Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Vestibular e Enem

6 dicas de como estudar Geografia para o Enem

por Natália Plascak Jorge em 18/10/19 3 mil visualizações

geografia enem

Para melhorar os seus estudos de Geografia para o Enem, a Revista Quero preparou algumas dicas que podem ajudar muito no aumento da sua bagagem cultural e fazer com que você se dê bem nessa prova.

Confira a seguir as orientações do professor André Barbutti, do blog Geovest, de como você pode melhorar a sua preparação, além dos estudos tradicionais:

Dicas de como estudar Geografia para o Enem

  1. Visite museus e exposições
    A preparação para uma visita desse tipo exige conhecimento em várias áreas e amplia a visão de uma pessoa sobre o tema em questão na visitação. Assuntos relacionados à História, à Geografia, à Sociologia, à Filosofia, à História da Arte são exigidos para a melhor apreciação das obras sendo que essa perspectiva interdisciplinar é uma forma de estruturação das questões do Enem.

  2. Busque referências na Literatura
    As questões do Enem não privilegiam o aluno que memorizou datas e fatos, mas sim aquele que sabe lidar com os temas propostos nas situações-problema. A leitura de obras clássicas da literatura brasileira, de língua portuguesa ou da literatura internacional é fundamental para expor a pessoa a um outro contexto, outro tempo e espaço, outras formas de pensar a realidade que forcem a relativização das nossas certezas. Essa relativização é matéria-prima da capacidade crítica frente à realidade. Além disso, há várias questões no Enem que apresentam texto-base de obras clássicas da literatura, inclusive em Geografia. Alguma aproximação com a obra (leitura, entendimento do contexto, entendimento do autor) é bem-vinda.

  3. Busque referências na Filosofia
    Além das obras de Filosofia previstas nos Parâmetros Curriculares do Ensino Médio, textos de autores diversos que marcaram a formação do pensamento Ocidental são importantes para ampliação da capacidade de entendimento conceitual da realidade, inclusive em Geografia. Dessa forma, o aluno deixa de seguir lugares-comuns que não são sustentáveis científica ou filosoficamente na área de humanidades (determinismos biológico e geográfico).

  4. Dê atenção para as leituras em atualidades
    Como as questões do Enem trabalham assuntos de atualidades (conflitos mundiais, problemas políticos e sociais), o entendimento desses temas é fundamental. A pesquisa em bons jornais e revistas é importante. Atualmente, as mídias impressas encontram um novo aliado nas mídias digitais, de mais fácil acesso e com maior pluralidade no enfoque político-ideológico. Porém, há que se ter muito cuidado com as notícias falsas ou tendenciosas (fake news). A busca por veículos de imprensa mais confiáveis e o exercício de prova da mesma notícia em vários meios reduz o risco de fake news.

  5. Assista a filmes
    Assim como a Literatura, obras clássicas da filmografia mundial (inclusive hollywoodiana) podem contribuir para ampliação da visão de mundo do aluno de modo fácil e agradável. Grandes filmes já tematizaram eventos importantes como o Genocídio de Ruanda ou a Guerra Civil na antiga Iugoslávia.

  6. Debata com colegas e professores
    O debate coloca à prova a sua forma de ver a realidade. Exige aparato conceitual e clareza na exposição das ideias. Ao se expor ao contraditório, novas verdades surgem do diálogo. Trata-se, portanto, de uma forma agradável e estimulante de estudo em grupo possibilitando um compartilhamento dos estudos formais e de todas as demais formas de acumulação de cultura geral através de um formato colaborativo.

Assuntos que merecem atenção em Geografia para o Enem

As questões da prova de Geografia do Enem não apelam para a memorização, por isso, é fundamental a leitura adequada do texto-base (fragmentos de textos, figuras, mapas, tabelas, etc.) e a leitura do enunciado da questão (com destaque para o verbo definidor, isto é, como a questão vai organizar a situação-problema) e, é claro, as condições expostas em cada alternativa. 

Apesar de a prova transitar por muitos temas, há assuntos recorrentes que merecem maior atenção. São eles:

Atividade industrial

  • Formas de organização da produção, especialmente o entendimento dos modelos Fordista e Toyotista;
  • Difusão espacial da produção com tendência de superexploração do trabalho no mundo “pobre” e fechamento de vagas de empregos na indústria no mundo “rico”.

Geografia agrária

  • Modelo agroindustrial x agricultura familiar;

  • Uso de agrotóxicos e suas consequências: problemas ambientais, contaminação dos trabalhadores rurais e dos consumidores finais;
  • Estrutura fundiária no Brasil: mantenedora de injustiça social e de mau uso econômico do espaço agrário (ociosidade de muitas grandes propriedades exigindo reforma agrária para superação do problema).

Globalização

  • Fluxos migratórios mundiais com o entendimento dos problemas estruturais ou conjunturais na região de partida e os problemas dos imigrantes nas regiões de chegada (xenofobia);
  • Fluxos financeiros volumosos beneficiados pelas tecnologias de comunicação (caráter imediato das transações financeiras mundiais) e pela ausência/flexibilidade das instituições reguladoras dos investimentos especulativos (contexto neoliberal).

Conflitos ou tensões mundiais

  • Áreas que sofrem com conflitos civis:

    Síria: grupos rebeldes contra o presidente Bashar al-Assad com origens étnicas e objetivos político-ideológicos contrastantes: curdos, fundamentalismo islâmico;
    Sudão do Sul: etnias dinka e nuer em disputas pelo controle das áreas de extração de petróleo do país;
    Mianmar: governo de maioria budista acusado de expropriação de terras da minoria rohingya (muçulmanos) para viabilizar empreendimentos ligados ao agronegócio e à extração mineral;
    Ucrânia: separatismo dos rebeldes de origem russa no leste do país.
  • Regiões de conflitos ligados às grandes potências mundiais e/ou militares: Síria (UE e EUA – Rússia), Ucrânia (UE e EUA – Rússia), Coreia do Norte (Rússia e China – UE, EUA, Japão e Coreia do Sul);
  • Separatismo: Catalunha;
  • Primeira retirada de país da UE: BREXIT;
  • Processo de paz entre o governo da Colômbia e as FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia).

Quadro natural e ambientalismo

  • Destaque para estrutura e formação da Terra, climatologia, fitogeografia (vegetação);
  • Problemas ambientais: componente antropogênico (social) do efeito estufa, contaminação atmosférica, dos recursos hídricos e dos solos, ameaça à biodiversidade (hotspots);
  • Entendimento social dos problemas ambientais: causas e consequências.

Além disso tudo, treinar com as provas anteriores do Enem é sempre muito bom.

Gostou das dicas para estudar Geografia para o Enem? Como anda a sua preparação? Compartilhe com a gente nos comentários!

Texto publicado originalmente em: 09/10/2017

Atualizado em: 18/10/2019


banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
ALERTA DE VAGAS i-close
Descubra qual profissão mais se encaixa com você.

Não fique na dúvida sobre o seu futuro. Faça o Teste Vocacional do Quero Bolsa.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você compare vagas com bolsa em mais de 1.000 faculdades

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54