Info Icon Help Icon Como funciona Ajuda
Whatsapp Icon 0800 123 2222
Envie mensagem ou ligue
Matemática

Geometria Espacial

Marcus Vinicius
Publicado por Marcus Vinicius
Última atualização: 6/5/2019

Introdução

geometria espacial é o ramo da geometria que faz o estudo e análise dos objetos tridimensionais, ou seja, aqueles que são representados no espaço, em uma região de três dimensões e, portanto, possuem comprimento, largura e altura.

No ensino médio, a geometria espacial em si faz o estudo das principais formas, tais como:

  • cubo;
  • paralelepípedo;
  • prisma;
  • poliedro;
  • esfera;
  • cone;
  • cilindro;
  • pirâmide.

Neste estudo, são trabalhados conceitos como área e volume de tais objetos, além de suas diversas aplicações.

Princípios iniciais

A geometria espacial se baseia em três entes primitivos:

  • Ponto
  • Reta
  • Plano

A partir deles, criam-se axiomas (ou postulados) - afirmações que são aceitas sem demonstração - que nos ajudam a desenvolver, com o auxílio de outras ferramentas, a geometria espacial como a conhecemos.

Planificação

planificação, como seu próprio nome diz, é uma ferramenta que utilizamos para planificar sólidos geométricos. Ou seja, planificar significa exibir todas as faces que constituem um sólido em um mesmo plano. 

Porém, nem todos sólidos podem ser planificados. É o caso da esfera, por exemplo.

Para se ter uma ideia melhor, a planificação pode ser vista como modelos que usamos para cortar e dobrar, a fim de montarmos um objeto tridimensional.

Planificação do cubo

Uma das planificações de um cubo é:


Exercícios

Exercício 1
(Quero Bolsa)

É um dos entes primitivos da geometria espacial, exceto:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, shorts e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...