Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Sociologia

Proletariado

Natália Cruz
Publicado por Natália Cruz
Última atualização: 1/10/2018

Introdução

A palavra proletariado é de origem romana, usada para descrever os cidadãos pobres que tinham apenas uma utilidade para a República: gerar a prole (filhos), que futuramente serviriam à pátria.

A palavra proletário, no entanto, ganhou novos significados e simbolismos no fim do século XVII e início do século XIX. Os proletários passaram então a ser a classe social sem propriedades, sem meios de produção. O proletariado é, portanto, a classe que tem apenas a venda da própria força de trabalho para garantir seu sustento.

Proletariado, burguesia e capitalismo

As classes sociais, de acordo com Marx, surgem por conta da divisão do trabalho. A classe burguesa é aquela definida pelo filósofo alemão como sendo antagônica ao proletariado.A base da sociedade e das relações é definida pelo processo de trabalho.

De acordo com o filósofo, o trabalho deve satisfazer algumas necessidades, o trabalho deve ser, portanto, útil. Esse trabalho é chamado por Marx de valor uso, pois seu valor é determinado pela utilidade que tem.

O valor uso não precisa necessariamente ser uma necessidade física. Uma obra de arte tem valor uso, bem como um livro ou uma música, pois a sociedade necessita de manifestações artísticas e entretenimentos.

No sistema capitalista o produto do trabalho toma a forma de mercadoria e servem para serem vendidas, comercializadas. Cada mercadoria, ganha então um valor de troca. O valor de venda da mercadoria é superior ao valor pago ao proletário ao longo do processo de produção.

A diferença entre o valor de venda da mercadoria e o valor pago ao trabalhador é chamado por Marx de mais-valia e caracteriza a exploração da classe proletária pela burguesia no sistema capitalista.

A mais-valia

O conceito da mais-valia for criado por Karl Marx e estabelece relação entre a força de trabalho e o tempo empregados na produção e o lucro obtido pela venda daquilo que é produzido. A mais-valia significa, portanto, a diferença entre o valor produzido a partir do trabalho e o salário pago ao trabalhador, com isso, o proletariado recebe valores menores.

O lucro gerado a partir da venda do produto, fica com o burguês. A burguesia cresce economicamente a partir da acumulação de capital às custas da exploração. A mais-valia marxista explica então a desvalorização do proletário e desigualdade de classes.

Marx apresentou dois tipos de mais-valia, que garantem sempre o aumento do lucro burguês e a desvalorização do trabalho do proletário:

Mais-valia Relativa

A mais-valia acontece com o aumento no número de máquinas e tecnologia. No entanto, o número de trabalhadores continua igual ou diminui. Mais tecnologia colabora para o aumento e rapidez da produção. Na conta final, mais produtos são produzidos, o lucro da venda, consequentemente cresce e o salário pago aos trabalhadores continua o mesmo.

Mais Valia-Absoluta

Nesse caso, o proletariado tem aumento na sua jornada de trabalho, mas não nos valores que recebe. Em um tempo maior de trabalho, produz-se mais, mas não recebe por esse aumento em sua jornada.

Karl Marx e o proletariado

A obra de Karl Marx faz críticas radicais ao sistema capitalista e forma de exploração do proletariado. Marx afirma ser a classe proletária a responsável pela revolução e pela mudança na organização socioeconômica. A classe proletária é definida por Marx como aquela que trabalha, que vende sua força de trabalho e garante a partir da mais-valia o enriquecimento da classe burguesa.

Ao reconhecer sua situação de exploração, cabe ao proletariado, segundo Karl Marx., unir-se e lutar contra a burguesia . O proletariado deve ser o organizador da Revolução, que acabará com a burguesia e consequentemente, com a exploração e diferença de classes. A Revolução, segundo o alemão, culminará no surgimento de uma sociedade sem desigualdades.

Após a tomada de poder do proletariado teria início a fase chamada por Marx de Ditadura do Proletariado, período no qual as estruturas sociais, políticas e econômicas da burguesia seriam destruídas e substituídas por uma sociedade pautada pelas igualdades e sem a presença de classes sociais. Esse novo modelo de organização é chamado por Marx de socialismo.


Exercícios

Exercício 1
(UEM-Inverno/2008)

Em termos sociológicos, assinale o que for correto sobre o conceito de classes sociais:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...