se interpõe entre o Sol e a Lua.

Além disso, para que ocorra um eclipse lunar, é necessário que o período de Lua Cheia coincida com a passagem da Lua pelo seu nodo orbital, isto é, a Lua deve estar posicionada de modo a cruzar um ponto determinado da órbita da Terra.

É justamente o cruzamento com o nodo orbital o responsável por determinar o tipo (penumbral, parcial ou total) e a duração do eclipse.

O nodo orbital pode ser classificado de duas maneiras: como ascendente ou descendente, de acordo com a direção que a Lua cruza o plano.

Uma diferença bastante expressiva em relação ao eclipse solar é que este é visto apenas por uma estreita faixa da Terra, enquanto o eclipse lunar pode ser visto de qualquer região do planeta em que seja noite durante sua ocorrência.

Tipos de eclipse lunar

Embora as duas maiores classificações para eclipses da Lua sejam os parciais ou totais, há, também, o eclipse lunar penumbral e o eclipse lunar horizontal, que é considerado raro.

Os eclipses totais ou parciais são fenômenos que acontecem na região da umbra, isto é, de uma região que não é iluminada diretamente pelo Sol.

Em contrapartida, os eclipses lunares penumbrais acontecem, como sugere o próprio nome, na penumbra, região em que apenas parte da iluminação é bloqueada.

Veja, a seguir, a classificação dos tipos de eclipse lunar:

  • Eclipse lunar total: ocorre quando a Terra se interpõe entre o Sol e a Lua, que acaba tendo sua face completamente escondida pela sombra terrestre;
  • Eclipse lunar parcial: nesse caso, a Terra, ao se interpor entre o Sol e a Lua, oculta apenas uma parte desta, permitindo que a parte restante fique visível;
  • Eclipse lunar penumbral: a maior diferença do eclipse lunar penumbral para os outros eclipses lunares é que ele acontece na região da penumbra. Assim, quando ocorre um eclipse lunar penumbral, há uma pequena variação em relação ao brilho da Lua, que pode facilmente passar despercebido. No entanto, quando há o eclipse penumbral total, ou seja, quando a Lua entra inteiramente na região de penumbra, ocorre uma variação no gradiente da luminosidade visível. A ocorrência do eclipse total penumbral é raríssima.
  • Eclipse lunar horizontal: o chamado eclipse lunar horizontal ocorre quando o Sol e a Lua, em eclipse, estão visíveis simultaneamente. Trata-se de um tipo de eclipse muito raro e que só é visível caso o eclipse lunar ocorra perto do poente ou antes do nascente.

Ocorrência e frequência dos eclipses lunares

Os eclipses lunares são eventos relativamente frequentes, pois acontecem ao menos duas vezes a cada ano. É possível prever sua ocorrência a partir da data de eclipses anteriores.

É importante lembrar que, embora ocorra na Lua Cheia, esse fenômeno não se repete a cada ciclo lunar porque existe uma diferença de cinco graus entre o plano da órbita da Lua ao redor da Terra e o plano da órbita da Terra ao redor do Sol.


Exercícios

Exercício 1
(UCS/2012)

Os eclipses ocorrem quando um astro, na sua movimentação pelo espaço sideral, oculta momentaneamente outro astro.

Observe o desenho:

 

(Adaptado de NASA/Goddard Space Flight Center – Eclipses)

O desenho acima está representando o eclipse:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...