Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Geografia

Regiões do Brasil

Angelo Carvalho
Publicado por Angelo Carvalho
Última atualização: 26/11/2018

Introdução

Em 1969, o Governo Federal oficializou a regionalização do território brasileiro. Essa regionalização foi realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que utilizou de análises do espaço geográfico do país e técnicas estatísticas para determinar a divisão das regiões do Brasil.

Com essa metodologia, o IBGE pretendia realizar a divisão do espaço em regiões de forma mais científica e exata, ao invés de se basear em observações de cada área. Para delimitar essas regiões homogêneas, utilizou-se índices como:

  • Nível de Industrialização;
  • Densidade Demográfica;
  • Renda Per Capita;
  • Taxa de Natalidade e Mortalidade;
  • Clima;
  • Vegetação;

Por meio do estudo desses parâmetros, delimitou-se cinco microrregiões formadas por um grupo de estados que possuem características semelhantes. É importante salientar que essa divisão respeita os limites políticos de cada estado.

Divisão das regiões do Brasil proposta pelo IBGE.Divisão das regiões do Brasil proposta pelo IBGE.

Centro-Oeste

Composta por três estados, sendo eles: Mato Grosso (MT), Mato Grosso do Sul (MS) e Goiás (GO), mais o Distrito Federal (DF), a região Centro-Oeste possui a segunda maior extensão territorial país. Em termos populacionais, a região Centro Oeste possui cerca de 16,09 milhões de habitantes e densidade demográfica de 10,01 habitantes/km².

É a única região que faz divisa com todas as outras e também é a única que não possui litoral. O clima predominante do Centro Oeste é o tropical, entretanto, ao norte do Mato Grosso, há ocorrência do clima equatorial.

Nessa região, a pecuária é a atividade mais importante. A agricultura comercial, por sua vez, vem ganhando força ao longo dos últimos anos. As atividades industriais no entanto, ainda são pouco expressivas.

Nordeste

É a terceira maior extensão territorial do Brasil e é constituída por nove estados: Alagoas (AL), Bahia (BA), Ceará (CE), Maranhão (MA), Paraíba (PB), Pernambuco (PE), Piauí (PI), Rio Grande do Norte (RN) e Sergipe (SE). Tem 53,59 milhões de habitantes - sendo a segunda região mais populosa do país -, e densidade demográfica de 36,39 habitantes/km².

Na região Nordeste há incidência de vários tipos de clima. Na divisa entre o Maranhão e o Piauí, o clima predominante é o equatorial. O clima tropical também está presente nesses estados além da Bahia e do Ceará. Em todo o sertão nordestino o clima é semiárido.

economia do Nordeste é a terceira maior do Brasil, tendo como atividades em destaque o turismoa agricultura de produtos como cana-de-açúcar a algodão e a pecuária.

Norte

região Norte é mais extensa do Brasil, abrangendo aproximadamente 45% de todo o território nacional. Possui, segundo o IBGE 15,8 milhões de pessoas distribuídas em sete estados, são eles: Acre (AC), Amapá (AP), Amazonas (AM), Pará (PA), Rondônia (RO), Roraima (RR) e Tocantins (TO).

É a região que possui menor densidade demográfica, com cerca de 4,72 habitantes/km².

É coberta pela Floresta Amazônica e também apresenta algumas pequenas faixas de mangue e cerrado. O clima predominante é o equatorial, com presença de altas temperaturas e índices pluviométricos durante todo o ano.

região Norte apresenta a maior bacia hidrográfica do mundo, a Bacia Amazônica, formada pelo rio Amazonas e milhares de afluentes. Devido ao tamanho do rio, existem diversos portos ao longo do mesmo, tendo grande relevância para a economia local. As principais atividades econômicas são industriais, em especial na Zona Franca de Manaus, de extrativismo vegetal e mineral, agricultura e pecuária.

Sudeste

região Sudeste é a mais populosa do Brasil, com cerca de 80 milhões de habitantes e densidade demográfica de 92,05 habitantes/km². É formada por quatro estados: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Minas Gerais (MG) e Espírito Santo (ES).

O clima dessa região é o tropical no litoral e em algumas outras áreas. Também é possível encontrar o clima subtropical mais ao sul da região Sudeste.

É a região mais rica do Brasil, com um PIB que corresponde a quase metade do PIB nacional. No Sudeste também se encontra a megalópole Rio-São Paulo, eixo econômico, social, cultural de grande importância nacional.

economia da região Sudeste é muito forte e diversificada. A indústria é a atividade que mais emprega trabalhadores na região e o setor de agricultura é considerado o mais desenvolvido e diversificado do país. 

Sul

Região Sul é a menor região do Brasil em área territorial, com uma população de 27,4 milhões de habitantes e densidade demográfica de 50,31 habitantes/km². É composta por três estados, sendo eles: Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Possui clima subtropical, registrando as mais baixas temperaturas do país, com eventual presença de neves em alguns locais. Possui estações bem definidas e chuvas bem distribuídas ao longo do ano. 

Com o segundo maior PIB do Brasil, em sua economia destaca-se a agropecuária, a atividade industrial e a prestação de serviços.

Entretanto, essa divisão das regiões do Brasil possui alguns pontos negativos. Um deles é que no desenvolvimento dessa divisão, os fenômenos sociais e naturais analisados na metodologia utilizada não coincidiam com a realidade das divisões políticas entre os estados

O resultado disso é que juntou-se na mesma região, populações e áreas com características totalmente distintas.

Diante disso, existem outros modelos de divisão das regiões do Brasil. Uma delas é a divisão geoeconômica, que considera o perfil de trabalho das regiões do país para determinar sua divisão.


Exercícios

Exercício 1
(UFPI)

Observe o mapa de divisão regional do Brasil e, em seguida, assinale a proposição correta:


Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...