Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
F0c3bf949aa6f76323636b19fc48c89302e67874 10e6040ab6af53b30234a81007aa73841dcff7e6
Vestibular e Enem

Estude jogando: 11 jogos para estudar pro Enem

por Adriana Nakamura em 14/10/16 83 mil visualizações

Sabe quando bate aquele cansaço de tanto estudar, mas, ao mesmo tempo, se você parar para jogar um joguinho, vai ficar se sentindo culpado, porque o Enem está chegando e você deveria estar estudando? Ai, que dilema… Pensando nesses momentos, a gente decidiu mostrar algumas soluções para salvá-lo!

Que tal estas dicas de jogos para estudar para o Enem? A ideia não é substituir as apostilas, mas reforçar o conteúdo de forma interativa, para estudar sem perceber! Vamos lá?

#1

Tema: Independência do Brasil.

O jogo: Um game simples de tabuleiro, ótimo para distrair a cabeça e jogar sem compromisso. A cada casa, um quiz sobre o processo histórico que culminou na independência do Brasil – e algumas curiosidades pelo caminho.

Disponível on-line: Clique aqui para jogar!

#2

Temas: Guerras da Antiguidade, Colonização Europeia.

O jogo: Esta série de jogos de estratégia em tempo real é ambientada em contextos de eventos ocorridos na Europa, África e Ásia, da Idade da Pedra à Antiguidade Clássica. O jogo passa por guerras da Antiguidade, pelas conquistas militares da Idade Média, pelo começo da Idade Moderna e pela conquista espanhola do Império Asteca. Também são exploradas épocas pré-modernas, com seus períodos de colonização europeia da América e sua expansão por nações asiáticas. Há ainda os jogos relacionados à série principal, como Age of Mythology, que contém elementos das mitologias grega, egípcia e nórdica.

Disponível para*: Microsoft Windows, iOS, PlayStation 2.

*Diferentes versões podem não rodar em todas as plataformas.

#3

Tema: Crise econômica na Europa.

O jogo: Como presidente do Banco Central Europeu e da União Europeia, o jogador é responsável por salvar a zona do Euro e a economia global. De forma leve, o game explora temas complexos, como taxas de juros e negociações diplomáticas. A historinha contada na abertura para contextualizar o jogo resume as causas da crise econômica que atingiu a Europa no início desta década, tendo a Grécia como foco.

Disponível on-line: Clique aqui para jogar!

#4

Temas: Terceira Cruzada, Renascimento, Revolução Francesa.

O jogo: A série já tem em sua linha principal quase uma dezena de lançamentos. Os jogos contam a história de um personagem que se torna assassino profissional, com ‘acesso’ às memórias de ancestrais de grandes assassinos da história, como Altaïr Ibn-La’Ahad, um assassino da Terceira Cruzada que ajudou o sultão Saladino a expulsar os cruzados liderados pelo rei Ricardo I da Terra Santa; Ezio Auditore da Firenze, assassino italiano que viveu na época do Renascimento, aliado de Leonardo da Vinci; Connor, assassino da Revolução Americana que se uniu ao presidente dos EUA, George Washington, para expulsar os britânicos das Treze Colônias, realizando a Declaração da Independência. Também aparecem figuras como Napoleão Bonaparte, Karl Marx e Vladimir Lenin.

Disponível para*: Android, HP Java, iOS, Mac OS X, Microsoft Windows, Nintendo DS, Nokia, PlayStation 3, PlayStation 4, PlayStation Portable, PlayStation Vita, Symbian, webOS, Wii U, Windows Phone, Xbox 360, Xbox One.

*Diferentes versões podem não rodar em todas as plataformas.

#5

Temas: Segunda Guerra Mundial, Guerra Fria, Guerra do Vietnã.

O jogo: A série de jogos de tiro em primeira pessoa Call of Duty (CoD) é ambientada em cenários de guerra. Call of Duty, Call of Duty: United Offensive, Call of Duty 2 e Call of Duty 3 têm como cenário a Segunda Guerra Mundial. Nesses jogos, é possível imergir em fatos históricos como a defesa do território russo pelo Exército Vermelho e a Batalha da Normandia, em cenários europeus e norte-africanos, na pele de um soldado americano, inglês, soviético, canadense ou francês. Depois de passar pela Modern Warfare, a série Black Ops retorna ao contexto da Segunda Guerra. Call of Duty Black Ops traz elementos da Guerra Fria e da Guerra do Vietnã.

Disponível para*: Android, BlackBerry, iOS, Microsoft Windows, Nintendo DS, Nintendo GameCube, Nokia N-Gage, OS X, PlayStation 2, PlayStation 3, PlayStation 4, PlayStation Portable, PlayStation Vita, Wii, Wii U, Xbox, Xbox 360, Xbox One.

*Diferentes versões podem não rodar em todas as plataformas.

#6