Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Português

Pronomes Interrogativos

Caroline Fazio
Publicado por Caroline Fazio
Última atualização: 5/5/2019

Introdução

Os pronomes interrogativos nada mais são do que pronomes indefinidos usados para referirem-se à 3ª pessoa do discurso, de maneira vaga em formulações de perguntas.

Geralmente, espera-se que a vagueza das perguntas sejam eliminadas com as respostas correspondentes. Somente nos casos de perguntas retóricas que não há essa expectativa. 

Abaixo, temo o diálogo que faz uso do pronome interrogativo “que”:

Ao usar o pronome demonstrativo “aquele”, o primeiro cão especifica qual o rato de quem se fala. Porém, podemos analisar que o segundo usa o pronome interrogativo “que”, indicando sua imprecisão sobre de qual rato se está falando. 

O pronome interrogativo é utilizado por ele durante todas as falas, demonstrando sua vagueza  sobre o assunto, ao mesmo tempo em que tem a função de indagar, buscando uma resposta mais precisa de seu amigo. O tom humorístico da tirinha também advém do uso constante desse pronome interrogativo.

Tipos de pronomes interrogativos

Vejamos, agora, quais são as outras palavras que também podem ter a função de pronomes interrogativos: que, quem, qual (quais), quanto(s), quanta(s).

Podemos encontrar os interrogativos empregados em dois tipos de frases, são elas:

  • Diretas: iniciada com a palavra interrogativa (pronome) e terminada com o ponto de interrogação.
  • Exemplos:

    • Quando é que eles viajam para Madri?
    • Quem comeu o biscoito que estava em cima da mesa?
    • Que vestido é esse?
    • Quantas vezes eu vou ter que te pedir?
    • Qual dessas cores é a sua favorita?

  • Indiretas: a palavra interrogativa se encontra no meio da frase, que é finalizada com ponto final. Dessa forma, a pergunta se encontra implícita na sentença.
  • Exemplos:

    • Quero saber quando eles viajam para Madri.
    • Não sei quem comeu o biscoito que estava em cima da mesa.
    • Ela não disse que vestido era aquele.
    • Quero saber quantas vezes vou ter que pedir.
    • Ela vai me dizer qual dessas cores é a sua favorita.

    Pronome interrogativo “que”

    O uso desse pronome ocorre quando queremos utilizar da expressão de modo a questionar ou saber mais sobre as características de algo (objeto, espécie, fenômeno).

    Geralmente, o empregamos em frases do gênero: “o que”, “que coisa” ou “que espécie de”, fazendo menção a algo de que desejamos uma definição mais específica, ou até mesmo como forma de dar maior ênfase ao que se quer dizer, empregando-o em uma pergunta retórica. 

    Exemplos:

    • Que bagunça é essa? (podendo ser usada como pergunta retórica)
    • Que iremos comer hoje?
    • Não sei que tipo de pessoa poderia cometer tamanha maldade.

    Pronome interrogativo “quem”

    Este pronome é utilizado para referir-se a pessoas ou seres personificados.

    Exemplos:

    • Quem deixou a luz acesa?
    • Quem é um bom garoto? (referenciando um animal de estimação)
    • Quero saber quem é o responsável por essa bagunça.

    Pronome interrogativo “qual(is)”

    Este pronome pode referir-se a coisas e a pessoas. É utilizado quando a pergunta tem a função de identificar algo dentro de determinado grupo, assim como sua especificidade. 

    Exemplos:

    • Qual o motivo do atraso?
    • Quais bailarinas vão apresentar a primeira coreografia?
    • Vou descobrir qual é a casa dela.

    Pronome interrogativo “quanto(s), quanta(s)”

    Empregado para referir à ideia de quantidade de algo ou alguma coisa. 

    Exemplos:

    • Quantos anos você tem?
    • Quero saber há quanto tempo ela está lá.
    • Mesa para quantos?
    • Quanto custa o café?

    Emprego dos interrogativos em frases exclamativas

    Essas palavras, que podem ter a função de pronomes interrogativos, também podem ser empregadas em frases exclamativas com o intuito de dar maior ênfase a uma expressão. 

    Dessa forma, devemos analisar suas condições de produção e seus empregos nas sentenças, para que elas possam ser definidas e interpretadas corretamente.

    Exemplos:

    • Quanto tempo!
    • Que máximo!
    • Quem diria!

    Referências

    Aprender e praticar. Mauro Fereira

    Nova gramática do português contemporâneo. Celso Cunha e Lindley Cintra.


    Exercícios

    Exercício 1
    (MACK)

    Leia o seguinte poema:

    Este inferno de amar - como eu amo!

    Quem mo pôs aqui n’alma ... quem foi?

    Esta chama que alenta e consome,

    Que é a vida - e que a vida destrói

    Como é que se veio a atear,

    Quando - ai quando se há-de apagar?"

    (Almeida Garret)

    No texto, os pronomes “eu”, “quem” e “este” são, respectivamente:

    Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

    Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

    Carregando...