Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Geografia

Sistema Solar

Natália Cruz
Publicado por Natália Cruz
Última atualização: 11/3/2019

Introdução

Sistema Solar é o conjunto de cometas, asteróides, satélites naturais e oito planetas que giram ao redor do Sol e por isso, é chamado de Sistema Solar.

Cada planeta, cometa ou asteróide mantém uma órbita própria. Isso acontece por conta da força gravitacional que o Sol exerce em seu sistema. Tal força é maior do que a dos planetas, asteróides e cometas.

A ordem dos planetas que fazem parte do Sistema Solar é determinada de acordo com a distância de cada um em relação ao Sol. A sequência dos planetas é, então, do mais próximo para o mais distante:

  • Mercúrio;
  • Vênus;
  • Terra;
  • Marte;
  • Júpiter;
  • Saturno;
  • Urano;
  • Netuno.
  • O Sol não está localizado exatamente no centro do Sistema Solar. Por conta disso, os planetas em órbita encontram-se mais próximos ou mais afastados do astro maior.

    Os planetas descrevem rotas elípticas, ou seja, movimentam-se em forma de elipse ao redor do Sol.

    Legenda: Sol e os planetas no Sistema Solar

    Formação do Sistema Solar

    O Sol e o Sistema Solar originaram-se entre 4,5 e 4,6 milhões de anos atrás, a partir de uma densa nuvem de gás e poeira cósmica que girava em torno de si mesma.

    O peso desses elementos fez com que a nuvem se transformasse em um corpo achatado, cujo centro daria origem ao Sol.

    O Sol é, portanto, composto basicamente por um conjunto de minerais, gases e outros elementos sólidos, como partículas de ferro e pequenas pedras.

    No interior do disco ocorreram, ao longo dos anos, processos de aglomeração de partículas e materiais sólidos que, ao colidirem entre si, formaram corpos cada vez maiores, que posteriormente deram origem aos planetas.

    A composição dos aglomerados também tem relação com a distância deles para com o Sol. Quanto mais longe, menor a temperatura e maior a quantidade de gases, e menor a quantidade de matérias sólidas no relevo, caso de Júpiter, Saturno, Urano e Netuno.

    Nos planetas mais próximos, o calor é maior. Por conta disso, houve evaporação do gelo e formação de terreno repleto de rochas e metais, como em Mercúrio, Vênus, Terra e Marte.

    A temperatura dos planetas, atualmente, varia de acordo com os elementos existentes em suas atmosferas.

    Legenda: Superfície solar

    Componentes do Sistema Solar

    O Sistema Solar é composto pelo Sol - estrela maior que dá nome ao sistema - oito planetas, asteróides, satélites naturais e cometas.

    Os principais componentes do sistema são:

    • Sol: fonte de calor, luz e energia dominante no Sistema Solar. É o astro com a maior força gravitacional do sistema, e por isso os outros elementos estabelecem sua rota em torno dele. A temperatura dos planetas depende da distância em que estão do Sol, além da composição de suas atmosferas, o que explica a existência de vida ou não em suas superfícies.
    • Mercúrio: é o menor dos planetas do Sistema Solar e o mais próximo do Sol. É constituído basicamente por ferro. O planeta pode ser visto da Terra a olho nu, logo que anoitece ou pouco antes de amanhecer.
    • Vênus: em ordem de distância, é o segundo planeta do Sistema Solar. Apesar disso, é mais quente que Mercúrio, por conta da sua pressão atmosférica. A atmosfera de Vênus é composta por dióxido de carbono e nitrogênio.
    • Terra: terceiro planeta do Sistema Solar, é o único que apresenta as condições adequadas para o surgimento e desenvolvimento da vida de plantas e animais como conhecemos. A última camada da Terra é composta de rochas, alumínio, ferro e magnésio.
    • Marte: o segundo menor planeta do Sistema Solar, tem a cor avermelhada devido à grande quantidade de óxido de ferro no solo. O planeta é alvo de uma série de pesquisas que buscam comprovar a existência de algum tipo de vida em seu solo.
    • Júpiter: é o maior planeta do Sistema Solar. É formado por diferentes gases, por isso libera o triplo de energia para o espaço do que aquela recebida pelo Sol.
    • Saturno: é o segundo maior planeta do sistema. Também tem sua atmosfera formada por diferentes gases. O planeta possui ao seu redor anéis que podem ser provenientes de antigas luas.
    • Urano: foi considerado, por muito tempo, uma lua ou satélite natural, até que em 1781, Pierre Simon Laplace provou que era mesmo um planeta.
    • Netuno: recebeu o nome do deus do mar por conta de sua cor azulada, resultante da grande quantidade de gás metano em sua atmosfera. Foi observado pela primeira vez em 1612, por Galileu Galilei.
    • Plutão: deixou de ser considerado planeta em 24 de agosto de 2006, passando a ser considerado um planeta anão, por não possuir, segundo os astrônomos, as características necessárias para ocupar a posição de planeta, e também por não possuir órbita autônoma.

    Legenda: Planeta Netuno


    Exercícios

    Exercício 1
    (MACKENZIE-SP/2007)

    O nosso Sistema Solar é constituído por planetas classificados como internos ou externos. Os internos apresentam composição sólida, graças à presença de rochas e minerais em suas estruturas. Os externos apresentam consistência gasosa, por hélio e hidrogênio, e gelo.

    Assinale a única alternativa em que todos os astros citados estão corretamente classificados, hoje, pelos cientistas astronômicos.

    Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

    Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

    Carregando...