Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Sociologia

Indústria Cultural

Natália Cruz
Publicado por Natália Cruz
Última atualização: 31/12/2018

Introdução

O termo Indústria Cultural foi  desenvolvido por Max Horkheimer e Theodor Adorno. O termo foi usado para designar o modo de produzir cultura que foi adotado principalmente na virada do século XIX para o XX. O modelo capitalista de produção em larga escala baseado no modelo das indústrias automobilísticas de Henry Ford.

Os avanços tecnológicos permitiram que a cultura fosse produzida de forma rápida e destinada ao consumo rápido, sem a necessidade de pensar ou fazer conexões com outras obras. A arte passou a ser destinada ao consumo rápido e consequentemente ao lucro, grande parte das obras produzidas a virada do século XIX para o XX tinha intenção de ser massificadora, comercial e geradora de lucros.

📚 Você vai prestar o Enem 2020? Estude de graça com o Plano de Estudo Enem De Boa 📚

Televisão antiga.Televisão antiga.

A Indústria Cultural e o cinema

A produção cinematográfica marcou o início do que Horkheimer e Adorno chamaram de Indústria Cultural, a produção de filmes deu início a um processo de produção mais rápido e dinâmico, pronto pro consumo e que poderia ser apresentada para um número grande de pessoas, diversas vezes por dia.

Além disso a indústria do cinema foi a responsável pela criação de um modelo de roteiros que agradam o maior número de espectadores, o padrão ainda se repete em boa parte dos filmes: a luta dicotômica entre vilão e mocinho, o casal apaixonado que fica junto apenas no final, a mocinha ou mocinho que sofre com as maldades do vilão ou o soldado herói que livra a pátria e os cidadãos dos perigos das nações inimigas.

A indústria cultural foi também responsável pela padronização do modelo de vida que deveria ser seguido e copiado pelos espectadores. Modelo de vida baseado na realidade das classes dominantes. O modelo de vida vendido também buscava o lucro, muitas empresas se associaram aos produtores de filmes para que pudessem aumentar a venda de seus produtos. O estilo de vida e valores explorados no cinema ajudaram a construir o modelo de padrão social ideal e aumentar a venda dos produtos anunciados.

🎓 Você ainda não sabe qual curso fazer? Tire suas dúvidas com o Teste Vocacional Grátis do Quero Bolsa 🎓

A cultura de Massa

A Indústria Cultural criou seu produto mais significativo, a chamada cultura de massa, que se nada mais é do que o conjunto de todas as formas artísticas e expressões culturais produzidas com o intuito de gerar lucro e estimular o consumo de produtos.

Seguindo a lógica do modelo capitalista a cultura de massa tem a intenção de padronizar e homogeneizar o gosto para que as produções possam ser consumidas pelo maior número de pessoas, todos os produtos da cultura de massa são, portanto, padronizados, para consumo imediato e devem sempre gerar lucros.A disseminação dos produtos da Indústria Cultural é feita  a partir dos meios de comunicação de massa, o cinema, o rádio, a televisão, jornais e revistas.

Características da Indústria Cultural

A Indústria cultural possui uma série de características que permitem a fácil identificação e que servem também para que se possa fazer reflexões acerca das influências que inserem no mundo social e na sociedade de consumo.

  • Criação de conceitos e características que sejam capazes de influenciar o modo de vida dos consumidores da arte;
  • Propaganda e venda de produtos através da associação entre marcas e produtores de filmes, novelas de rádio ou outras formas artísticas;
  • Conteúdo feito para consumo rápido;
  • Processo de produção que busca o lucro o grande consumo das massas;
  • Influência marxista que afirma que a economia funciona como impulsionadora da realidade social;
  • Avanços tecnológicos que garantiram a produção e disseminação rápida das obras produzidas;
  • Democratização e maior acesso aos conteúdos produzidos;
  • Retrato do sistema burguês de produção e consequente uso para dominação de outras classes.

Embora os conceitos da Industrial Cultural tenham sido pensados e definidos principalmente no início do século XX, o padrão de rapidez, dominação de classe, consumo rápido, lucro e padronização das histórias ainda é base da indústria de entretenimento do século XXI.

Assentos de Cinema


Exercícios

Exercício 1
(Unioeste/2017)

O ensaio “Indústria Cultural: o esclarecimento como mistificação das massas”, de Theodor W. Adorno e Max Horkheimer, publicado originalmente em 1947, é considerado um dos textos essenciais do século XX que explicam o fenômeno da cultura de massa e da indústria do entretenimento. É uma das várias contribuições para o pensamento contemporâneo do Instituto de Pesquisa Social fundado na década de 1920, em Frankfurt, na Alemanha. Um ponto decisivo para a compreensão do conceito de “Indústria Cultural” é a questão da autonomia do artista em relação ao mercado.

Assim, sobre o conceito de “Indústria Cultural” é CORRETO afirmar:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...