Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Idiomas

7 erros mais comuns que brasileiros cometem em inglês

por Natália Plascak Jorge em 20/02/19 93 mil visualizações

Atualizado em 18/12/2019

A vida seria muito mais simples se aprender um idioma fosse apenas um caso de tradução, não é mesmo?

Como a primeira língua afeta a aprendizagem da segunda, é totalmente natural e esperado que alguns deslizes aconteçam no meio do caminho. Isso se chama influência da língua materna.

Para mostrar como isso funciona quando o português e o inglês estão em jogo, a Revista Quero procurou uma professora nativa, a inglesa Raquel Roberts, para listar os 7 erros mais comuns que os brasileiros cometem em inglês.

  1. Pronúncia de um “e” extra

    erros mais comuns que brasileiros cometem em inglês

    Os brasileiros tendem a falar palavras que devem soar foneticamente como se terminassem em uma consoante, como 'take', 'have' e 'like', com um 'e' extra. Por exemplo, 'takee', 'havee' e 'likee'. Esse erro ocorre por causa das regras de fonética do nosso idioma.

  2. Uso da palavra “shopping”

    erros mais comuns que brasileiros cometem em inglês

    A confusão que muita gente acaba fazendo quando o assunto é a palavra "shopping" é entender que ela é um gerúndio em inglês. O lugar com muitas lojas deve receber uma palavra extra.

    I am going to the shopping to buy new shoes. (incorreto)

    I am going to the shopping mall (US English) / centre (UK English) to buy new shoes. (correto)

  3. Uso da expressão para indicar quantos mais

    erros mais comuns que brasileiros cometem em inglês

    Em inglês, a palavra “mais” é usada depois do número. Em português, ela é usada antes. Por isso, o certo é “There are only 5 more working days until Carnival”, e não “There are only more 5 working days until Carnival”, como os brasileiros costumam confundir.

  4. Diferença entre “miss” e “lose”

    erros mais comuns que brasileiros cometem em inglês

    Outras palavras que geram um pouco de dificuldade na mente do brasileiro é “miss” e “lose”. Quando você perde algo, você não consegue encontrar, certo? Isso acontece quando você perde o trem/ônibus/avião, porque não consegue chegar no horário.

    “We missed the plane to Sao Paulo.” (correto)

    “We lost the plane to Sao Paulo.” (incorreto)

  5. Emprego de negativos duplos

    erros mais comuns que brasileiros cometem em inglês

    A gente também fica um pouco atrapalhado com negativos duplos. Quando formas negativas de substantivos, como “nowehere”, “nothing” e “no one” são usadas, é importante que o verbo na sentença não seja negado. Por exemplo: “He said nothing.

    “He said he didn’t know anything.” (correto)

    “He said he didn’t know nothing.” (incorreto)

  6. Utilização da palavra “polêmica”

    erros mais comuns que brasileiros cometem em inglês

    A palavra "polemic" existe em inglês, mas não é o que um nativo usaria. O mais usado seria “controversial

    Ex: This article is very controversial.

  7. Pronúncia das palavras terminadas em ‘ed’  

    erros mais comuns que brasileiros cometem em inglês


    Um outro problema de pronúncia para o brasileiro é o som de ‘ed’ em inglês. Ele pode ser pronunciado de três formas diferentes:

    /id/ como em painted

/d/ como em played

/t/ como em hoped

As regras são:

  • Se uma palavra tem o som de /d/ ou /t/ antes de ‘ed’, você tem que pronunciar /id/. Se não tiver, não pronuncie uma sílaba extra.

    Exemplos de terminações com /id/: wanted, ended, decided, admitted, suggested, recommended, hated, intended, started.
  • Se a última letra das palavras (sem ‘ed’) termina em uma consoante vocalizada (usar suas cordas vocais, e você sentir sua garganta vibrar se tocar na garganta), então o ‘ed’ é pronunciado como um /d/ (sem criar outra sílaba).

    Exemplos de terminações com /d/: played, closed, allowed, cried, cleaned, enjoyed, imagined.
  • Se a última consoante da palavra é não vocalizada (não requer o uso das cordas vocais para produzir o som - coloque os dedos em sua garganta enquanto diz a palavra e não sente nada) como /p/, /f/, /s/, /ch/, /sh/, /k/, então a palavra é pronunciada com /t/.

    Exemplos de terminações com /t/: stopped, laughed, promised, finished, walked.

E você? Com quantos erros mais comuns consegue se identificar? Já conseguiu superar algum deles? Quais outros poderiam complementar essa lista?

Que tal dar aquele up no seu inglês?

Já pensou em conseguir se comunicar com seus amigos, sua família ou no trabalho em outro idioma? O Quero Bolsa Idiomas pode ajudá-lo nessa missão!

Na plataforma digital é possível encontrar parcerias com diversas escolas de inglês que oferecem cursos rápidos que podem ser a peça-chave na sua vida. Confira algumas opções de escolas com bolsas de estudo imperdíveis:

Bolsa de estudo para cursos de Inglês

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54